quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

A vida não acaba se não se discursar na ONU


Aly Silva,

Permita-me louvar em poucas linhas o seu grande trabalho. Para mim, você provou que os indivíduos devem adquirir competências, recursos, obrigações, comportamentos essenciais à manutenção da sociedade em vez de fazer golpes. Em outras palavras, o seu trabalho é benéfico para a sociedade como um todo, uma vez que os que não gostam do seu blogue são a minoria que hoje ocupam os melhores lugares (Golpistas).

Aos Politiquinhos e Militares GOLPISTAS:

Como bom filho desta terra e que pensa que a Guiné é um pais que já merece a outra parte da MOEDA.

Quero dar pequena lição da filosofia aos POLITIQUINHOS e MILICIANOS (militares)
Hoje somos pribidos de manifestar a nossa mágua sobre o 12 de Abril mais ao contrario do ano passado em que os nossos miltares (milicias) garantiram a segurança e proteção de um grupinho de fazer marchas, marchas mesmo não importando com o trafico na via publica. Quantas marchas foram feitas, hoje 99% dos que estavam atras dos POLIQUINHOS os seus filhos estão em casa a espera do levantamento de greve dos professores. Hoje todos estes POLITIQUINHOS são Vice-Presidente, Procurador geral, Ministros, Directores gerais. E agora os encarregados de educação que perderam dias atrás destes POLITIQUINHOS fazendo marchas, marchas, e mais marchas. A vida não acaba se não se discursar na ONU.

Eu, o Aly Silva, os bons filhos desta terra as nossas vidas estão entregues a Deus. Quero definir para os POLITIQUINHOS e MILICIANOS (militares) DIREITOS HUMANOS (proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1948). O valor absoluto ou dignidade da pessoa humana converte-se em fonte de direitos a que se convencionou.

DIREITOS HUMANOS tem três gerações.

1ª GERAÇÃO: OS DIREITOS DA LIBERDADE

Nesta fase dá-se a conquista das liberdades individuais e dos direitos de participação política, reivindicações na sua luta contra as monarquias absolutas: direito à vida e à integridade física; liberdade de pensamento e de expressão (12 de Abril-2012)

2ª GERAÇÃO: OS DIREITOS DA IGUALDADE

Nesta fase desenvolvem-se os direitos económicos, sociais e culturais, ou seja, o direito à educação (Greve nas escolas publicas), e à assistência sanitária, à protecção contra o desemprego, a um salário digno.

3ª GERAÇÃO: OS DIREITOS DA SOLIDARIEDADE

O cumprimento dos direitos de solidariedade exige um trabalho conjunto da comunidade internacional(A CEDEAO sozinha não pode) para lutar contra condições adversas: a falta de recursos, a deterioração do pais desde o 12 de Abril.

Golpistas pensam a Guiné, e no amanhã dos vossos filhos. É melhor fazer pouco e bem, do que muito e mal. A verdade não está com os homens, mas entre os homens (porta-voz do governo de CEDEAO); Quem melhor conhece a verdade é mais capaz de mentir (porta-voz dos Golpistas); Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos.(Lider dos Golpistas).

Viva a Democracia,
Serifo Djalo