quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012

Gabinete da ONU em Bissau "preocupada" com marcha da oposição, marcada para amanhã, quinta-feira

O representante do secretário-geral das Nações Unidas na Guiné-Bissau afirmou-se hoje preocupado com a manifestação de partidos da oposição marcada para quinta-feira, para protestar junto do Supremo Tribunal de Justiça por alegadas irregularidades eleitorais.
Joseph Mutaboba, que falava aos jornalistas à saída de uma audiência com o Presidente interino da Guiné-Bissau, Raimundo Pereira, mostrou-se preocupado com as consequências da marcha da oposição, sublinhando estar contra a iniciativa.

"Toda a gente tem o direito de se manifestar, mas é preciso que seja uma manifestação que tenha uma motivação plausível. Que seja por um motivo que possa ser útil para o povo da Guiné-Bissau", defendeu o representante do secretário-geral da ONU em Bissau.

Joseph Mutaboba disse ter abordado com Raimundo Pereira as consequências desta manifestação numa altura em que o país se prepara para realizar eleições presidenciais antecipadas, no dia 18 de março.

Para o representante de Ban Kin-monn em Bissau a manifestação da oposição não faz sentido uma vez que são os mesmos partidos que haviam exigido que as eleições presidenciais tivessem lugar dentro do prazo previsto na Constituição, posição que agora contestam.

"Há uma certa contradição nas posições das pessoas. No mês de janeiro toda gente dizia que estava de acordo com a data para a realização de eleições, no dia 18 de março, são estas mesmas pessoas que hoje não estão de acordo com a mesma data", disse Mutaboba.

"Não se pode mudar esta data. São razões que às vezes não se podem entender. Porque se tomamos uma decisão em conjunto não podemos pretender que se mude essa decisão por motivações que não se conhecem, porque isso pode trazer problemas, como é óbvio", acrescentou ainda o diplomata da ONU.

Um grupo de 15 partidos reunidos no chamado Fórum da Oposição Democrática diz que vai manifestar na quinta-feira o seu desagrado diante do Supremo Tribunal de Justiça para protestar, por um lado, pela validação da candidatura do atual primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior, e ainda pelas alegadas fraudes em preparação por parte do Governo para supostamente favorecer Gomes Júnior.

Acusam ainda o Governo de estar a favorecer o seu candidato através de utilização de meios do Estado na campanha de Carlos Gomes Júnior.

Os partidos avisam que não se responsabilizarão pelas situações que poderão advir da manifestação anunciada como sendo pacífica.

O representante da ONU em Bissau diz que não compreende o porquê da manifestação desses partidos, sobretudo pelos apoios que a comunidade internacional tem dado para estabilizar a Guiné-Bissau.

"As pessoas já estão cansadas do caos. Foi feito muito investimento, até parece que agora a comunidade internacional vá ter uma resposta de ingratidão total por tudo quanto fez para ajudar este país", assinalou Joseph Mutaboba.

"A comunidade internacional tem ajudado a Guiné-Bissau e quer continuar a ajudar-vos, mas é preciso que haja um sinal claro dos guineenses em como há um progresso notável no país, agora pretender fazer com que as coisas piorem isso não é um bom sinal para a comunidade internacional", notou Mutaboba.

Os partidos da oposição que pretendem manifestar-se pediram na terça-feira uma reunião com a comunidade internacional em Bissau, tendo comparecido o embaixador da África do Sul, um representante dos Estados Unidos e ainda representantes da União Africana, CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental) e Nações Unidas.

A esmagadora maioria dos embaixadores acreditados em Bissau, incluindo de países como Portugal, Angola, Brasil, Cuba ou China, não compareceu na reunião nem se fez representar. LUSA

António Russo Dias, ex-embaixador de Portugal na Guiné-Bissau, chefiará a missão de observação eleitoral da CPLP nas eleições presidenciais antecipadas de 18 de março de 2012. No total, quinze elementos farão parte desta missão, com excepção da Guiné-Bissau. AAS

VERGONHA: Vandalismo após o jogo Guiné-Bissau 0 - Camarões 1, resultou em danos avultados

LOBATO VANDALISMO

Grupos de vândalos, a pretexto de que os árbitros do jogo estavam instalados no Aparthotel 'Lobato', partiram os vidros a quatro viaturas, e provocaram danos na fachada de vidro do aparthotel. A 1ª ministra em exercício, Adiato Nandigna, esteve no local em solidariedade para com o seu proprietário e igualmente presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau. Mais grave: a polícia foi chamada, tendo aprecidoo numa carrinha 'canter'... mas não tinham armas. A tropa desarmou a polícia!!! AAS

FOTO DR: AAS/2012

CAN 2013: Guine-Bissau perdeu por 1 a 0, em casa, frente aos Leoes dos Camaroes. O golo foi marcado ao cair do pano. haja esperancas para o jogo de Yaounde. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: CNE deu hoje inicio a campanha de educacao civica. Estiveram presentes o Governo, parceiros e a comunidade internacional. AAS

DESPORTO: Artur Silva, Ministro da Educacao e Desportos, procede hoje ao lancamento da primeira pedra para a reabilitacao do 'Estadio 24 de Setembro' pelo Governo da China Popular. A cerimonia tem lugar as 11 horas, no Alto-Bandim. AAS

estádio 24 setembro
Ficara assim. FOTO: DR/DC

A carta que as autoridades angolanas não quiseram deixar Ban Ki Moon ouvirr

Caros amigos e colegas,

Envio abaixo o breve texto que a AJPD tinha preparado para apresentar na reunião da sociedade civil com o Secretário Geral das Nações Unidas, mas que não foi possível ler porque os serviços de segurança angolano no local proibiram os participantes de entrarem para a sala com papel, esferográficas, livros, Pen Drive, CD’s, máquinas fotográficas, gravadoras, telemóveis, pastas de documentos, etc. Ninguém podia entrar para a sala de reuniões com nenhum objecto incluindo dinheiro. No entanto, na nossa intervenção baseamo-nos nos pontos essenciais do texto.

Cordialmente

BREVE EXPLANAÇÃO DA AJPD

AQUANDO DA REUNIÃO ENTRE A SOCIEDADE CIVIL ANGOLANA COM SR SECRETÁRIO GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS, BAN KIM-MOON,

DURANTE A SUA VISITA A ANGOLA

DIA 27 DE FEVEREIRO DE 2012.

 

Excelencia,


A Paz constituiu uma marca indelével na mudança de vida das populações em Angola. E tem mudado a maneira de viver dos angolanos. No entanto, o processo de Reconstrução Nacional e o merecido crescmento enconómico ainda não se traduziram em desenvolvimento das pessoas e, muitas vezes, é acompanhado de violações dos Direitos Humanos, concretamente os direitos à terra e ao meio ambiente saudável, sem que as vítimas sejam devidamente indeminizadas e assistidas, conforme impõem as leis nacionais e internacionais aprovadas pelas Nações Unidas.

Como é do conhecimento geral, Angola como país membro das Nações Unidas, ratificou vários tratados de protecção dos Direitos Humanos. Esta realidade também está vertida na Constituição da República de Angola, e nas demais leis, bem como nos Tratados e Convenções Regionais ratificadas por Angola. No entanto, a obeservância e o respeito pelos direitos, liberdades e garantias fundamentais dos cidadãos são, muitas vezes, violados pelos Agentes do Estado. Por exemplo:

v Liberdades Fundamentais: Os direitos de reunião, manifestação, associação são constantemente restringidos pelas forças policiais e militarizadas e pela Administração do Estado;

v O direito à informação e liberdade de Imprensa: a Imprensa Pública tem vindo a ser, cada vez mais, parcial, controlada pelo Executivo – há constantes censuras de informações de carácter público e manipulação da informação, é usada frequentemente para intimidação de pessoas singulares, organizações e instituições privadas que não sufragam as posições e as ideias de quem está no exercício do poder político; a imprensa pública é um meio de propaganda das acções do Executivo, não promove o pluralismo de conteúdos de ideias ou de opiniões e o exercício contraditório, por fim, é recorrentemente, utilizada como meio de desinformação dos cidadãos, em detrimento do interesse público e para ultrajar membros da oposição política.

v Boa Governação, Transparência Justiça Económica: Constata-se em Angola um processo de acumulação de riqueza por parte das elites políticas por meio de actos de corrupção e tráfico de influência, consubstanciado na prática da elite política usar os meios do Estado (fundos do petróleo, diamante, etc) para enriquecer os seus familiares mais chegados – filhos, primos, tios e também amigos, em manifesto nepotismo, contrariamente ao que dispõe as Convenções das Nações Unidas e da União Africana sobre a corrupção de que Angola é parte. O acesso à informação sobre a gestão das contas públicas, sobre as contratações públicas não é fácil.

v Eleições, democracia e Estado de Direito: O processo de preparação das próximas eleições tem sido feito de acordos com as condições existentes no país, mas com muitos atropelos às leis que regulam o processo eleitoral em Angola e contra as Normas e Princípios da SADC sobre as eleições, sem que os órgãos de gestão eleitoral competentes tomem medida; o sistema judicial funciona com deficiência e manifesta frequentemente dependência funcional do Executivo. A democracia participativa é incipiente e quase não é aceite.

A Sociedade Civil tem estado a colaborar através de actos de educação cívica, desenvolvimento de programas e projectos de Educação para o respeito pelos Direitos Humanos, monitoria das Políticas Públicas no domínio da educação, saúde – com maior pertinência no combate ao VIH/Sida e Malária; programas de promoção do género e participação da mulher na vida pública.

Assim, recomendamos ao senhor Secretário Geral das Nações Unidas:

v Que as Agências das Nações Unidas representadas em Angola e não só, continuem a dar o seu apoio ao processo de reconstrução e reconciliação nacionais; ao combate ao VIH/Sida e grandes Endemias; ao processo eleitoral, ao processo de fortalecimento da sociedade civil através da formação dos seus membros, de apoio financeiro aos seus projectos de impacto social.

Muito obrigado!

Pela Associação Justiça, Paz e Democracia

António Ventura

(Presidente)

 

Luanda, 27 de de Fevereiro de 2012

terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

No fim de tudo está a Guiné-Bissau

Caro irmao,

Mais uma vez quero te felicitar  pelo trabalho de grande importancia que estas a fazer. A minha preocupacão é sobre a campanha eleitoral que se avizinha. Peço aos politicos que saibam como sei que sabem que, se há eleição é porque existe um povo a votar e posteriormente a ser governado. No fim de tudo parece que há um ponto de encontro: o desenvolvimento da nossa querida nação.
 
Que a campanha eleitoral decorra numa clina de civismo e de Paz.
Que seja garantida a segurança pov, e dos candidatos em pe de igualdade.
Que na urna ganhe quem o povo confiou o mandato. Que essa pessoa pense primeiro no povo.
 
Viva a patria que nos une.

Viva o povo da Guiné-Bissau
 
Ibraima Dj. Balde

Boca-a-boca

Governo mandou a artilharia pesada para responder ao sindicato dos professores SINAPROF, sobre a greve de 90 dias com início na segunda-feira última. Quatro ministros (Artur Silva, da Educação, Aristides Ocante da Silva, da Função Pública, José António Almeida, das Obras Públicas e o das Finanças José Mário Vaz e ainda três secretários de Estado) na conferência de imprensa para rebater o sindicato. O tutelar da pasta da Educação, Artur Silva, garantiu ser esta greve "ilegal" uma vez que, sustentou, "não houve um pré-aviso".

Por sua vez, o presidente interino do sindicato dos professores rebateu, dizendo que esta greve "é a continuação da anterior, porque o Governo não cumpriu com o acordado". Na ocasião, o ministro das Finanças, José Mário Vaz, mostrou-se "bastante preocupado" com a execução do Orçamento de Estado de 2012, uma vez que as despesas "não programadas estão a ser por demais exigidas". AAS

Oposição democrática promete marcha na 5a feira, com "ocupação pacífica" das instalações do Supremo Tribunal de Justiça, organismo que acusam de "pouca vergonha e clientelismo".A manifestação começa às 08 h na Chapa de Bissau, e termina em frente ao STJ. AAS

George Wright é caso encerrado

O caso George Wright foi definitivamente encerrado. O processo já transitou em julgado e Wright não será extraditado para os Estados Unidos. George Wright tem 68 anos e esteve fugido às autoridades norte-americanas durante mais de quatro décadas, tendo residido muito tempo na Guiné-Bissau.

Casa dos Direitos foi hoje inaugurada

Foi inaugurada hoje, dia 28 de Fevereiro, a CASA DOS DIREITOS DA GUINÉ-BISSAU (no Bissau Velho) abre portas pela primeira vez em pleno centro de Bissau, naquela que foi em tempos a Primeira Esquadra de Bissau/prisão e foi agora convertida num espaço que simboliza e impulsiona uma dinâmica de valorização do diálogo entre os diversos sectores da sociedade guineense, à volta da promoção e realização dos direitos humanos, em todas as suas dimensões - dos direitos económicos, sociais, culturais e cívicos aos ambientais.

Quem de 14 tira 4...

O Supremo Tribunal de Justiça, decidiu que apenas 10 candidaturas reuniram o estipulado por lei para se apresentarem ao eleitorado no próximo dia 18 de março. Serão pouco mais de 500 mil eleitores para 10 candidatos. O Senegal - é apenas um exemplo - que tem milhões de eleitores, teve 14 candidatos, justamente o número inicial dos pretendentes a candidato para Presidente da República da Guiné-Bissau.

Na Guiné-Bissau, pura e simplesmente não se faz política - trata-se do expediente. Por cá, só se vê a oposição e os seus políticos quando há eleições, ou, como tem sido hábito, quando há uma sublevação militar. Desenterram-se e reaparecem. Pintam as sedes, ainda que com rendas desde a última eleição, por pagar... Dizem barbaridades atrás de barbaridades, cujo único efeito é... voltarem a enterrar-se.

E não há dois partidos da oposição com ideias coincidentes. E todos querem mandar. Nunca se verá toda a oposição, unida, em torno de um candidato, não. E sabem porquê? Porque, primeiro, e nestes moldes, haverá sempre tendência para uma segunda volta. Então, assim que ela é anunciada começam as 'negociações'... Este precisará com toda a certeza de zinco para cobrir a casa, aquele de uma viatura, aqueloutro ainda de tijolos para roubar um pouco do passeio público - fará uma 'boutique'...

Meus caros, a Guiné-Bissau precisa de ORDEM - precisa dela, e já! Precisa dela como nunca! Nunca imaginei que este País que me ensinaram a amar chegasse a este ponto. Olho para este País esventrado, caótico, sem rei nem roque e não choro nem sei porquê; Olho para as suas cidades e para os políticos dessas cidades - qualquer coisa atormenta-me. Alguma coisa vai mal.

Vejo as suas gentes, pobres mas nobres de espírito - são autênticos reféns. Estão manietados, liitam-se ao 'sim, senhor' e a cumprir ordens.m Tiveram o azar de nascer neste País, ou talvez tenha sido essa a sua sorte? Uma sorte, só que ao contrário - se é que me faço entender.

Voltando à eleição de 18 de março. Teremos (salvo se houver reclamação de algum candidato barrado, e o STJ se pronunciar a favor) dez candidatos para um lugar. Quatro destes - os que constam da sondagem no blogue - são os que, e isto não é cientifico, têm mais probalidades de ter maior número de votos. Carlos Gomes Jr (cuja candidatura pelo PAIGC a oposição não tem parado de contestar por, alegam, ser 'inconstitucional'), Henrique Rosa (foi presidente da República de 'Transição' depois do golpe de Estado que depôs Koumba Yalá), o eterno candidato Koumba Yalá, um político inteligente e astuto, e, finalmente Serifo Nhamadjo, uma espécie de 'sombra' de Cadogo Jr, o candidato do PAIGC nestas eleições.

Podia - com o número de candidatos e de eleitores, sem falar naqueles que se ausentarão para a campanha da castanha do caju - dizer que uma segunda volta será inevitável. E podia adivinhar até os nomes dos dois candidatos que passariam à segunda vota. Para já, não digo nada. Mas acreditem: acertaria em cheio. Na devida altura saberão. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Oposicao democratica promove hoje uma conferencia de imprensa para anunciar uma marnifestacao de protesto para a proxima 5a feira. AAS

segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012

Campeonato do Mundo de Pista Coberta, Turquia 2012, de 09 a 11 de março: A Guiné-Bissau estará representado por dois atletas nas modalidades de 60 metros masculinos (Holder da Silva, do Belenenses) e 400 metros planos femininos (Graciela Martins). AAS

EDUCACAO: Sinaprof inicia hoje uma greve de 90 dias. Alegam 'incumprimento' por parte do Governo do acordo assinado com o sindicato de professores. AAS

CAN 2013: Seleccao Nacional ja esta em Bissau, depois de um estagio em Lisboa. AAS

UNIAO PARA A MUDANCA - NOVO LIDER: Agnelo Regala substitui Amine Michel Saad como Presidente da Uniao para a Mudanca. AAS

CASA ESCADA: Para comprar o edifício, José Mário Vaz, segundo informações de uma fonte digna de crédito, hipotecou junto do Banco da África Ocidental (BAO), três prédios, a saber: O antigo infantário 'Nhima Sanhá', o prédio onde funciona a RTP e a sua própria residência na rua Justino Lopes. AAS

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012 - SONDAGEM Ditadura do Consenso: Vote num dos quatro candidatos. Vote agora, à esquerda deste texto. AAS

Por onde andarão os recenseadores?

"Aly,

Hoje, fui mais o meu marido fazer a 2a via do cartão de eleitor, mas para nosso espanto, não havia recenseadores na rua de Angola, ao lado da farmacia 'Moçambique'...só lá estavam umas mesas e cadeiras mas não vimos um único recenseador.

Mais. Podiam fazer as listas por ordem alfabética mas não é o caso. Resultado: uma pessoa fica muito tempo à procura do nome nas listas. Seria bom publicares isso no teu blogue.

Obrigada,
L.C."

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Barrado pelo STJ, o candidato Empossa Ie acaba de entregar a fotocopia do cartao eleitoral do seu mandatario, Vitor Mobo. E, num documento, explicou ao STJ o que impossibilitou o seu partido de organizar o congresso: "A eleicao presidencial nao estava prevista"' diz Empossa Ie ao DC. Garante no entanto que a reuniao magna tera lugar em meados de abril. AAS

CAN 2013 - Selecçáo dos Camarões chega hoje a Bissau, para o jogo da 1a mão no próximo dia 29. AAS

Às directorias de campanha: Mandem notícias e fotografias das vossas actividades de pré-campanha eleitoral - email: aaly.silva@gmail.com

CASA ESCADA-FINALMENTE O NEGÓCIO: José Mário Vaz, ministro das Finanças, comprou o edifício da Casa Escada por pouco mais de 1 milhão de euros. O contrato foi fechado na semana passada, em Lisboa. AAS

sábado, 25 de Fevereiro de 2012

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Recenseadores não aparecem...

Recebi uma denúncia a dar conta da ausência de recenseadores, em: bar 'Azedinha' (Cupelum), Tribunal de Cupelum, igreja Católica de Cupelum, em todo o bairro de Amedalai. Seria bom se a CNE e o Ministério da Administração Interna tomassem providências no sentido de pôr cobro a estas situações. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Supremo Tribunal de Justica rejeitou as candidaturas de Iaia Djalo, Mantenque Te, Cirilo Vieira e Empossa Ie. Teremos, assim, 10 candidatos para disputar, nas urnas, o cargo de Presidente da Republica da Guine-Bissau. AAS

quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012

TENSAO NA SIRIA: Ex-Secretario-Geral da ONU, Koffi Annan foi nomeado emisssario especial da ONU e da Liga Arabe, na Siria. AAS

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: União Europeia concede ajuda ao processo eleitoral no valor de 1 milhão de euros. AAS

CAN 2013 Africa do Sul: Ministerio das Financas desbloqueou 13 milhoes de Francos CFA (metade da verba) para a preparacao, em Lisboa, do seleccionado nacional para o jogo contra os Camaroes no proximo dia 29. Governo suportou ainda os bilhetes de aviao. O seleccionador Norton de Matos esta ja em Portugal e os restantes elementos seguem no voo da TAP desta madrugada. AAS

"MOVIMENTO CADOGO PRESIDENTE, EM MARROCOS"

«Caro Aly Silva

Em primeiro lugar, quero em nome dos meus colegas felicitar-lhe pelo seu trabalho de informar e formar o mundo sobretudo a comunidade guineense no estrangeiro. Nos admira os seus textos escritos que nao deixam duvidas.

No quadro das eleicoes presidenciais antecipadas no pais, um grupo de jovens estudantes guineenses em Marrocos criaram no passado dia 20 do corrente mes, um Movimento de apoio a Candidatura de Carlos Gomes Junior, candidato do PAIGC, chamado Movimento CADOGO PRESIDENTE.

O nosso Movimento ja tem uma pagina no facebook aberto para todo o mundo. Pode-se ver o link da pagina do Movimento na Carta que anexamos a este mensagem. A carta e uma carta aberta dirigida a direccao do PAIGC. Queremos com isto, aproveitar o portal, que e um ponto de encontro, para tambem difundir a nossa iniciativa.

Com os nossos cumprimentos

O Coordenador do Movimento
Aliu Famora Baldé»

MOVIMENTO CADOGO PRESIDENTE EM MAROCOS

À Direccao do PAIGC
Bissau
Data: 20 de Fevereiro de 2012

Assunto: Manifesto de Apoio

Em consequência da morte do Ex-Presidente da Republica Malam Bacai Sanha, o Pais se viu obrigado cumprir com o preescrito na Constituiçao da Republica que é a realizaçao das eleicoes antecipadas.

Posto isso, um grupo de jovens estudantes em Marocos, movidos do espirito de Cidadania e de sentido de responsabilidade, decidimos depois de uma alargada reflexao sobre a situaçao politica vigente no Pais e no analise das diferentes figuras que manifestaram a intençao de se candidatar as Eleiçoes Presidenciais antecipadas do proximo dia 18 de Março, concluiu que dos Candidatos concorrentes, o Candidato do Partido, Carlos Gomes Junior é quem reune as melhores condiçoes politicas de ser o proximo Presidente da Republica.

Esse Candidato tem mostrado ao Povo guineense ao longo dos anos o seu sentido de Estado, capaz de ser o simbolo da Unidade Nacional, Garante da Paz e Estabilidade. Um homem que sera capaz de ser Presidente de todos guineenses e um arbitro à altura das exigencias do Pais.

Deste modo, chegou-se a conclusao de criar um Movimento auto-denominado MOVIMENTO CADOGO PRESIDENTE. Esse Movimento lançou ainda hoje uma pagina no facebook, sendo uma rede social usada quase por todo mundo em especial para os guineenses, sob o slogam VOTE CADOGO e ou INFLUENCIE ALGUEM A VOTAR EM CADOGO. Ainda nessa pagina postamos fotos do Candidato e todas outras informaçoes pertenentes do mesmo e da campanha, tudo com o objectivo de persuadir o Povo guineense e a diaspora em especial a usarem suas influências junto das suas familias na Guiné.

Pode seguir-nos no facebook: "MOVIMENTO CADOGO PRESIDENTE EM MARROCOS" - www.facebook.com/events/336743996368162

Sem mais assuntos, reitiramos as nossas mais altas consideraçoes e com esperança de que a vitória será certa.

A Coordenacao,
Aliu Famora Baldé

quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

O carnaval já era. Seja bem-vindo, binho di kadju

Há dois momentos de felicidade na Guiné-Bissau. Uma eleição (seja ela qual for), e a véspera - já agora o dia depois, se fizerem o favor - de qualquer feriado. Numa eleição, Legislativa ou Presidencial, a felicidade é total, contagiante até para aqueles que sabem de antemão que o seu candidato nem supõe uma segunda volta. Haverá t-shirt mal impressa e barata, terão bandeirinhas, e, com sorte, beberão água. Se lhes sair a sorte grande, então bebericarão um sumo duvidoso qualquer.

Claro que esta é uma eleição especial, talvez até transversal. Acabámos de enterrar o único Presidente da Repúbica eleito da nossa história - e que não foi deposto por um golpe de Estado; temos um pré-candidato a candidato a Presidente da República - que é o actual primeiro-ministro. Diz-se que a sua candidatura é inconstitucional. Não temos um tribunal Constitucional, mas o Supremo Tribunal de Justiça dirá alguma coisa sobre isso. Seguem-se na lista um antigo Presidente da República, eleito na urnas e deposto por balas, e outro Presidente, este de 'Transição' - um termo pomposo arranjado por uns 'intelectuais reaccionários de esquerda', que ainda por aqui se pavoneiam. Eu sei. E vocês sabem do que falo.

Está tudo a compor-se para termos tudo aquilo que desejamos. Reparem apenas nesta mistura explosiva e que não combina nem um pouco com umas eleições: vinho de cajú ampagai, campanha da castanha do cajú - e o 8 de março, o dia internacional da mulher! Eu nem sei no que isto vai dar. Para já a tropa abriu a contenda.. Mascarou-se e fez estragos. Deixou má imagem e deu cabo da imagem da polícia. Era desnecessária. Foi vergonhoso ver as imagens, a humilhaçao no seu melhor. Eu, tinha entregue a farda nesse mesmo dia! Mas era carnaval.

Depois da reunião, no Parlamento, o CEMGFA encarou a imprensa sorrindo. Começou com um audível "não vi nada", e daí seguiu para "não foi nada". Depois, chegou onde se esperava: "foi um incidente". Mais um. Mas não foi. Foi muito feio aquilo que aconteceu no exterior da CNE. E é sobretudo perigoso! Até para a segurança das populações. Estamos a falar de duas forças, armadas, ainda que a superioridade de uma seja por demais evidente. Uma bala é uma bala e, assim, pode muito bem ser uma morte em potência.

Bissau vegeta ainda, cansada do carnaval que arrancou na 5a feira passada. Muitas repartições do Estado trabalharam hoje a meio-gás, outras nem por isso. O tempo continua óptimo, o que é...bom. Contudo, cheira-me que, até o dia da ida às urnas, o País páre por completo. Está tudo 'empenhado' na preparação e na afinação da 'estratégia' da campanha do seu putativo candidato. Uns sonham com um vitória logo na primeira vota (mas isso só mesmo num sonho poderia acontecer); outros sonham com a mais que previsível segunda volta. E discutem se será este contra aquele, ou se aqueloutro contra o outro.

Quando finalmente o STJ se pronunciar, então aí, e só aí, arriscarei o meu prognóstico para esta eleição para Presidente da República da Guiné-Bissau. Com isenção, claro!, mas será aquilo que eu penso, enquanto cidadão deste País. O jornalista vem logo a seguir, ou seja, do primeiro ao último dia da campanha eleitoral. E na linha da frente. Boa Páscoa a todos. AAS

Apoio ao Desenvolvimento 2013-2017: ONU promete 200 milhões de dólares à Guiné-Bissau para os próximos cinco anos. O acordo foi hoje assinado, em Bissau. AAS

Rir para não chorar

gb(2)

Este gajo vive mas é na Guiné-Bissau. E mora lá para os lados do 'interramento'...AAS

CAN África do Sul 2013: Selecção dos Camarões chega a Bissau 48 horas antes do jogo

guiné-bissas vs camaroes

A CARTA ENVIADA À SECRETARIA GERAL DA FFGB, COM O PLANO DE VOO: ORGANIZAÇÃO

CAN Africa do Sul 2013: Seleccao da Guine-Bissau em risco para o jogo da primeira mao, em Bissau, no proximo dia 29. O estagio do seleccionado guineense, que devia ter inicio amanha, 5a feira, em Lisboa esta em risco em virtude do nao desbloqueamento das verbas acordadas. Entretanto, a seleccao dos Camaroes enviou ja o seu plano de voo - Paris/Bissau/Paris. Norton de Matos comandara os 'djurtus' nesta tarefa quase impossivel. AAS

Senegal a ferro e fogo: Centenas de guineenses, sobretudo estudantes, fogem da situacao de quase guerra civil que se vive em Dakar, em protesto contra a recandidatura do presidente Abdoulaye Wade. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Supremo Tribunal de Justica pronuncia-se no proximo dia 29 sobre quem vai - ou nao - as eleicoes de 18 de marco. AAS

sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Peritos da União Europeia brevemente em Bissau

A União Europeia vai enviar à Guiné-Bissau uma missão de peritos eleitorais, para avaliar as eleições presidenciais de 18 de março, anunciou hoje a representação de Bruxelas em Bissau. A missão "já está em preparação e chegará em breve ao país", informou a delegação da União Europeia.

Joaquín González-Ducay, chefe da delegação da União Europeia em Bissau, precisou que o envio da missão de peritos surge no seguimento de um pedido nesse sentido feito pela Comissão Nacional de Eleicções (CNE). LUSA

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Movimento de apoio à candidatura do camarada Serifo Nhamadjo

serifo 1 2012

«Exmo. Senhor

Serifo Nhamadjo
Membro de B.P. do PAIGC.
Presidente da Assembleia Nacional Popular em exercício

Natal/RN, 11/02/2012

Assunto: Apoio a candidatura a presidência da Guiné-Bissau

Excelência,

Após de uma profunda reflexão comum, nós jovens e quadros patrióticos do PAIGC residentes em Brasil decidimos de uma forma madura e responsável de apoiar a sua candidatura. A presidência da republica. O fundamento do nosso apoio A.V.EXA. centra-se no seguinte:

Nós jovens e quadros patrióticos residentes em Brasil, entendemos que a candidatura de câmarada deputado Serifo Nhamadjo, vai trazer o fruto positivo para o povo guineense por isso que decidimos a apoiar este homem de uma forma incondicional, porque só ele é capaz de levar ao cabo o processo de reconciliação nacional, nós não podemos falar do desenvolvimento sem a reconciliação nacional, razão pelo qual que nós jovens e quadros patrióticos do PAIGC, residente em Brasil, decidimos tomar essa atitude nacionalista de uma forma democrática de apoiar esse projeto do candidato Serifo Nhamadjo, que também é um projeto de continuação do processo de reconciliação Nacional iniciado pelo falecido Presidente Camarada Malam Bacai Sanha.

Por isso que entendemos só com reconciliação nós podemos alcançar a paz, justiça e desenvolvimento geral. Para que isso concretize é preciso ter um homem muito flexível no ponto de vista politico, frente da nação, o povo guineense está cansado de assistir a politica de divisão, exclusão, clientelismo e maquiavelismo. Essas atitudes não combinam com os ideais dos nossos gloriosos combatentes liberdade da pátria, entre quais, Amicar Cabral, Osvaldo Vieira, Luis Cabral, Nino Vieira, Victorino Costa, Arafam Mané Djamba, Agostinho Cabra de Almada Gazela, Paulo Correia, Manecas dos Santos Saturnino Costa, Quemo Mané, Satu Camara, Francisca Pereira, Domingos Ramos, Mamadú Alfa djalo, Victor Saúde Maria, Pansau na Isna, Carlos Correia e tantos outros combatentes que não foram mencionados, que sonharam sempre em ter uma Guiné-Bissau unida, sem trbalismo e divisão, com baseno diálogo e tolerância, rumo ao desenvolvimento sustentável.

E para finalizar, nós jovens e quadros patrióticos do PAIGC residente em Brasil, queremos exortar o povo Guineense, para votar em massa no candidato Serifo Nhamadjo, no dia 18 de março porque é um homem de mãos limpas sem sangue, que não governa na base do ódio e fantasia do capitalismo e neócolianismo português, e acima de tudo, camarada Serifo Nhamadjo, é um homem de longa experiência institucional que sabe valorizar os valores democráticos.

• Viva o pensamento politico de Amilcar Cabral.
• Viva a Reconciliação Nacional.
• Viva o Povo da Guiné-Bissau

Movimento dos jovens e quadros patrióticos do PAIGC residente em Brasil.

Coordenador
Dr.Vladimir Deuna (Abel Djassi)
»

terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012

Instituto Nacional de Previdencia Social, cujo presidente Iaia Djalo e tambem candidato a Presidente da Republica, assinou hoje com uma empresa portuguesa um contrato para a construcao de 150 casas de habitacao social. AAS

ELEIÇÃO PRESDENCIAL ANTECIPADA 2012: Koumba Yalá, candidato apoiado pelo PRS, está neste momento a depositar a sua candidatura junto do Supremo Tribunal de Justiça. AAS

koumba 2012
KOUMBA YALA, esta manha, a caminho do STJ
FOTO:AAS/DR

ELEIÇÃO PRESDENCIAL ANTECIPADA 2012: Luis Nancassa, presidente do sindicato dos professores, entregou hoje no STJ a sua candidatura. Afonso Té, candidato independente apoiado pelo PRID, depositou já a sua candidatura junto do Supremo Tribunal de Justiça, tendo feito todo o percurso a pé. AAS

ÚLTIMA HORA: Acabaram as greves nos sectores da Educação e da Saude. Maratona negocial, concluida ontem à noite, deu espaço de manobra à primeira-ministra em exercício, Adiato Nandigna. AAS

Namorem

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
... Rei do Reino de Aquém e de Além Dor

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!


Florbela Espanca

18 março é quando um homem votar

Anarquistas de pensamento, cujo cérebro foi trespassado por um jacto de azoto, andam a insinuar que eu, António Aly Silva, estou num apoio desmesurado ao candidato do PAIGC, e actual primeiro-ministro, Carlos Gomes Jr. Não sei, não tenho certezas, mas sim dúvidas: haverá analfabetos a lerem o meu blogue? Nunca se sabe, cá, na Guiné-Bissau, tudo é possível...

My beautiful picture

Pois bem. A um deles, gabaroso e com tudo para dar errado, fugiu-lhe a boca para verdade - o que é estranho. Garantiu - na presença de pelo menos seis pessoas - ser 'do gabinete de marketing e comunicação' da candidatura X, e que antes fora nomeado para a área Y. No que me diz respeito, seria um candidato perfeito a 'mister 1 de abril': é mentiroso e nunca se lhe ouviu uma verdade.

Dias atrás - morria-se em Homs, na Síria - escrevi no blogue sobre os 'procedimentos durante a campanha eleitoral no blogue ditadura do consenso', e um dos pontos pedia às directorias de campanha o 'favor' de enviarem notícias e fotografias dos seus actos. Foi consensual? Não sei, e pouco me importa. O que sei e não tenho a menor dúvida, é que, neste blogue, pelo menos neste, sou eu quem dita as regras. Lê-me quem quiser, e a mais não é obrigado. Passou muito bem.

Não entro em jogadas eleitoralistas. De Lisboa, chegou-me a notícia de que a Aula Magna estava composta à espera do 1º ministro Carlos Gomes Jr. Estranho? Nem por isso. Estranho seria o primeiro-ministro nem sequer encher o anfiteatro da Aula Magna. Eu encheria a praça de touros de Cascais! E manhã cedo, na minha volta habitual pela internet, descubro texto e imagens do encontro na Aula Magna.

Reproduzir esse texto - e as fotos - faz de mim 'apoiante' do Carlos Gomes Jr? Que estupidez! E acaso fosse, qual seria o problema? Sou cidadão muito antes de ser jornalista - e isso ninguém mudará. Há uma semana que, no cabeçalho do blog, tenho um texto a propor aos candidatos a reserva de espaço para publicidade. E acham que se a candidatura A, B, ou C quiser o espaço eu vou dizer 'não' apenas porque penso que alguém, num amanhã qualquer, me acuse de favorecer este, aquele, ou aqueloutro? O tanas! Terá a publicidade quem a pagar. E o resto são paisagens desoladoras.

Haverá, jornalista ou não, quem na Guiné-Bissau se tenha levantado mais contra ilegalidades cometidas neste País, tanto pelos malogrados presidentes 'Nino' Vieira e Malam Bacai Sanhá; como por chefes de Governo, desde Artur Sanha até Carlos Gomes Jr., nos dias de hoje? Escrevi sobre tudo - literalmente! Disse o que sempre me ia na alma, nunca temi represálias por mais que fossem evidentes. Não tentem - é o que peço.

Ora sebo! Enquanto cidadão, votarei no candidato que me inspirar confiança. Estou-me nas tinas para palavras como 'paz' - o guineense sabe lá o que é isso!; estou-me borrifando para a 'unidade' - o guineense nunca esteve unido. Esteve misturado... Tenho 46 anos de vida, zero de bajulação. Não votarei à espera que me caia um cargo nas mãos - e acreditem que dava conta do recado de qualquer um. Não quero cargo nenhum. Depois dos 90 anos, logo se verá.

Felizmente, aprendera bem cedo na minha curta e atribulada vida, que, tanto podemos agir mal contra a nossa vontade, como, ao fim de pouco tempo, podemos agir mal sem nunca chegarmos a sequer perceber o que fizemos ou o que havia de errado nos actos que cometemos. Ou seja, certos pecados são demasiado subtis para serem explicados, e outros demasiado subtis para serem referidos claramente...

António Aly Silva

segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2012

GREVE na SAUDE: Os dois sindicatos iniciaram, hoje, uma greve de 4 dias. A greve no sector da Educacao dura ha 2 semanas. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Serifo Nhamadjo (militante do PAIGC e candidato independente), Cirilo Rodrigues (PS), Empossa Ie (CD), Braima Alfa Jalo (CNA) depositaram hoje as suas candidaturas no Supremo Tribunal de Justica. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Cerca de 70 dirigentes e militantes do PAIGC pediram ja a suspensao das suas actividades no partido, para apoiar o candidato independente Serifo Nhamadjo. AAS

Encontro do primeiro-ministro com a comunidade guineense em Lisboa

cadogo aula magna 1
O primeiro-ministro ouvindo o hino nacional, acompanhado de Fally Embaló, embaixador da Guiné-Bissau em Lisboa

A diáspora da Guiné-Bissau em Portugal deslocou-se ontem, domingo, em peso à Aula Magna da reitoria da Universidade de Lisboa, para ouvir do primeiro-ministro guineense, Carlos Gomes Jr., numa sessão aberta a perguntas e respostas. Carlos Gomes Júnior, candidato às eleições presidenciais do próximo dia 18 de março, falou sobre a atual situação do país e deixou uma mensagem de esperança às mais de 250 pessoas que se deslocaram à sala lisboeta.

«Nos momentos difíceis que atravessámos ao longo dos últimos anos, o povo português, sempre de uma forma carinhosa, acolheu os nossos irmãos. Sabemos que a vida da emigração é dura. Queria agradecer às autoridades portuguesas o tratamento que têm dado aos filhos da Guiné-Bissau e salientar a cooperação entre os dois países», afirmou. Estudantes universitários, operários da construção civil, desempregados e domésticas. Foram muitos os que não quiseram perder a oportunidade de confrontar o ainda primeiro-ministro guineense com algumas questões mais melindrosas.

cadogo aula magna
Carlos Gomes Jr., ouve perguntas por parte da assistência - cerca de 250 pessoas.

Uma dessas vozes foi a da jovem Sofi Gomes, 29 anos, estudante de direito e que mantém acesa a chama de regressar ao país que deixou em tenra idade. Com uma declaração apaixonada e vibrante, apelou a que o povo se unisse e deixasse as quezílias políticas e étnicas de parte e remasse em prol da unidade do país.

A finalizar a sua intervenção, o agora candidato à presidência da República anunciou que o acordo sobre as pescas celebrado com a União Europeia vai significar a entrada de nove milhões de euros nos cofres do país. Estiveram na sessão de esclarecimentos, o embaixador guineense em Portugal, Fali Embaló, o secretário executivo da Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP) e o secretário de Estado das Comunidades, Fernando Gomes Dias.

Artigo: Leonel Lopes Gomes
Fotos: António Azevedo/ASF

domingo, 12 de Fevereiro de 2012

NA HORA-ESTRANHO... Chuvisca sobre Bissau! AAS

sábado, 11 de Fevereiro de 2012

GUINEENSES e AFRICANOS em PORTUGAL - Movimento de apoio a Henrique Rosa para Presidente da Guiné-Bissau

«Os Guineenses e Africanos em Portugal, cansados da permanente decadência da sua Terra, do seu País, cansados do clima de instabilidade social, económica, financeira, institucional e familiar. Frustrados com a permanente degradação e ruína física e moral das suas instituições e serviços, da falta de ética e sentido de Estado de muitos governantes e dirigentes de topo do Estado, decidiram ter chegado a hora de unir esforços e mudar, colocando na chefia do Estado uma personalidade "sem rabos de palha", cujos carácter, dedicação à sua Terra, aos seus valores e aos seus concidadãos, sejam de todos bem conhecidos, sem sujeição a dúvidas ou especulações.

Um carácter cujo exemplo de vida, ética, honestidade, solidariedade, humanidade e determinação, possa, pensando o passado, o presente e o futuro da Guiné-Bissau, enfrentar com sucesso os actuais desafios da nossa sociedade. Todos nós, Povo da Guiné, há muito ansiamos por esta mudança de paradigma, de rumo: A Guiné-Bissau não pertence a este ou àquele governante ou dirigente! A Guiné-Bissau não é para este ou aquele governante ou dirigente usar, perturbar, abusar ou roubar no egoísmo mesquinho e tacanho dos seus próprios, únicos e exclusivos interesses, ganâncias ou vontades pessoais.

A Guiné-Bissau, como diz, e faz, Henrique Rosa, é um estado onde o primado do direito deve imperar, e ser cada vez mais, dos e para os guineenses. É neste sentido de estado de Henrique Pereira Rosa que nos revemos, e que nos move, levando a dar-lhe o nosso esforço e o nosso apoio. É este seu desejo de um desenvolvimento equilibrado do País, de honestidade, fibra moral e profundo conhecimento, que dinamizam este enorme Movimento de apoio responsável, à sua eleição à mais alta magistratura da Guiné-Bissau.

Com toda a estima, consideração e votos de grande sucesso, Alberto Napoleão Encolá
Coordenador Principal Não vás em prosa. Vota Henrique Rosa!
»

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: sondagem ditadura do consenso: escolha o seu candidato

sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Koumba Yala antecipa deposicao da candidatura no STJ. Sera na proxima 3a feira, dia 14, as 13:30 horas. AAS

Carlos Gomes Jr: Contacto com guineenses em Lisboa

O primeiro-ministro Carlos Gomes Jr, candidato a eleicao para Presidente da Republica pelo PAIGC, viaja na proxima madrugada para Lisboa, na companhia do secretario de Estado das Comunidades, Fernando Dias, para uma visita de contacto e de trabalho com a comunidade guineense residente em Portugal.

Segundo uma fonte do ditadura do consenso, esta ja programada uma reuniao, que tera lugar no proximo domingo no auditorio da Aula Magna, em Lisboa. O motivo e informar a comunidade guineense da actual situacao economica e politica do Pais, bem como do desparecimento fisico do Presidente da Republica, Malam Bacai Sanha. Carlos Gomes Jr regressa ao Pais na proxima sexta-feira.

Confrontado pelo DC sobre se esta visita se enquadra na campanha eleitoral, a mesma fonte refutou qualquer pretenciosismo eleitoral: "Esta visita foi programada desde ha muito tempo. Alias, os nossos cidadaos na diaspora, infelizmente, nao votam para nenhuma eleicao". AAS

PARTIDO REPÚBLICANO DA INDEPENDENCIA PARA O DESENVOLVIMENTO - Comunicado de imprensa do Secretariado Nacional

Recebemos com muita estranheza, através dos órgãos de comunicação social, a notícia que dá conta que o Coronel e militante do PRID, Dr. António Afonso Té é candidato do Partido Republicano (PRID), fruto de uma suposta vitória numa espécie de primarias organizadas e realizadas pelo Partido no pretérito dia, 28 de Janeiro de 2012, nas quais ele Afonso Té teria vencido o Presidente do Partido, Dr. Aristides Gomes, que teria apresentado a sua candidatura a essas primário, por intermédio de um representante seu,

o que não corresponde minimamente à verdade.

Com efeito, o PRID não organizou nenhumas eleições primárias no seu seio e nem tem candidato oficial para às presidenciais antecipadas marcadas para o dia 18 de Março do presente ano.

A realidade é esta: os Partidários do Dr. António Afonso Té, convocaram e convidaram o Secretário Nacional Adjunto do PRID, para tomar parte numa reunião na Sede Nacional que tinha basicamente como ordem do dia a análise do perfil do Candidato a ser apoiado pelo Partido Republicano (PRID) nas antecipadas de Março de 2012.

No fim da reunião, aproveitaram-se do facto e submeteram à votação por aclamação a proposta do Afonso Té como candidato do PRID, o que é de todo contrário aos princípios básicos que regem qualquer Partido democratico nos dias de hoje.

Ora, pergunta-se qual o órgão do Partido que se reuniu e em virtude dessa escolheu o Dr. Afonso Té como candidato? Ou, melhor, em que disposições dos estatutos fundaram a convocação, organização e realização dessas primárias?

Entretanto, o PRID e os seus militantes declinam de toda a responsabilidade decorrente da escolha do Dr. Afonso Té, por se tratar de uma reuniao de caracter informal, organizada e realizada pelos seus partidários, cuja militância de muitos é duvidosa.

Admitimos, sim, que ele, enquanto cidadão, possa apresentar-se como independente recolhendo os cinco mil (5.000) assinaturas exigidas por lei e eventualmente piscar o apoio dos militantes do PRID e não só, por se tratar de um direito político que assiste a todos os cidadãos.

Aliás, é do conhecimento público que o nosso Partido tem um contencioso no Tribunal, e que a solução do mesmo deve ser consistente, viável e duradoira. Não pode, de forma alguma, ser uma simples operação cosmética, uma pequena cirurgia, porquanto o momento exige de todos os militantes do PRID, sem excepção, uma assunção de responsabilidade e compromisso com o futuro do PRID, que passa pela analisé do que está na origem do nosso mal entendido e/ou impasse, e arranjar saídas possíveis e felizes.

O momento é muito delicado, mas ao mesmo tempo de muita esperança no futuro do Partido. Passos errados ou irreflectidos podem deitar tudo a perder. Guardemos a calma e o discernimento indispensáveis. Saibamos conter os impulsos espontâneos e as declarações inflamáveis e provocadoras.

Um apelo específico aos militantes e simpatizantes do nosso Grande Partido: Que fomentemos a humildade, o diálogo, a unidade e a solidariedade, que sempre nos caracterizaram. Por isso, devemos ser portadores de confiança e esperança. Pois, o povo espera muito de nós enquanto alternativa mais credível ao actual poder do PAIGC, caracterizado pela corrupção, demagogia, maquiavelismo e clientelismo.

Estamos esperançados que o bom senso prevalecerá, e que o reencontro da grande família do PRID está para breve, a bem da nossa democracia e da nossa pátria amada.

Viva o PRID
Viva os seus dirigentes
Viva a Guiné-Bissau

feito em Bissau aos tres dias do mes de fevereiro de dois mil e doze.

O Secretário Nacional,
Arnaldo Gomes

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Oposição Democrática pondera impugnar a candidatura de Carlos Gomes Jr à Presidência da Repúlica. AAS

quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

Procedimentos durante a campanha eleitoral

A fim de acautelar possiveis mal-entendidos durante a campanha eleitoral, o editor do blogue 'ditadura do consenso' reserva-se no direito de:

- Nao publicar nenhum documento com conteudos improprios, dirigidos a candidatos,
- Nao dar seguimento a cartas que atentem contra a honra de qualquer candidato.

Ditadura do consenso agradece desde ja a todas as directorias de campanha, e solicita o seguinte:

- Podem enviar informacoes, APENAS via email, das vossas actividades durante o periodo eleitoral, da vossa agenda de campanha, ou outros relacionados com a campanha eleitoral, o vosso manifesto de candidatura para publicacao no blogue,

- Podem igualmente enviar fotografias dos vossos eventos e todas as informacoes para publicacao no blogue, para o email: aaly.silva@gmail.com

- O editor do ditadura do consenso, na impossibilidade de acompanhar todos os candidatos, tentara, com os meios de que dispoe, fazer reportagens com alguns candidatos.

Antonio Aly Silva

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Iaia Djalo, presidente do PND, e do Instituto Nacional de Previdencia Social, entrega amanha a sua candiatura junto do Supremo Tribunal de Justica. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Serifo Nhamadjo, militante do PAIGC, entregara amanha a sua candidatura como independente a presidencia da Republica no Supremo Tribunal de Justica. Baciro Dja, ministro da Defesa, adiou para amanha a entrega da sua candidatura junto do STJ. AAS

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: ALGUNS APOIANTES DE CARLOS GOMES JR., À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

CADOGO APOIANTES 1.2

FOTO: DR/AAS

ELEIÇÃO PRESDENCIAL ANTECIPADA 2012: Carlos Gomes Jr., acompanhado da mulher e da directora de campanha, Adiato Nandigna, a caminho do STJ. AAS

cadogo 1.1
FOTO: DR/AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Dezenas de milhares de apoiantes de Carlos Gomes Jr acompanham-no na chegada ao Supremo Tribunal de Justica, onde, neste momento, procede a deposicao da sua candidatura. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Koumba Yala, apoiado pelo PRS, deposita na proxima 4a feira a sua candidatura junto do Supremo Tribunal de Justica. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Henrique Rosa, candidato independente, deposita hoje, as 14 horas a sua candidatura junto do Supremo Tribunal de Justica. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Carlos Gomes Jr, candidato apoiado pelo PAIGC, acaba de chegar a sede do partido, acompanhado da mulher e da directora da campanha Adiato Nandigna, numa carrinha de caixa aberta. Daqui, segue e pe (segundo o programa) para o Supremo Tribunal de Justica onde depositara a sua candidatura. AAS

Ao PAIGC

«Antes que as chamas comecem a pegar fogo, por causa da corrida presidencial, clama-se a todos os membros que representam o Partido de um sonho, para que não continuem a fazer dele uma ilusão:

Os representantes do PAIGC tem a obrigação e o dever de limpar, arrumar e organizar essa casa. Como o maior partido, um partido fundador, libertador e guiador, devem obrigatoriamente ser um espelho e um exemplo de disciplina e uniao para o Pais e outros partidos politicos. A credibilidade partira dai, assim como o apoio popular. É um mau sinal, quando os filhos se empreendem em constantes guerras em casa. Um sinal de disfuncionalidade, e um meio ambiente doentio. Psicologicamente isso perturba, desespera e desune. Ora, nos queremos um Partido exemplar, solidario e continuador.

O pedido deve ser escutado, sim! Escutem, pois esse Partido PAIGC nao é uma propriedade privada. Muitos filhos combatentes perderam a vida nele, com ele, sacrificios infindos passados, sonhos nascidos e alimentados e ha que respeitar a memoria dos mesmos e a ilusao do sonho de muitos. Nao se deve transformar essa Casa Historica, num clube de Bantaba, do mais forte e o mais fraco, grupinhos, mas sim, um clube com principios baseados em consenso e respeito!
Haja Consenso, Respeito, Uniao, Solidariedade e Paz!"

Celina V Tavares

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Baciro Dja, ministro da Defesa, pode entregar hoje a sua candidatura como independente. AAS

terça-feira, 7 de Fevereiro de 2012

ELEIÇÃO PRESDENCIAL ANTECIPADA 2012: Comunicado da Oposição Democrática sobre a greve no sector da Justiça

COLECTIVO DA OPOSIÇÃO DEMOCRÁTICA (PRS, PRID, UPG, PDG, PDSSG, FCG-SD, PPD, UDS, RGB, CD, PADEC, MP, CNA, FLING, PRN.)

O Colectivo da Oposição Democrática, integrada por 15 partidos com e sem assento parlamentar, vem alertar a Comunidade Internacional e a todos os cidadãos guineenses amantes da Justiça, e da paz, e os que na verdade anseiam por uma estabilidade definitiva da Guiné-Bissau, para mais uma manobra que Carlos Gomes Jr., e o PAIGC pretendem preparar, contra a consolidação da Democracia Guineense ao desprezar e ignorar totalmente os reais problemas da Justiça, levando os trabalhadores do sector, no prosseguimento de uma luta justa pela dignificação da classe, a decretar, nesta conjuntura de eleições, uma greve de 30 dias.

O Colectivo da Oposição Democrática preocupado que está com o Estado da Justiça na Guiné-Bissau, e que tem assistido de há um tempo a esta parte, a realização da justiça privada, porque a Justiça formal, aquela que está instituída pelo Estado, infelizmente não funciona, vem publicamente, mais uma vez, denunciar que o actual estado de coisas acontece porque o Governo de Carlos Gomes Júnior, premeditadamente não está interessado em criar as condições mínimas para o funcionamento normal e digno da Justiça, e porque, sobretudo, Carlos Gomes Jr., é um dos cidadãos que será, mais cedo ou mais tarde, apanhado pelas teias da Justiça.

O Colectivo da Oposição Democrática vem informar que, depois da promessa negocial do governo, em que aceita e promete resolver as preocupações dos trabalhadores da justiça, premeditadamente, nada fez, decorrido 1 ano. Assim sendo a Greve decretada por 30 dias pelos trabalhadores da justiça em conformidade com o exercício constitucional dos seus direitos, se justifica por incumprimento de compromissos assumidos pelo Governo irresponsável de Carlos Gomes Jr., e do PAIGC, que deixou que chegássemos a esta altura, para pôr em causa a realização das eleições presidenciais antecipadas marcadas para o dia 18 de Março de 2012. Queremos aqui deixar bem claro que a acontecer o adiamento das eleições Presidenciais, o único responsável será o Governo de Carlos Gomes, sendo por isso obrigado a assumir todas as consequências que daí advierem.

Neste sentido, o Colectivo da Oposição Democrática exige do Governo Carlos Gomes Jr., manifestamente imbuído de má fé, o cumprimento de imediato e sem mais demoras do acordo assumido há um ano atrás, permitindo assim o decorrer normal do acto eleitoral que se avizinha.

O Colectivo da Oposição Democrática exorta mais uma vez o Sr. Presidente da República Interino, Dr. Raimundo Pereira, ao cumprimento escrupuloso da Constituição da República.

O Colectivo da Oposição Democrática não pode deixar de denunciar a recente atitude do Dr. Raimundo Pereira ao decidir de forma escandalosa, violar expressamente a Constituição da República, ao participar na sede do PAIGC, nas reuniões do Bureau politico e do Comité Central, a ponto de votar a favor de um dos candidatos, fazendo de conta, que ainda é um dos Vice-Presidentes do Sr. Carlos Gomes Júnior.

O Colectivo da Oposição Democrática relembra que o art.º 65 da Constituição da República da Guiné-bissau reza que “ as funções do Presidente da República são incompatíveis com quaisquer outras de natureza pública ou privada”. Também o art.º 62 da Constituição explicita ainda “ 1 - O Presidente da Republica é o Chefe do Estado, símbolo da Unidade, garante da Independência Nacional e da Constituição e Comandante Supremo das Forcas Armadas. 2 - O Presidente da República representa a República da Guiné-Bissau“.

Por estas e por outras razões, é que em várias ocasiões o Colectivo da Oposição Democrática se manifestou contra a sua designação nesse cargo, reservando sempre a sua confiança política. Ainda assim, mais uma vez denunciamos que é inaceitável que incorra sistematicamente, cada vez que exerce o cargo de Presidente da República em premeditadas inconstitucionalidades grosseiras, tomando partido por uns, deixando outros Guineenses de lado, quando é, suposto ser Presidente de todos os Guineenses.

O Colectivo da Oposição Democrática exige do Sr. Dr. Raimundo Pereira, Presidente da República Interino, o sentido Republicano da Chefia de Estado, distanciando-se de querelas político-partidárias, garantindo com isenção e imparcialidade, o normal e regular funcionamento das instituições democráticas.

O Colectivo da Oposição Democrática aproveita também a ocasião para solicitar a sua intervenção, enquanto Presidente de todos os Guineenses, para evitar o perigo iminente que existe no incumprimento da data marcada para as eleições Presidenciais que poderá ter origem na actual greve do sector da Justiça, provocada pelo total incumprimento, irresponsável, por parte do Governo de Carlos Gomes Jr., dos acordos assumidos há um ano atrás.

O Colectivo da Oposição Democrática, exorta ainda a Comunidade Nacional e Internacional de que este governo do Sr. Carlos Gomes Júnior, continua a violar intencionalmente a Constituição da República ao alterar a pauta aduaneira na base da aprovação do Orçamento Geral de Estado pela Assembleia Nacional Popular, e que não foi promulgada pelo Presidernte da República. Sabe-se que a promulgação presidencial é uma forma de controlar formal e materialmente os actos do governo, conferir autenticidade e assegurar-lhe a executoriedade. Até hoje, o Orçamento Geral de Estado, não foi promulgado, e é indispensável esta formalidade presidencial, pelo que estamos perante a inexistência jurídico-político do Orçamento, e consequentemente, a alteração de pautas aduaneiras que aumenta o preço dos bens da primeira necessidade, viola frontalmente a constituição por manifesta falta de promulgação, vide os art.º 68 al. s), e al. c) do art.º 69 da Constituição da República.

O Colectivo da Oposição Democrática, imbuído do espírito democrático, de Justiça, de Paz e da Estabilidade, e sendo os Partidos Políticos que o integram os verdadeiros promotores deste tão importante acontecimento eleitoral, razão primordial para ambicionarem que tudo se processe dentro dos ditames Constitucionais para bem de todos os guineenses e da Guiné-Bissau.

Bissau 07 de Fevereiro de 2012

O Coordenador

Ibraima Sory Djaló

ELEIÇÃO PRESDENCIAL ANTECIPADA 2012: Carlos Gomes Jr. candidato apoiado pelo PAIGC deposita 5ª feira a candidatura no Supremo Tribunal de Justiça. AAS

Tesmpestade de poeira obriga a fecho do espaço aéreo nacional

A tempestade de poeira que assola Bissau, obrigou ao fecho do espaço aéreo nacional. Nenhum avião tem autorização para entrar ou sobrevoar a Guiné-Bissau e menos ainda para aterrar. Ontem, um avião dos TACV que fazia a ligação Lisboa/Praia, foi obrigado a desviar a rota, não conseguindo aterrar Dakar, tendo depois conseguido uma aberta acabando por aterrar no aeroporto da ilha do Sal, onde ainda se encontra. AAS

segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Alianca Democratica escolhe o advogado Vicente Fernandes como seu canditado para as eleicoes de 18 de marco. AAS

6829800463_b33658fb89_m

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012 - Hélder Vaz, actual director-geral da CPLP, pondera avançar para as eleições presidenciais de 18 de marco, com o apoio da UPG e de um colectivo de partidos politicos. AAS

'Vale mais a lágrima de um derrotado do que a vergonha de nunca ter lutado'

«Caro Aly,

Em primeiro lugar, como cada um de nós tem desfrutado das noticias postadas no teu blog, tenho que agradecer pela disposição as informações precisas e a vericidade dos Factos! É um prazer abrir o blog todos os dias e deparar com noticias "frescas" e sobretudo muito bem narradas.

É lastimável, muito lastimável o caminho que a Guiné-Bissau está a seguir. O rumo que pretendemos tomar, pessoas incapacitadas, analfabetas, sem algum traço positivo deixado atrás, são os que nos representam os que mais ouvimos nas rádios, os que vemos na Tv os que mais nos envergonham.

Pessoas como tu, que quando abrem a boca não sai lixo, são as que nos deveriam representar, deveriam contribuir com o que sabem e podem para cobrir as nossas vergonhas, infelizmente não ocupam os postos merecidos, não estão nos lugares apropiados, não desfrutam do que é realmente vosso.

Cada dia a Guiné-Bissau está a deteriorar, pois ignoramos pequenas atitudes que comprovam para sonhar com grandes palavras que iludem, finjimos não saber o que se passa para pedir que Deus nos acuda. É vergonhoso ver pessoas que numa outra Guiné-Bissau nem gravata ousariam usar, nem abrir a boca ousariam mas estão lá com gravatas a torto e a direito, e à esquerda, com bens do povo a passear e a contornar como se o País fosse um património de grupinhos.

A Guiné-Bissau vai mudar? Sim, mas quando e com que geração? Essa que vem... nem sonhemos acordados porque não é essa geração que vai mudar o País. Essa geração que vai subir é uma das piores, miudos delinquentes, mães adolencentes, jovens levados pelo marginalismo, abalados pela ganância, ilusionados pelo que vêem. Pois os que estão hoje no poder não deixaram nenhuma referencia positiva onde os jovens pudessem ao menos basear-se, ver como um espelho para tentar fazer o mesmo percurso.

Não é que eles não tenham acesso à educação - muito pelo contrário: são jovens de famílias de nome em Bissau, são jovens que tem o básico e muito mais. Infelizmente outros mereciam mas não tiveram acesso à educação, submetem-se a outros trabalhos nos campos e não têm olhos para a delinquência.

Não sou pessimista, estou a tentar ser realista para vermos até que ponto chegamos. Cada um pensa e aplicada a lei a seu bel-prazer, cada um acha-se alguém mais do que o outro, cada um come e diz o que quer, ninguém pensa no povo, nas pessoas que estão la dia e noite a sofrer a nutrirem se mal, criancas a viverem em condicoes miseráveis, familias sem nenhuma atenção, todos os olhos estão virados para Bissau como se não existissem regiões e sectores, onde só aparecem para manipular e pedir votos.

Nada nos falta naquele País nada, todos o sabem bem, mas o mais essencial de tudo é que infelimente temos muito pouco nos lugares apropriados - e falo das CABEÇAS. Avizinham se as eleições, as manobras já começaram, o circo está prestes a abrir para os que sabem ver os palhaços a desfilarem. Contudo, na vida, vale mais a lágrima de um derrotado do que a vergonha de nunca ter lutado, e vamos lutar para que os que sabem, os que podem, estejam lá, sejam o nosso orgulho, para vermos o SOL, que já não brilha há décadas, reaparecer, para não deixarmos de nenhum modo transformarem a nossa pátria o sangue de muitos que deram as suas juventudes, as suas vidas.

Um grande abraço para ti, admiro muito o que fazes e espero que um dia te reconheçam isso.
»

GUINEENSES EM ANGOLA - Movimento de Apoio à Candidatura de Carlos Gomes Jr., à Presidência da República

«Exmo. Senhor
Carlos Gomes Júnior
Presidente do PAIGC
Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau

Luanda, 03/02/2012

Assunto: Apoio a candidatura a Presidência da Republica da Guiné-Bissau

Excelência,

Após uma profunda reflexão conjunta, nos dias 1,2,3/02/2012 os Guineenses residentes em Angola, entenderam não deixar passar este momento histórico, sem darem uma modesta contribuição. Neste contexto criamos um amplo Movimento de Apoio a sua candidatura. Assim criou-se o Movimento de Apoio a Carlos Gomes Júnior a Presidência.
O fundamento do nosso apoio a V. Exa. centra-se no seguinte:

O Povo da Guiné-Bissau, escreveu com letras de ouro, as paginas da sua Luta Armada de Libertação Nacional. Num passado não muito longínquo este Povo, vivia numa pobreza incontrolável, inseguro e indefeso. Mas graças a boa Governação de V. Exa. assente em elevada sapiência e pragmatismo, a Guiné-Bissau e o seu Povo, estão a viver em Paz, Tranquilidade e com a certeza mais do que nunca num futuro melhor.

Senhor Carlos Gomes Júnior,

Prova de amor a Pátria e ao Povo da Guiné-Bissau, V. Exa. já deu sobejamente. Por isso nós os Guineense residentes na Republica de Angola, estamos certos e seguros de que com a V. Exa. na presidência de Republica, liderando o País, a Guiné-Bissau continuará a caminhada rumo a Estabilidade, Paz e desenvolvimento económico sustentado.

Assim sendo queremos-lhe deixar aqui expresso o nosso inequívoco apoio, para democraticamente vencer estas eleições Presidenciais. Do qual estamos seguros que esta ganho. Esta ao nosso ver é a forma de o Povo Guineense lhe dizer obrigado por tudo o que tem feito por nós.

Aqui em Angola levaremos a cabo nos próximos dias, uma conferência de Imprensa Com os órgão de comunicação nacional e estrangeiras acreditados , para que Publicamente fique registado o nosso apoio a V. Exa.

Terminamos incentivando-lhe a ter cada minuto, cada hora, e cada dia mais força e coragem nos combates políticos que se avizinham. A Vitória será sua.
Conte sempre com os Guineenses, residentes em Angola. Votos de Saúde, longa vida melhores e maiores realizações neste Ano de 2012.

O Movimento de Apoio a CADOGO Júnior

A Presidência

Amadu Djaura

Queba Tcham
»

sábado, 4 de Fevereiro de 2012

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Koumba Yala chega amanha a Bissau, no voo da TACV proveniente de Dakar. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Empossa Ie, presidente do Centro Democratico (CD), pondera candidatar-se as eleicoes de 18 de marco, segundo o proprio anunciou ao ditadura do consenso. AAS

PAIGC Dia-D: A escolha - 'Cadogo' com vitoria esmagadora: 244 votos a favor, 12 contra e uma abstencao. AAS

PAIGC Dia-D: Carlos Gomes Jr e o candidato a Presidente da Republica, votado no Comite Central do PAIGC. AAS

PAIGC Dia-D: Votar-se-a de braco no ar. Ha abandono de sala por parte de alguns delegados. 'Cadogo' quer mostrar isto: com o poder nao se brinca! AAS

PAIGC Dia-D: Ambiente de cortar a faca no salao Nobre do partido. Cipriano Cassama e Adiato Nandigna, quase chegaram a vias de facto. Segundo informacoes fidedignas, ha policias de intervencao armadas de AK 47 dentro da sala. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Koumba Yala escolheu como mandatario o deputado do PRS, Florentino Mendes Pereira. Ate 2a feira, contam ter as 5 mil assinaturas exigidas por lei. Koumba chega amanha a Bissau. AAS

PAIGC Dia-D: Desde que comecou a reuniao do Comite Central, discute-se apenas o Artigo 5o: a votacao sera de braco no ar ou na urna? AAS

PAIGC Dia-D: Alguns apoiantes de Carlos Gomes Jr., acreditam numa vitoria 'esmagadora', e outros falam que 'sera um passeio'. Mas uma questao ensombra a festa: a votacao sera de braco no ar, ou atraves da urna? Fracturante. Dois nomes sao os mais falados: 'Cadogo' e Serifo Nhamadjo. AAS

PAIGC Dia-D: Apoiantes de Carlos Gomes Jr tornaram a praca dos herois nacionais o palco da festa. Desde as 10 da manha que cantam e dancam. Um abraco para a radio 'Bombolom' - 106.2 FM. AAS

PAIGC Dia-D: Esta tudo a postos para que os 351 delegados do Comite Central escolham, livremente, o candidato para a eleicao presidencial antecipada, de 18 de marco proximo. Ditadura do Consenso, na linha da frente da (in)formacao. AAS

DC/Post 3000: Excitacoes

- "O Antonio Aly Silva e' o jornalista guineense que mais livremente escreve, mesmo quando e' inconveniente e por vezes utiliza palavras muito pouco ortodoxas. O completo oposto do cinzentismo que tantas vezes se nota na prosa de outras pessoas que escrevem sobre as coisas dos seus Paises.

J.H"

- "Isso prova o que realmente es.

A.M"

04.02.2012: Post 3000

sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012

PAIGC-Votacao Publica: Por 62 votos a favor, 10 abstencoes e dois votos contra (Baciro Dja, ministro da Defesa e Tumane Mane, deputado), o Bureau Politico escolheu Carlos Gomes Jr como candidato a Presidente da Republica. Mas amanha, no Comite Central, tudo pode mudar... AAS

PAIGC-JOGADA de MESTRE: Discutia-se se a votacao, amanha, no Comite Central devia ser por aclamacao ou na urna. Serifo Nhamadjo, o candidato que mais sombra faz a Carlos Gomes Jr., jogou com um trunfo: "Assim sendo" - defendeu - "apreciem as outras tres candidaturas. Retiro-me e, amanha, no Comite Central, apresento a minha candidatura". Bem visto. AAS

PAIGC - Raimundo Pereira, Presidente da Republica interino, esta a participar da reuniao do Bureau Politico do PAIGC. Dizem ser 'ilegal', por estar com escolta presidencial. AAS

PAIGC-ESCOLHA de CANDIDATO: C arlos Gomes Jr., Serifo Nhamadjo, Soares Sambu e Francisco Benante apresentaram ja as suas candidaturas. Siga para bingo! AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: 'Paz, Estabilidade e Desenvolvimento' - o mote para a campanha de Henrique Pereira Rosa para a eleicao presidencial de 18 de marco. O ex-Presidente de Transicao repudiou a etnizacao do Pais, e disse que o guineense e um povo 'uno'. A conferencia de imprensa realizou-se hoje, na sua residencia, em Bissau. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Soares Sambu, acaba de fazer a entrega da sua candidatura junto dos jurados, na biblioteca do partido. AAS

EXCLUSIVO: ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Koumba Yala sera candidato as presidenciais, apoiado pelo PRS. Nesta fase, procede-se a recolha de assinatura, pois os orgaos do partido estao caducados. Koumba chega a Bissau no proximo domingo, dia 5. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Soares Sambu, em declaracoes ao ditadura do consenso, desmente que tenha ponderado desistr, e garante que depositara hoje, na reuniao do Bureau Politico, a sua candidatura a candidato do PAIGC para a eleicao presidencial. AAS

EXCLUSIVO: Tres militares afectos a marinha de guerra estao detidos, por terem espancado o 'mouro' que tera feito o feitico com nomes de politicos. AAS

quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

Estatutos do PAIGC:

Art. 33

Alinea C) Apresentar ao Comite Central, para aprovacao, as propostas de apoio a candidato a Presidente da Republica e a candidatos a Presidente da Assembleia Nacional Popular, bem como as listas de candidatos a deputados e a cargos municipais.

Art. 40

(Da cabeca de lista do PAIGC)

1. O Presidente do PAIGC e' o cabeca de lista do partido as eleicoes legislativas e seu candidato ao cargo de primeiro-ministro em caso da vitoria.

AAS

ULTIMA HORA-ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Soares Sambu pode desistir a favor de Serifo Nhamadjo, como candidato no PAIGC para candidato a Presidente da Republica. AAS

Professores: Greve de 90 dias, a contar vindo ceu!!! AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Primeiro-ministro Carlos Gomes Jr., regressou e nao podia ser mais claro no que toca a vontade em ser o candidato aopiado pelo partido. "Estamos disponiveis, se o partido precisar'. Amanha, reune-se o Bureau Politico e, no sabado, o Comite Central. Esperam-se dias agitados na sede do PAIGC. AAS

'É inegável. Os textos são apreciados e admirados '

«Estimado Aly Silva,

Por absoluta necessidade de conhecer a Guine Bissau por razões profissionais, tenho nos últimos tempos lido muita coisa produzida e lançada na net, porém é inegável que os seus textos são para mim os mais apreciados e admirados pela coragem que em cada frase você consegue transmitir, sem qualquer temor por eventuais mal-entendidos, seja de quem lê ou de quem no texto é referido, tudo de forma expressa, quase que redigido num iPhone e postado na net de imediato, sem aquela de se sentar numa mesa em frente a um computador e pensar frase a frase, virgula a virgula, o titulo, o lead, o sublead na construção da redação do texto.

A afirmação acima transmite de facto o meu pensamento e por ser verdadeira, se não a formulasse agora, concerteza o faria na primeira oportunidade, durante um encontro pessoal ou mesmo por telefone.

Dito isto e tendo em consideração as primeiras palavras deste e-mail, gostaria de contatá-lo para ouvir a sua opinião sobre a oportunidade que me foi oferecida para desenvolver em breve um trabalho na GB, cujo objectivo envolve pessoas que julgo estarem próximas de sí, apesar da decisão de contratar não ser destas pessoas ou de outras da GB.

Melhores cumprimentos e sucesso.

Antonio D.
»

quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2012

ELEIÇÃO PRESDENCIAL ANTECIPADA 2012: PRID - Sandji Fati, desvincula-se do partido. É a primeira baixa. AAS

Photobucket

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Ex-Presidente da Republica de Transicao, Henrique Rosa, sera candidato ao cargo de Presidente da Republica. O ex-Chefe de Estado, Kouma Yala, chega ainda esta semana a Bissau, vindo de Marrocos, e tambem se candidatara, baralhando, assim, a Oposicao Democratica. No PAIGC, contam-se espingardas: Serifo Nhamadjo, Soares Sambu (ja posicionados) e Baciro Dja (ainda por eslarecer). Esperam apenas pela chegada do presidente do partido, e primeiro-ministro, Carlos Gomes Jr. AAS

ELEICAO PRESIDENCIAL ANTECIPADA 2012: Afonso Te sera candidato

Afonso Te, coronel na reserva e militante do PRID, da como certa a sua candidatura na eleicao para Presidente da Republica, marcada para 18 de marco proximo, com apoio do Partido Republicano da Independencia para o Desenvolvimento.

O candidato esta nesta fase empenhado na recolha das 5.000 assinaturas exigidas por lei. A candidatura de Afonso Te so foi possivel gracas a uma especie de primarias organizadas pelo PRID (o congresso foi impugnado por Aristides Gomes), onde tambem era candidato o presidente contestario atraves de um representante).

Na votacao, ocorrida no sabado passado, Afonso Te obteve 86 votos enquanto que Aristides Gomes conseguiu nove votos expressos nas urnas. Houve sete abstencoes e tres votaram contra.

Mas uma vez que o PRID faz parte do colectivo da oposicao (um aglomerado de 15 partidos politicos), Afonso Te nao ve nisso um problema. Em declaracoes, hoje, ao ditadura do consenso, o candidato deixou as coisas bem claras: "Se, no ambito da oposicao democratica, houver um candidato de consenso, e ainda que eu nao seja o escolhido, abandonarei de imediato e juntar-me-ei a campanha do candidato que for escolhido". AAS

Movimento de Apoio à Candidatura de Carlos Gomes Jr à Presidência da República

«A Sua Excelência Srº
Carlos Gomes Junior
Primeiro Ministro da Guiné Bissau

Bilbao, 31/01/12

Asunto: Candidatura a Presidência da República


Um grupo dos jovens quadros guineenses residentes em Espanha concretamente em Bilbao, depois de varias analises do actual momento socio politico da Guiné Bissau, decidiram criar no dia 24 de janeiro de 2012, “ O Movimento de Apoio a Candidatura de Carlos Gomes Junior a presidência da República” nas eleições presidênciais marcada para o dia 18 de março do ano em curso.

A razão do apoio da sua candidatura têm haver com a confiança demonstrada no exercício do seu mandato, transparência na gestão de coisas publicas, a credibilidade que o país ganhou junto dos parceiros bilaterais e multilaterais, e os projectos de luta contra a pobreza que o governo esta a implementar com o objectivo de melhorar condições de vida das comunidades rurais e urbanas. Através desta confiança, rigor e vontade de trabalho demonstrada, não podemos ficar de braços cruzados nas eleições que se avizinham, por isso estamos a unir esforços a nivel de Pais Vasco em torno deste projecto que deve ser apoiado por todos os guineenses.

Estamos a levar a cabo um grande trabalho de sencibilização sobretudo em Bilbao com o objectivo de mobilizar mais jovens para abraçar esta iniciativa que deve ter efeito multiplicador na diaspora. Este movimento não esta ligado a nenhuma formação política, simplesmente é uma iniciativa de um grupo dos jovens quadros que decidiram juntar-se aos jovens a fim de apoiar a Candidatura de Carlos Gomes Junior a Presidência da República.

O movimento actualmente conta com o apoio de cerca de 82% dos imigrantes guineenses residentes em Bilbao. Para finalizar gostariamos de apelar aos orgãos maximo do partido que escolhe este homem como o candidato do PAIGC, é o unico que pode guiar o destino do país neste momento. Certos de poder contar com a colaboração, peço-lhe que receba Senhor Primeiro Ministro, os protestos da nossa elevada consideração.

Adão Nhaga

Cordenador do Movimento em Bilbao
»