terça-feira, 9 de Outubro de 2012

Antero João Correia: Esclarecimentos


"Caros familiares, amigos e conhecidos,

Não se preocupem com os falsos alarmes dos burros, incompetentes e mentirosos que infelizmente o país possui até hoje. Durante a minha ausência de duas semanas do país, surgiram mentiras do que estou envolvido nos casos das mortes ocorridas no país, só porque exercia funções de Comissário da polícia e com fortes ligações com Carlos Gomes Jr., - Cadogo!

Medíocres.

Não estou preocupado com desinformações na Internet porque, felizmente, conheço as pessoas envolvidas e as suas telenovelas... Estou por enquanto apenas preocupado com a minha saúde. Há, contudo, pessoas que querem a todo custo desviar atenções daqueles que estão empenhados em encontrar os autores que vitimaram um dos mais prestigiosos deputados da nação - ROBERTO FERREIRA CACHEU.

Nunca mandei matar e nunca matarei, mesmo por ordem de quem quer que seja. Também nunca fui e nunca serei cavalo de batalha de quem quer que seja.

A minha inteligência destanciou-me sempre dos acontecimentos, mas a cada acontecimento surgem pessoas querendo eliminar-me fisicamente se não vejamos:

1 - Em 7 de Junho de 1989 fui preso na Amura sem que estivesse envolvido ou sido acusado de nada, durante onze meses;

2 - No governo de Kumba Yala, fui preso em Mansoa por ter negado confirmar acusações contra alguns oficiais-generais em como estariam envolvidos na dita tentativa de golpe de estado;

3 - Fui preso durante os assassinatos do major Baciro Dabó e do deputado Hélder Proença, por ter negado assinar documentos sobre um hipotético golpe de estado;

4 - Agora, querem envolver-me nos seguintes: caso ROBERTO FERREIRA CACHEU; envio de polícias para a CNE e, ainda, na morte de Yaya Dabó, acontecimentos de que nem sabia de nada;

Desta vez vou mover queixas-crime contra os autores das mentiras, calúnias, montagens e difamação junto da Justiça.

Estarei em Bissau assim que tiver um parecer favorável do médico que me tem acompanhado.

AS MENTIRAS TÊM PERNAS CURTAS. 

Dtr. ANTERO JOÃO CORREIA"