sábado, 31 de Dezembro de 2011

Brincadeira de (muito) mau gosto

Num momento em que Bissau esta como que sitiada, disparar tiros para celebrar a passagem de ano foi de muito mau gosto. Dezenas de tiros - de pistola e de AK 47 - ouviram-se durante alguns minutos na cidade de Bissau. Eu, e todos os que ouviram os tiros, nao gostamos. E fica aqui registado.

E quem disparou mesmo? Imaginem...

Feliz Ano Novo a todos. Antonio Aly Silva

Palhaçada Político/Militar

«Aly,

É normal nesta fase conturbada do pais, aliás, em mais uma fase conturbada, haja opinioes de várias sensibilidades com o único intuito de encontrar respostas - se é que ela vai ser encontrada - uma vez que, nas inúmeras situaçoes anteriores e apesar dos prometidos inquéritos tudo desembocou em nada e, o povo, o principal interessado nesta explicaçao nao foi tido nem achado. Curiosamente, e apesar dos prevaricadores serem sempre os mesmos e conhecidos por todos, o que se vê, no final de tudo isso, sao promoçoes dos mesmos a altas patentes, servindo, como estímulo a mais situaçoes como as que acabamos infelizmente de assistir.

Se todos os inquéritos levados acabo pelas entidades competentes resultaram deliberadamente inconclusivos ou pouco credíveis, então, uma pergunta faz sentido: A quem se subordinam esses militares? Em que critérios se devem basear a nomeaçao de um militar a alta patente? Ou seja, o que é que um militar deve ter, como relevante, para ser incluido no lote dos possiveis promovidos? Quem tem a competência para os promover? Como podem ver, existem infindáveis perguntas para respostas também sem fim. Mas, a resposta, creio eu, existe na lei magna do país. Assim sendo, alguém deve ser responsabilizado por este estado cíclico de palhaçada.

E, para mim, esta responsabilidade deve ser imputada à pessoa do Senhor Presidente da República e ao Senhor Primeiro Ministro na medida em que são os responsáveis pelas nomeações das altas patentes militares. Por outro lado, parece evidente que o Presidente da República na qualidade de Comandante em Chefe das forças armadas, está a perder controlo da mesma. Isto vê-se pela forma como todos os CEMGFA se apresentam com as suas escoltas, chegando a ser maior em número comparativamente às do próprio PR ou PM.

Estou em crer que se todas as promoções tivessem assentes em critérios que não aqueles que servem outros fins, muitas destas palhaçadas nao teriam acontecido.

Do Primeiro Ministro se espera uma explicação ao país, e, desta vez, não se esperam explicações simplistas como a que nos tem habituado: "... apenas houve um mal entendido entre os militares nos quartéis ". Este tipo de explicações, Sr Primeiro Ministro, são inaceitáveis. O país e o mundo querem acções concretas e s aplicação exemplar da lei e que os culpados sejam entregues à Justiça. E, não bastaria. Seria preciso que a justiça funcionasse! O sr não é o único guineense porquanto, não tendo nada mais a dar ao país, o melhor que se deve fazer é retirar-se!

Quero lembrar-lhe sr Primeiro Ministro que aquando do encerramento do convite da Câmara de Comércio e Industria da Guiné-Bissau aos empresários Portugueses, o Sr apelou ao investimento dos empresários Portugueses na Guiné. Que empresário aceitaria investir num país instável como a Guiné-Bissau?

Sr Primeiro Ministro, é preciso mais do que um simples apelo. O que o país espera de si, é uma coragem política capaz de promover uma ruptura neste status quo. No passado defendi que o país precisa de abrir e fechar um ciclo eleitoral sem interrupçoes por forma a cimentarmos ainda mais a nossa maturidade democrática. Aqui, devo dizer-lhe sr Primeiro Ministro que estou a ficar desapontado com a sua inércia ou falta de visao política. E porquê? Porque ao aceitar indicar uma pessoa para eventual alto cargo militar e o Presidente conferir-lhe a posse, pese embora nao reunir condiçoes académicas mínimas, os senhores estao, isso sim, a cemear vento para depois, mais tarde, o país colher tempestade! As pessoas nao podem continuar a morrer assim Sr Presidente, Sr Primeiro Ministro!

Em Cabo-Verde duvido que haja um Capitão que não saiba falar o português correctamente. E porque é que isso continua acontecer na Guiné? São estas e outras coisas por isso a escola não tem o devido destaque que merece! Sr Primeiro Ministro, não podia terminar sem antes desejar-lhe felicidades e que o país se encontre no novo ano 2012 que aí está, a paz e a tranquilidade necessárias para que possa desempenhar e resolver os desafios que o mundo e o país espera de si.

Exmo Sr Presidente,

Vossa excelência prometeu na sua tomada de posse que caso fosse necessario, daria sua vida para que certos casos sobejamente conhecido e que envergonham o país fossem esclarecidos. Pessoalmente, creio que nao é preciso ir tao longe pois cada guineense continua válido e com tarefa a desempenhar no processo de recontruçao do país. Ao envez disso, use a sua influência para que deixemos de nos matar pois cada guineense morto gratuitamente, constitue um retrocesso na nossa aspiraçao do desenvolvimente de que o sr tanto se fala.

Concretamente neste último aparato militar, a somar outros tantos, infelizmente nao vejo os principais actores como culpados mas sim, as pessoas que permitiram que essas pessoas ocupassem esses lugares. Ao dizer isso, estou a imputar-lhe a grande parte de responsabilidade por razoes que atrás invoquei. A Guiné possui pessoas capazes e, em relaçao as forças armadas, a soluçao passa em adoptar altos cargos ás pessoas bem preparadas academicamente pois sao menos propensos as influências externas das forças armadas que , quanto a mim, está na base de todas estas situaçoes.

As reformas de que tanto se fala e que depende em grande medida das ajudas internacionais só terá efeito se fizermos a nossa parte, se assumirmos a nossa responsabilidade. Da minha parte nao espantaria se os mesmos subversivos militares voltarem a ocupar os seus anteriores cargos. Entao, como estranhar se algo de semelhante voltasse a acontecer.

Para terminar, desejo-lhe a mais rápida recuperaçao do problema de saúde de que o sr padece e que o novo ano 2012 lhe trague mais garra e energia para melhor puder desempenhar de forma sábia o cargo da mais alta magistratura de que foi incumbido.

Ao país e o povo guineense, agradeço e desejo profundamente que o ano 2011 seja o fim de todos os conflitos internos, e que o novo ano 2012 seja o início de uma convivência fraterna entre todos os imaos. Paz, paz, paz sempre!!

Caro Aly, Saúde é o meu maior desejo para que continue a dar-nos, na Guiné e aqui na diáspora, o privilégio de acompanhar a par e passo tudo o que se passa no nosso país. Tarefa difícil sim, mas quem corre por gosto... aquele abraço.

M.A.L.
»

Tipo a Guiné-Bissau me pertence

«A nossa realidade, o que aconteceu no passado dia 26 não, significa que as pessoas queriam causar grandes danos. Eu acho que não. Pode ser que a população simplesmente não quer ver o que está a acontecer? Será que as pessoas não estão a ver a realidade? Será que a Guiné-Bissau é uma terra de certas pessoas? Se assim for, temos que deixar o Pais e irmos embora daqui.

Como é possível que quase tudo o que funciona normal na Guiné-Bissau pertence a uma única pessoa? Como é possível que para uma empresa ser boa tem que ter a participação dessa pessoa? Então o nosso Pais é democrático ou não? Então vamos mudar a nossa constituição, assim seria mais fácil. Porque e que não deixam as outras pessoas também trabalhar na terra natal, tem que estar no estrangeiro, por quê?

Que tipo de líder pensa assim... ’tudo só para mim’- todos estão a dar culpa nas pessoas que tentaram, ou, que organizaram o que aconteceu no dia 26... mas talvez não são essas pessoas os gatunos da história...talvez o que queriam fazer não fosse isso...talvez alguém aproveitou dessa ocasião para mostrar que ele era que nem um santo, o ideal ... talvez não estejamos a ver o verdadeiro lado dessa história, que, como acho...talvez que só queriam conversar...tirar certas duvidas...

Claro que a população Guineense merece um País estável, um País alegre, um País digno, com respeito, isso não, mas também não podemos cruzar os braços e ver o nosso País que estão a transformar num ‘business-centre’.

M.I.»

Atinadinho

«Aly,

Hoje, tu és o jornalista mais antinado de África, mas não esperes louros por isso...
Como já dizia Villa Lobos, «componho minha obra como quem escreve uma carta à posteridade, sem esperar resposta». Sucesso meu amigo, você merece!!! A História há de te fazer justiça, sabes disso. É triste para essa África que não encontra a paz!
Feliz ano novo, se é que isso é possível, enquanto as pessoas não renovam os seus pensamentos e atitudes.

Engo. E. Matos
Salvador – Bahia – Brasil.
»

Informação que conta

«Oi Aly,

Muito obrigado pelo teu trabalho de infromar nao só aos guineneses, mas a todos os interessados sobre os assuntos da Guiné-Bissau. Admiro muito a tua coragem. Há pouca gente na Guiné-Bissau, diria mesmo até em toda a África com coragem como a tua.

Nem aqueles que estão armados com RPG-7, AK 47 ou coisas semelhantes. Talvez saibam apenas atirar traiçoeiramente para tirar a vida aos outros. Mas tu fazes-nos viver a situação, dia-a-dia, no nosso País. Sei que te ameacam de morte, como tu mesmo dizes, e que a única forma de te silenciar é matar-te.

Creio que ninguém na Guiné- Bissau terá coragem de o fazer. Que Deus te proteja a cada dia, a cada hora, a cada minuto e a cada segundo. Tu és muito importante, pelo menos para nós na Diáspora.

Abracos J.B.
»

Preocupado e triste

«Nem sei o que dizer, tens sido os olhos e os ouvidos de todos os que estão ausentes dessa terra que nos é tão querida, mesmo para alguns dos que SÃO "estrangeiros", como eu, mas que abracei esse País como sendo também meu.

E é por isso que me sinto preocupado e triste pelos recentes acontecimentos, será que nunca mais vão terminar? Será que devemos virar as costas, todos, e abandonar o País, deixando-o às trevas sem qualquer tipo de esperança? Será que ninguém pensa neste Povo, farto de sofrer às mãos dos homens e parece esquecido de Deus?

Amigo, sinceramente, obrigado por relatares o que tens observado, tens sido o único de uma forma realista, embora apaixonada, a dizê-lo. A falares da tua terra, que também é um pouco minha. Desejo sinceramente que o próximo ano te traga tudo de bom, assim como para a nossa querida Guine-Bissau, pelo menos uma Paz duradoura.

Um forte abraço
MC.
»

Bissau, 18 graus

Bissau adormeceu calma e fria, e acordou ainda mais fria, embora tensa. Ha tensão em cada rosto e desconfiança em cada chiar de pneus ou numa rotação de motor mais acentuada. O nosso eterno problema: ninguém confia em ninguém, por mais que digam o contrário.

Eu estou bem, não temo nada porque nada devo temer. Nunca matei ou conspirei para matar quem quer que fosse; nunca alinhei nem nunca participei em nenhum golpe de Estado - condenei todos. E condená-los-ei sempre!

Nunca traí - nem em relacionamentos! - nem nunca traírei. Comigo, será sempre oito ou...oitocentos. Pouco me importa o que pensam outros. Sou feliz como sou, sorrio quando quero e me apetece, vivo de maneira espartana e estou bem assim.

Bissau, nome de mulher, ofegante e quente, com todas as suas curvas, está fria, mas continua bonita, elegante, charmosa. Bissau não se compara, sinuosa como os rios que a cercaram em tempos, velha como a ponte elevadiça que lhe tolheu um dia, faz tempo, a designação de ilha - que a deixaria ainda mais charmosa!

Feliz Ano Novo a todos os guineenses e aos amigos da Guiné-Bissau.

António Aly Silva

Feliz ano novo!

«Boa noite, Aly!
Certamente este não será momento de elogio. Tenho a certeza que o nosso passado, o nosso presente e o nosso futuro, saberá reconhecer o teu árduo trabalho ao prol deste povo sofredor, com as letras maiúsculas. Senti o sabor amargo desta tensão e o sabor envenenado da morte, que dia e noite nos transmites, neste último acontecimento do dia 26 de Dezembro.
A única palavra que tenho a dizer é RESPEITO! Respeito a tua coragem, respeito a tua profissão e definitivamente tenho mais admiração por tudo o quanto escreve. Tenho-te visto em Bissau durante estes dias, com um perfil próprio e singular.
Avante Irmão, Deus será o teu refúgio e a tua protecção. Confia Nele, Ele é o Pai e o Todo-poderoso!
Obrigado Irmão!
Até então não tenho a oportunidade de cumprimentar-te.
»
--------------
«Muito obrigado pelo o que tens feito
Que Deus lhe proteja o que eles querem "é misti mata td djintis ku ta conta eles bardade e td djintis ku ka medi eles pa é pudi fica a vontade"

Mas Deus é Maior e que Ele esteja contigo Ticha.
Abraço
»
-------------
«Aly,
Cuida-te muito, muito, muito. A insónia e a dor estao na fase ascendente, por toda a conjuntura e porque também eis a minha preocupaçao, por favor cuida-te.
Beijos
S.P.T.
»
-------------
«Aly
Hola!!!!! Paisano!!!!!, gracias por ternos imformados de la situación del pais, mas una vez te agradesco por tu lavor y corragen. Feliz navidad y próspero año nuevo, quí deus te bendiga en la vida, un saludo de my parte.
F. E.
»
--------------
«Aly
Tenho estado a seguir os ultimos acontecimentos atravéz do teu blog....... que coisa, mas entao é verdade que a nossa Guiné tem "mufuneza" e parece nao querer acabar. QUE TRISTEZA!! Bem apesar de tudo queria-te desejar Boas Festas juntamente à tua Familia e amigos.
Esperamos que o proximo ano traga a esses malucos guerrafundaios a possibilidade de poder utilizar a cabeça antes de fazer os diaparates que infelizmente teem caraterizado a guine ultimamente. E que Bissau volte a ser a cidade onde se vivia em paz apesar das dificuldades e onde todos faziam parte de uma grande familia.
Bom 2012!!! Beijocas.
P. V.
»

sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

EXCLUSIVO: Fornecimento de combustivel para esta crise que comecou no dia 26, custou ja ao erario publico 35 milhoes de fcfa (a Petromar devia era estar cotada na Bolsa de Nova Iorque...) AAS

ULTIMA HORA: Franca e Espanha nao 'engolem' a versao governamental de 'tentativa de alteracao da ordem constitucional'. N'bom, kussas patchari! Oposicao (15 partidos) acusaram hoje o Governo, em comunicado, de "eliminacao de adversarios politicos". Bissau esta calma tirando o facto de, agora, os militares montarem barricadas com arvores...que os proprios abatem! Este final de ano promete... AAS

Nunca vi punheta igual: afinal, era o director-geral da Radiodifusao Nacional da Guine-Bissau ou o correspondente da RDP-Africa quem entrevistou o primeiro-ministro? Da nisto, quando incompetentes pegam no microfone. Mais: como pode alguem ser director-geral de uma radio estatal...e ao mesmo tempo correspondente de outra radio - estatal - estrangeira??? Tenham vergonha: o Califa, a RDN e a RDP Africa!!! O que realmente interessava NAO foi colocado ao primeiro-ministro!!! AAS

ULTIMA HORA: 55 pessoas estao detidas, repartidas por 3 unidades militares e uma civil: Marinha de guerra (29 detidos), base aerea (24 detidos), quartel de Mansoa (1 detido - Bubo Na Tchuto) e Policia Judiciaria (Marcelino Cabral - Djoi). Por este andar, o fim-de-ano sera...una mierda! AAS

ULTIMA HORA: Vladimir Lenin, o policia de Intervencao Rapida que foi baleado e morreu em Dakar, foi hoje a enterrar. AAS

Nao se preocupem: kussas intchin kalca kum!!! Abraco a todos e desejo um feliz ano de 2012 - sem inventonas, sem intentonas, sem assassinatos e sem mentiras!!! AAS

quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

Bissau, 96 horas

Sim, isso mesmo que leram. Quase quatro dias depois de uma suposta sublevacao nas casernas, Bissau ainda guarda o medo. O medo desta noite, da noite de amanha e de outra noites.

Ha avenidas que ainda sao cortadas a noite, ruas ainda mais escuras. No entanto, as declaracoes parecem unanimes, quer falemos do Governo, quer da classe castrense, quer ainda das organizacoes internacionais: "a situacao esta controlada". Mas nao, nao esta.

Se, por acaso, por mero acaso, estivesse controlada teriamos nos a liberdade de circular livremente por qualquer avenida ou rua; por entre becos e buracos desta cidade. A cidade esta como que sitiada - ainda que um pouco longe disso.

Hoje, apresentaram armas 'apreendidas'. Algumas pessoas ficaram boquiabertas. Eu, nem por isso. As armas que ainda estao por encontrar, serao o triplo, o quintuplo das encontradas. E havia RPG-7, para alem - claro! -, das famosas kalashnikov.

Nao esta controlada porque os que dizem 'controlar' a situacao, nem sabem quantas pessoas procuram muito menos o numero de armas desaparecidas (os paiois nao sao seguros, e estao entregues ao deus dara).

Nao esta controlada, porque estamos ainda longe de nos sentimos seguros (por ex quando circulamos) pois em cada rua ou esquina vive alguem 'importante', com ligacao a este ou aquele bandalho.

Nao esta controlada, sobretudo porque ha dezenas de viaturas com matricula civil a circular com gente armada, inclusive com RPG 7. Andam em taxis, numa operacao de caca ao homem; sabe-se la o que estas noites reservao a cada um de nos...

Estara controlada, isso sim, quando, aqui, impusermos a Justica. Antonio Aly Silva

24 homens estao detidos no quartel da base aerea de Bissau. Bubo Na Tchuto e o unico detido no quartel de Mansoa. AAS

«Estou espantado...» - General António Indjai, Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas

HOMENS E ARMAS

«Até aqui eu não estava preocupado. Mas vendo estas armas que eles tinham escondidas, agora fiquei preocupado porque, se eles tivessem conseguido o que eles estavam a planear, este país hoje em dia estava a ferro e fogo»

TELEFOTO: RTP-ÁFRICA

Bubo Na Tchuto recebeu visita de LGDH, mas não lhe foi permitido falar à imprensa. Queixou-se da falta de condições, e pediu assistência médica. AAS

bubo

Imagem: RTP-África

Banco Mundial (Região África), reage atravês do seu vice-presidente, Obiageli K. Ezekwesili

O Banco Mundial partilha a grave preocupação, já exprimida por outros amigos da Guiné-Bissau, sobre a situação actual do pais. O relatório “sobre o Desenvolvimento Mundial 2011 “, intitulado Conflitos, Segurança e Desenvolvimento - e também a própria experiência da Guiné-Bissau durante décadas - mostra como a insegurança interrompe o desenvolvimento e retém os países em ciclos de violência, que tem consequências devastadoras para os cidadões, inclusive a juventude, as mulheres e as crianças.

Apelamos a todos os lideres para que eles resolvam suas diferenças em paz e que renovem seus esforços para a construção de instituições de governança fortes e credíveis, que dêem prioridade ao direito fundamental dos cidadões a terem oportunidades económicas, por exemplo, através de melhores serviços de educação e saúde, e postos de trabalho, diz Obiageli Ezekwesili, Vice-Presidente do Banco Mundial para África.

A crise actual põe em risco muitas coisas. Nos dois últimos anos, o país teve um crescimento económico significante; obteve perdão de dívidas; e adoptou uma estratégia que poderia tirar da pobreza milhares de pessoas durante a próxima década.

O Banco Mundial continua fortemente envolvido em suportar o desenvolvimento económico da Guiné-Bissau, e portanto encoraja todos os líderes e cidadões a respeitar a constituição e a lei. Estamos ansiosos por ver uma solução rápida aos distúrbios actuais para que a nação possa continuar a trabalhar para um futuro com paz, estabilidade e prosperidade.

Comunicado em inglês

Statement of the World Bank Vice-President for the Africa Region, Obiageli K. Ezekwesili, on the latest developments in Guinea-Bissau. The World Bank shares the grave concern, already expressed by other friends of Guinea Bissau, about the current situation in the country. The 2011 World Development Report on Conflict, Security and Development—and indeed Guinea Bissau's own experience over decades—shows how insecurity disrupts development and traps countries in cycles of violence, with devastating consequences for generations of citizens, including young people, women and children.

“We call on all leaders to peacefully resolve their differences, and to renew their effort to build strong and credible institutions of governance that put first the fundamental need of citizens for improved economic opportunity, for example, through better education and health services, and jobs.” said Obiageli Ezekwesili, World Bank Vice President for Africa.

The current crisis puts a lot at stake. Over the last two years, the country began an economic turnaround, received international debt relief, and adopted a strategy that could lift thousands out of poverty over the next decade.

The World Bank remains strongly committed to supporting the economic development of Guinea Bissau, and therefore encourages all leaders and citizens to respect the constitution and the rule of law. We look forward to a speedy resolution of the unrest so that the nation can continue working toward an inclusive, peaceful, stable and prosperous future.

EMGFA chama imprensa para acompanhar operacao de recuperacao de armas roubadas no paiol do exercito. Entretanto, um militar afecto a marinha, revelou que, caso o golpe tivesse vingado, Watna na Lai seria CEMGFA, e Roberto Cacheu (ainda a monte) seria primeiro-ministro. AAS

EXCLUSIVO: Pelo menos duas dezenas de militares estao detidos nos calaboucos da Marinha de Guerra. Pertencem aos fuzileiros. AAS

Oposição democrática não acredita na versão 'tentativa' e acusa Angola de ingerência

Os 15 partidos da oposição na Guiné-Bissau acusaram a missão angolana presente no país de ingerência nos assuntos internos. A oposição estranha a ocorrência de um golpe dias depois do regresso do primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior de uma visita a Angola e sobretudo a forma como foi dada protecção ao chefe do governo, na madrugada de segunda para terça-feira.

No decurso de um alegado golpe, uma coluna de soldados angolanos levou o primeiro-ministro para a embaixada de Angola. A missão militar angolana tem duas centenas de soldados em Bissau, no âmbito de um acordo da CPLP que visa treinar as forças de segurança guineenses.

Falando numa conferência de imprensa em Bissau, em nome dos diferentes partidos, os partidos da oposição democrática consideraram de "ilegal" a presença da força angolana: "Dois dias após o regresso do primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior, de uma visita relâmpago ao Presidente José Eduardo dos Santos, dá-se de novo a encenação de um golpe de Estado", disseram.

Segundo as autoridades guineenses, na segunda-feira ocorreu uma tentativa de "subversão" militar, com um tiroteio junto a um paiol. Seguiu-se uma vaga de prisões, incluindo de altas patentes militares e deputados do PAIGC, sendo incerto o número de detidos. Na resistência às prisões, ficou gravemente ferido um polícia, que foi evacuado para Dakar vindo a falecer no passado dia 27.

Entre os detidos estão o chefe da marinha, Bubo Na Tchuto, e o número dois do exército, Cletche Na Ghana, além de um dos militares mais poderosos do país, o general Watna na Laie. São todos balantas. A estancar a rebelião esteve em foco chefe do estado-maior, general António Indjai. DN/AAS

ÚLTIMA HORA: O comunicado da Presidência da República

.

.

ÚLTIMA HORA: Bubo Na Tchuto sai da prisão do quartel de Mansoa «se os outros prisioneiros forem também libertados». AAS

Liga Guineense dos direitos humanos confirma versão do DC: «Major Iaia Dabó foi abatido friamente pela Polícia de Intervenção Rápida». AAS

Marcelino Cabral (Djoi), está ainda detido nos calabouços da Polícia Judiciária, e até hoje os militares não pediram a sua custódia. AAS

PAIGC: Bureau Politico propos ao Comite Central a realizacao do Congresso do partido de 25 a 28 de julho, na cidade de Cacheu. AAS

ULTIMA HORA: Bubo Na Tchuto continua preso no quarte de Mansoa, mas fala-se nos meandros politicos e militares, da sua libertacao. AAS

Iaia Dabo foi sepultado ontem, na sua aldeia, perto da cidade de Farim, como era seu desejo. AAS

ULTIMA HORA: Estado-Maior General das Forcas Armadas recuperou grande quantidade de municoes. AAS

quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

PAIOIS VAZIOS? Uniao Africana pode vir a fornecer armamento e municoes para as forcas armadas e de seguranca, e outros meios operacionais. AAS

Ministro da Defesa, Baciro Dja, descarta a vinda de forcas militares estrangeiras para a Guine-Bissau. AAS

Anatomia de um dia anormal (mente) mau

golps 26.2

FOTOS: António Aly Silva - Todos os direitos reservados

NA HORA: Militares voltam a cortar circulacao automovel e pedonal na avenida onde mora o primeiro-ministro, Carlos Gomes JR. A calma mantem-se na cidade. AAS

ULTIMA HORA: Primeiro-Ministro, Carlos Gomes Jr., chega a sede do PAIGC rodeado de forte aparato policial, e, pela primeira vez, tambem militar. Bissau permanece calma, com muito trafego automovel e pessoas a circular normalmente. AAS

ULTIMA HORA: Jose Camnate, Bispo de Bissau, foi avisado ontem, por telefone, da vontade de Iaia Dabo em entregar-se as autoridades. Liga Direitos Humanos fala em "assassinato" e pede abertura de inquerito e expulsao de agentes que participaram na operacao frente ao ministerio do Interior. PGR diz que sera aberto um inquerito para se apurar sobre o levantamento militar do dia 26. AAS

ULTIMA HORA - Procuram-se: homens, e armas, entre as quais armas pesadas que desapareceram do paiol militar na madrugada do dia 26. Os bairros de Pluba, Antula e Bairro Militar estao sob forte vigilancia. A ordem: nao fazer prisioneiros... AAS

PERGUNTA: Alguém rende-se e de seguida é assassinado? Não entendo, e não posso aceitá-lo! Só um maluco se entregaria, hoje, às autoridades...AAS

Alive! Bissau permanece calma, sem tiros mas com movimentacoes de carrinhas com militares. Continua a caca ao homem. Aos que se preocuparam com a minha seguranca, estou agradecido. A luta continua! AAS

Bom, estou 73.000 francos (pouco mais de 100 euros) mais, digamos que... pobre. Foi quanto gastei em combustivel para o carro, e em creditos para o telemovel nestas trepidantes 48 horas. Para alem da bomba de agua do carro, que ontem, de tanto acelerar atras da tropa, foi-se. Mas eu ca continuo. AAS

terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

Noite longa

Bissau e uma cidade com pouca iluminacao publica. Agora, imaginem como fica quando lhe e imposta a escuridao total. Nao se ve um palmo a frente! As trevas, as profundezas do abismo.

Mas ha boas novas. Nao se ouvem tiros. O ruido que mais se ouve, para quem esteja a caminhar, sao dos geradores. Ou, de alguns aparelhos de ar condicionado. Ha mais de 20 militares na parte da frente da residencia do primeiro-ministro, e, presumo, outros tantos nas traseiras.

Ha militares no cruzamento do clube do SB Benfica, assim como no da antiga Primatura. A residencia do Presidente da Republica, Malam Bacai Sanha, ausente do Pais por motivos de saude, continua entregue ao seu corpo de seguranca. Tambem nas traseiras do quartel da Marinha de Guerra (frente a sede da ONU), existem militares.

O ministerio do Interior, que tomou a lideranca dos acontecimentos logo a seguir, esta cercada pela Policia de Intervencao Rapida e por alguns elementos da seguranca do Estado. Alias, uns minutinhos antes da morte do Iaia Dabo, cumprimentei o seu director, Lino Lopes, que na altura falava ao telefone, nao no ministerio do Interior, mas no comissariado da Policia de Ordem Publica. Veio ate a janela do carro e cumprimentamo-nos, trocando palavras breves.

Hoje ja crepitam pequenos fogareiros. Junto a sede da Policia Judiciaria, prepara-se o warga (cha tradicional). Os guardas contam-se historias que nem supunham! La esta - o boato, o nosso pior pesadelo. Alguns falam como se tivessem assistido ao vivo...

O HN Simao Mendes esta tambem calmo. Nao ha novos 'fregueses'. So gostava que continuasse tudo assim, como esta agora, calmo, sereno, contudo escuro. O breu total. Bissau assusta nestas alturas. Fui visitar alguem. Conversamos durante umas duas horas. E concordamos com quase tudo. Abriu uma garrafa de champagne, e, deixando-me sem jeito e sem uma unica pinga de sangue, disse-me apenas 'bom trabalho. Tens uma grande capacidade'. Obrigado.

Ha viaturas a circular sem matricula: esta em marcha uma grande operacao para aniquilar algumas bolsas de resistencia. Pelo meno e o que alegam. Veremos. Uma coisa parece clara, e todos concordamos: ha que explicar, e bem, tudo o que estamos a assistir. Antonio Aly Silva

Disseram-me ao telefone para 'nao ir dormir a minha casa' esta noite.. Amanha, espero que digam alguma coisa sobre esta morte... A cidade permanece calma. Uma coisa e certa: Eu (ou alguem por mim) visitaremos a morgue do HN Simao Mendes varias vezes esta noite, e durante toda a madrugada... Boa noite. AAS

EXCLUSIVO: Iaia Dabo foi morto a sangue frio, dentro do carro do Deputado Conduto de Pina. Soube que tinha sido localizado e queria entregar-se as autoridades. Presenciaram o acto o Pr da Liga Luis Manuel Cabral, e Filomeno Cabral. Djoi entregou-se ao fim da tarde. Desconhece-se o paradeiro de Roberto Cacheu. AAS

EXCLUSIVO/ÚLTIMA HORA: DITADURA DO CONSENSO CONFIRMA A MORTE, CAUSADA POR BALAS, DE IAIA DABÓ

iaia dabo morte

FOTOGRAFIA: António Aly Silva, Todos os direitos reservados

ULTIMA HORA: IAIA DABÓ (Irmão do malogrado Baciro Dabó) está morto. Ditadura do Consenso tem as fotos em exclusivo. AAS

ULTIMA HORA: Tiros no ministério do Interior. Há muitos feridos e consta que há pelo menos um morto. AAS

ULTIMA HORA: Estou no ministerio do Interior e ha policias de intervencao a sairem armadas das instalacoes. Ao mesmo tempo, os militares cortaram a avenida da Presidencia da Republica. Uma coisa e certa: ha muita movimentacao de militares e policias do PIR. AAS

ULTIMA HORA: Estou agora na zona do QG e tudo esta calmo. Entretanto, depois dos tiros, os militares que mantem o perimetro de seguranca na zona da residencia do PM, cortaram a circulacao automovel. AAS

ULTIMA HORA: Ouvem-se tiros esporadicos vindos da antiga QG, em Sta. Luzia. AAS

Embaixadas da UE em Bissau condenaram a tentativa de golpe de Estado, dizem confiar no Governo e pediram um inquerito para se apurar as responsabilidades. AAS

Jean Ping, presidente da Comissao da Uniao Africana, esperado esta tarde em Bissau. Entretanto, a perseguicao aos suspeitos de envolvimento no falhado golpe de Estado, continua. AAS

ULTIMA HORA: Residencia do deputado do PAIGC, Roberto Cacheu (cujo paradeiro e desconhecido) foi incendiada esta madrugada. AAS

EXCLUSIVO/ULTIMA HORA: Militares cercam sede ONU e principais embaixadas para evitar entrada de implicados na tentativa de golpe de Estado. Ha implicados ainda a monte. AAS

Bissau, madrugada de 27 de dezembro, terça-feira

Bissau adormece fatigada, menos fria (e falo do tempo). Estou a chegar a casa, depois de umas voltas, hoje muito limitadas pelos acontecimentos que se desenrolaram ontem. Até agora, está tudo calmo, parace até que toda a gente se mudou da capital para o interior. Mas há vultos na noite.

Há vultos como que amontoados, ha murmúrios nesta noite. Quase não circulam carros, e não há, ao contrário de outras noites, fogareiros a crepitar, nem gargalhadas cúmplices e menos ainda namoricos nas esquinas escuras. Mas há vultos nesta madrugada que ainda é uma criança.

Andei por ai, às voltas, e ninguém me importunou. Ninguém se importou sequer com a minha presença. Passei despercebido. Senti o silêncio da cidade, um silêncio que ensurdece. E eu ali às voltas. Devagar até para o meu gosto. Serei invisivel? Não. Apenas não me tomaram como uma ameaça.

Estou já em casa. Apetece-me chorar, gritar a plenos pulmões, gesticular e dizer: chega!, basta! Párem de sobressaltar este povo, esta gente humilde. Tenham vergonha deste povo e deste País que amanhã os vossos filhos e netos herdarão. Boa noite a todos. Antonio Aly Silva

segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011

EXCLUSIVO: Pelo menos um politico (deputado), e um elemento (civil) do Ministerio do Interior, estarao envolvidos na tentativa, abortada, do golpe de Estado. AAS

Dois feridos graves - altas patentes - estão internados em estado crítico no hospital militar. AAS

ÚLTIMA HORA: Existem civis envolvidos na tentativa de golpe de Estado de hoje. AAS

Ditadura do Consenso pulverizou todos os recordes - Visualizações de páginas de hoje (até agora): 19.880... AAS

Baba & Ranho

«Muito obrigado, Aly Silva, por nos ter informado um pouco de tudo o que se passou no nosso País. Que Deus te abençoe nos teus altos e dignos afazeres. Obrigado em nome dos que estão fora do País.
P.C.
»

«Senhor jornalista,

De Portugal, com respeito e admiração pelo trabalho feito, designadamente nesta crise político-militar. Os guineenses merecem um bom jornalista e um futuro sem estas palhaçadas.

Muito bem
Bom Ano.
S.G.
»

«Boa tarde Aly,

Fico-te muito agradecido pelas informações ao minuto que nos tens dado durante o dia de hoje. Espero que tudo se acalme e que descanses tranquilamente até amanhã. Mas, contudo, e apesar de grandes esforços da tua parte, a verdade é que ainda não entendemos nada de nada, porque acho eu que os autores não querem se apresentar as suas intenções para dizer a verdade ao povo. Cumprimentos.

L.S.
»

«Olá Aly,

O meu muito obrigado por nos ter mantido muito bem informado(minuto a minuto) sobre o que se está a passar neste dia em Bissau. Foi um trabalho brilhante, como sempre.
Obrigadíssimo

Abraços
K.A.J.
»

«Sr Aly,

Venho por esta dizer-lhe que você é um grande jornalista e amigo da nossa Guiné-Bissau. Graças a ti e ao teu blog, temos estado a seguir passo a passo o que se està a desenrolar na nossa querida terra. Obrigado por isso e por tudo que tens feito. Vou continuando a abrir sempre o teu blog. Um abraço e força.

Uma guineense longe da Guiné-Bissau
A.L.A.
»

Missao...comprida demais! Estou rebentado, mas sinto-me realizado. Cumpri com a missao de informar, sem olhar a quem. Esperemos que a noite que ai vem seja calma. Este povo merece-o. Abraco todos. Antonio Aly Silva

Filme do dia: Movimentações de militares em Bissau

golpe 2011 2

golpe 2011 1

FOTOS DR AAS

EXCLUSIVO: Pode vir a ser decretado o recolher obrigatorio. AAS

EXCLUSIVO: Bubo Na Tchuto esta detido, e vai neste momento a caminho do quartel de Mansoa. Bissau esta calma, nao ha tiros e a circulacao automovel baixou consideravelmente. Foi-lhe confiscado 170.000 fcfa, mais os seus haveres. AAS

ULTIMA HORA: PM esta a salvo, e guardado pelos militares. CEMGFA Antonio Indjai controla a situacao a partir do quartel dos para-comandos, ao lado da Forca Aerea. AAS

General Watna Na Lai foi ferido com gravidade, e encontra-se em estado critico. AAS

ULTIMA HORA: Primeiro-Ministro estara sob custodia dos militares. Ja a seguir no DC: foram prender o Cancan as 6.30/7.00h...mas levaram por engano um seu vizinho. AAS

EXCLUSIVO: Baciro Dja, Ministro da Defesa, ao Ditadura do Consenso: "vamos ter agora uma reuniao com os militares no antigo QG. AAS

Cortejo de 6 viaturas cheias de militares ruma ao antigo- EMGFA no QG. Ouvem-se pela primeira vez sirenes de ambulancias. AAS

Militares cortam a estrada na avenida onde mora o Primeiro-Ministro. AAS

Bubo Na Tchuto esta detido, assim como o Chefe do Estado-Maior do Exercito. Antonio Indjai controla a situacao. Paradeiro do PM continua desconhecido. AAS

Ouviram-se agora dois tiros de pistola Makharov na direccao do Estado-Maior. AAS

Bubo Na Tchuto estara sob custodia dos militares. AAS

Augusto Mario (capacete de ferro), Chefe do Estado Maior do Exercito, foi detido num taxi, retiraram-lhe a farda e conduziram-no para o Forte D'Amura. Ha varias detencoes de militares. AAS

EXCLUSIVO: Pela primeira vez, hoje, militares juntam-se a Policia de Intervencao Rapida e cercam a residencia do Primeiro-Ministro. AAS

Antigo QG tera sido recuperado pelos militares do quartel de Mansoa. Houve tiros de intimidacao. Um coronel tera sido ferido e encontra-se no hospital Simao Mendes. Entretanto, tudo permanece calmo no quartel da Base Aerea. AAS

Paradeiro do PM continua desconhecido. Militares enchem quartel da Base Aerea, onde estara o CEMGFA, Antonio Indjai. Bubo Na Tchuto permanece na Marinha de Guerra. AAS

DC a seguir caravana de 3 viaturas do EMGFA, entre eles o do CEMGFA. Acabam de dar entrada no quartel da Base Aerea. Terao ido buscar o Antonio Indjai para fazer uma declaracao ao Pais. AAS

Na Presidencia tudo calmo; no Ministerio do Interior, tambem. Militares continuam a ser vistos apenas nas areas dos quarteis. AAS

Antigo Quartel-General esta cercado quer por militares quer por policias, de kalashnikov em riste. AAS

Primeiro-Ministro estara no quartel da MISSANG. Situacao esta calma. Bubo diz desconhecer a situacao. AAS

Residencia PM guardado por varios elementos do corpo de intervencao rapida (PIR). Paradeiro do PM e desconhecido. Bubo Na Tchuto esta no quartel da Marinha de Guerra. AAS

Bissau acordou soalheira, mas estranha. E sobretudo confusa. AAS

domingo, 25 de Dezembro de 2011

ANGOLA: Brutalidade policial mata cidadão guineense

"Caro Aly,

É duro ser-se Guineense, principalmente porque a nossa diplomacia há muito que vem se prostituindo. Pode-se deixar a nacionalidade Guineense de lado mais é impossível despir-se do sentimento de Guineense, principalmente se vivemos e crescemos no Pilum Colon. Quem cresceu e viveu neste meio tem apenas um sentimento - o de ser Guineense. Não foi e acredito ainda não é importante a cor de pele, a origem étnica, a profissão dos pais e a religião, sempre os mais velhos defenderam os mais novos, a mãe de um era a mãe de todos e quem vem de um bairro alheio tem que ter cuidado se não leva e das boas. Esta introdução é uma mistura de saudade, de tristeza, de raiva e de revolta ao mesmo tempo.

molo fati 3

molo fati 2

No dia 2 de Dezembro de 2011, um cidadão Guineense (mais um) de nome Môro Fati, nascido no dia 11 de Janeiro de 1990, na vila de Sedjo Mandinga, sector de Pirada, Região de Gabu, Guiné-Bissau, tinha acabado de chegar (o carimbo da entrada é de 9-9-2011) às terras angolanas, na vã tentativa de procurar honestamente trabalhar, sobreviver e ajudar os que não tiveram a sorte (se é que existe sorte nisso) de conseguir rumar além mar.

Tinha acabado de instalar-se, e com a ajuda de alguns familiares e amigos conseguiu emprego numa pequena cantina do fundo de quintal, propriedade de um senhor da Guiné-Conacry, o qual nesta altura não estava e o segundo empregado tinha-se ausentado por alguns minutos. Eram 15 horas da tarde. A polícia do bairro de Cassenda (arredores de Luanda) perseguia um gatuno angolano, que, vendo-se cercado pela polícia decide procurar refugio na cantina onde trabalhava o pobre de Môro.

A polícia entrou na cantina de uma forma selvática dando porrada ao bandido e a quem estava na mercearia, enquanto a proprietária do prédio (que alugou o espaço para o patrão de Moro) gritava que o Moro não era bandido, na vã tentativa de o salvar. Não sei se bateram no gatuno como fizeram com o trabalhador honesto. Percebendo-se que tinham acabado de destruir mais uma vida, os próprios polícias mandaram levar o Môro ao hospital (apenas para terem o cunho medico de um trabalho bem feito, é lógico) onde ele viria a ser pronunciado morto.

Os familiares deste malogrado (não sei se são familiares de verdade ou apenas conhecidos nesta odisseia que é a imigração) vivem nos bairros pobres de Luanda, e têm procurado evitar qualquer contacto, inclusive de angolanos, que querem apenas ajudar, com medo da represália polícial. Por esta razão e mais outras.

Esta história é para denunciarmos esta brutalidade para com um irmão, cujo único crime foi ter nascido num País chamado Guiné-Bissau e que por ser governado pelos políticos que tivemos até aqui só nos deu dissabores. É uma vergonha.
"

sábado, 24 de Dezembro de 2011

'LANCHA VOADORA': José Maria Neves sob pressão

A prisão preventiva do presidente da Bolsa de Cabo Verde, Veríssimo Pinto, aumentou a pressão sobre o primeiro-ministro José Maria Neves no caso ‘Lancha Voadora’, que envolve tráfico de droga e branqueamento de capitais. Em causa está a substituição de Veríssimo na Bolsa e o facto de ele acumular o cargo público com um negócio de venda de carros de luxo ao governo.

Após Veríssimo Pinto e mais quatro suspeitos a quem foi aplicada a prisão preventiva recolherem à cadeia de São Martinho, na Praia, foram reveladas as identificações dos restantes suspeitos. Trata-se dos empresários António Semedo (Totony) e Luís Ortet, mais Ivone Semedo e Ernestina Pereira (Nichinha), mãe e irmã do arguido Paulo Pereira, apontado como cabecilha da rede de tráfico de droga e preso logo a seguir à apreensão de 1,5 toneladas de cocaína, em 8 de Outubro. Estão ainda em prisão preventiva Quirino Manuel dos Santos e Carlos Gil Gomes Silva.

cabo verde

Dos sete detidos esta semana, ficaram sujeitos à medida de termo de identidade e residência os suspeitos José Júnior Gonçalves (Djoy) e Jacinto Mariano. Segundo o jornal ‘Liberal’, da Praia, as diferentes decisões do juiz têm a ver com "provas documentais".

Cada vez maior é a pressão sobre o primeiro-ministro José Maria Neves. O patrão da Bolsa, Veríssimo Pinto, suspeito de branqueamento de capitais, acumulava o cargo com funções de sócio-gerente da Auto Center SA, representante da BMW em Cabo Verde e vendedora de muitas viaturas oficiais. AAS

Excitações

ENCARNADOS MARCADOS

O director-geral do Centro de Formação e Treino do Seixal, Armando Jorge Carneiro, considera que as reacções da visita dos juniores à Guiné-Bissau, para disputar dois jogos de exibição, foram a prova de que «o Benfica pode crescer muito nos próximos 10 anos». Em declarações a A BOLA, Armando Jorge Carneiro afirma que a «intensidade emocional» no contacto com os benfiquistas da Guiné foi o que mais marcou a comitiva, que incluiu Chalana e José Henrique.

«Marcou-nos o mar de gente que nos acompanhou sempre em diferentes locais. Nunca esperei ver tantos benfiquistas na Guiné. Penso que, em Portugal, não temos a noção exacta do número e paixão dos benfiquistas em África. Chalana confessou-me que foi a muitos sítios e nunca tinha visto uma loucura tão grande pelo Benfica como na Guiné», começou por dizer o director-geral do Centro de Formação e Treino do Seixal, que deu um exemplo para ilustrar o sentimento dos guineenses:

«As solicitações foram tantas que nos tivemos de dividir. Um grupo queria que visitássemos Gabu, cidade a cerca de 200 quilómetros de Bissau. As forças armadas disponibilizaram transporte e o Chalana foi à cidade. Ficou impressionado quando a cerca de três quilómetros de Gabu viu milhares de benfiquistas, num lado e noutro da rua, muitos a chorar, outros a gritar, outros com tarjas de boas-vindas. Imensos jovens, alguns até com tatuagens do Benfica. Sabiam tudo do Benfica.»

MILITARES E OS FUNDOS

O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, disse em Luanda, que a República da Guiné-Bissau necessita de um fundo aproximado de 43 milhões de dólares norte-americanos para o processo de desmobilização militar. O ministro avançou tal informação à imprensa momentos depois de apresentar cumprimentos de despedida ao primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, no final da visita de trabalho de 24 horas que efectuou a Angola, a convite do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos.

“Fomos informados pelo primeiro-ministro Carlos Júnior, que a Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDAO), um dos principais parceiros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), vai disponibilizar um montante de 23 milhões de dólares para o fundo de pensões e desmobilização dos efectivos militares”, afirmou.

CONVITES

O Primeiro-ministro guineense, Carlos Gomes Júnior, convidou os empresários portugueses a investirem na Guiné-Bissau, com o intuito de alargarem o contexto económico do mercado português, que está em crise. A iniciativa foi lançada pela Câmara de Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços, que durou toda a passada semana e terminou a 14 de Dezembro. No fórum, participaram 12 portugueses do panorama empresarial.

A Guiné-Bissau está inserida num mercado sub-regional, podendo servir de «entreposto» de empresas e produtos para o restante continente africano, dado que o país está a atravessar um momento de estabilidade política e económica. Segundo a ministra da Economia guineense, Helena Embaló, em 2010, as trocas comerciais entre Portugal e Guiné-Bissau atingiram um volume de cerca de 38 milhões de dólares.

Como exemplo das boas relações que ambos os países mantêm ao nível comercial, há mais de 25 anos, Carlos Gomes Júnior deu o exemplo da Petrogal, empresa portuguesa de distribuição de combustíveis e lubrificantes, que actua no mercado lusófono.

RELAÇÕES COM IMPULSO

A cooperação entre as Repúblicas de Angola e da Guiné-Bissau terá um maior impulso a partir de Janeiro de 2012, com a ida a Bissau de uma missão angolana que vai implementar intercâmbios económicos, informou hoje em Luanda o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti. O ministro falava à imprensa, momentos depois de apresentar cumprimentos de despedida ao primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, que terminou uma visita de trabalho de 24 horas, a convite do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos santos.

“A cooperação com a Guiné-Bissau vai ter um maior impulso em Janeiro de 2012, altura em que uma missão de Angola irá para Bissau para implementar alguns aspectos do intercâmbio económico em aspectos específicos como por exemplo a exploração de bauxite” (consiste no principal minério de alumínio, constituído por uma mistura de óxidos de alumínio hidratado e alterite aluminosa), disse.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO DE 2012 - SÃO OS VOTOS DO EDITOR DO DITADURA DO CONSENSO, António Aly Silva

sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011

VERGONHA NATALÍCIA: A empresa Bauxite Angola (a famosa), não paga salários há 9(!) meses!!! AAS

Sim, ela: a TAP, pois claro!

"Caros,

Não posso ficar sem exprimir toda a raiva que sinto por de forma recorrente andar meio mundo a dizer o mesmo de sempre sobre a TAP. Mas ela (a TAP) não faz mais do que qualquer um de nós faria nas mesmas circunstâncias, ou seja, numa “época alta” em que as companhias estão completamente pressionadas, esta com a pressão extra de ter que apresentar números que despertem a “gula” dos investidores no processo de privatização, por onde poupar? Ora nem mais, na rota para Bissau, porque é á única que conjuga na perfeição dois requisitos para que tais abusos se perpetuem:

1º Uma população que padece duma inércia e de falta de iniciativa que chaga a ser enervante;

2º Vários governos ao longo dos anos que sempre disseram amém - aqui tenho que “tirar o chapéu” aos do PRS porque foram os únicos que disseram basta à RTP/RDP (que na minha opinião faz pouca falta, na sua forma actual. Mas vem aí a privatização e veremos se o regabofe continua às expensas dos nossos impostos), Telecom, e a própria TAP, não fosse isso ainda não tínhamos operadoras de telemóveis em Bissau, e vejamos que um país que não tinha mercado, passou a ter três operadores, e não consta que nenhuma tenha prejuízos.

Nunca renuncio à minha identidade Guineense, mas devo dizer que não me revejo na passividade da maioria dos guineenses, não seria por isso a TAP que me sujeitaria a tanta falta de respeito, que me lembre viajei com a TAP já há uns bons 7/8 anos para Munique na Alemanha com um tratamento 5 estrelas, mas para África juro que só viajei na TAP de Bissau para Lisboa em 1992, e nunca mais, tive sempre alternativas: TACV, ROYAL AIR MARROC, AIR LUXOR…

Quem se queixa ou é parvo, ou merece o que lhe acontece, A TAP FAZ O QUE FAZ NA SUA ROTA PARA A BISSAU NÃO POR INCOMPETÊNCIA, ALIÁS A TAP RECEBEU ESTE MÊS O PRÉMIO DE MELHOR COMPANHIA AÉREA DA EUROPA, mas sim por desprezo porque é a única rota que reúne as duas condições que referi acima.

No próximo ano, cá estaremos para ver os mesmos que agora insultam a companhia fazerem filas para entrar numa aeronave da mesma, onde terão o mesmo tratamento de sempre, e reagirão da mesma forma, pessoalmente aposto que pelo meio farão o costume: NADA. Para quem aceita sugestões, há mais companhias para além da TAP, o que se poupa em tempo e dinheiro, não compensa:

1º A falta de respeito;
2º O transtorno de fazer umas férias completas sem a bagagem;
3º E mais importante: Contribuir para que a TAP se sinta confortável com este procedimento.

Uma dica: A TAP Mantém esta rota também por razões da sua política externa. Se começa a perder passageiros, será obrigada a reagir para minimizar os danos (Traduzido: se perde passageiros, passa a tratar melhor os poucos que lhe vão restando).

BOAS FESTAS a todos,
M.C
."

quinta-feira, 22 de Dezembro de 2011

PM Carlos Gomes Jr ja esta em Bissau. Conseguiu uma linha de credito de 25 milhoes dolares para parcerias entre empresas angolanas e guineenses. AAS

Cargueiro fretado pela TAP chegou ja a Bissau com muita bagagem a bordo. Leva igualmente para Lisboa toda a bagagem dos tres ultimos voos. Ao menos isso... AAS

Querido líder, nem as garças aguentam nas canelas!

A Coreia do Norte está a registar fenómenos insólitos desde a morte do ‘Querido Líder’, Kim Jong-il, no passado sábado. Segundo escreve a agência oficial KCNA, "até a natureza está de luto pela morte de Kim Jong-Il”, e cita testemunhos de populares que afirmam ter assistido ao "súbito derreter do gelo no lago de Chon", perto do vulcão Monte Paektu, na terra-natal do falecido líder. "O estrondo foi tal que, diz quem viu, parecia fazer tremer o céu e a terra. Toda a montanha ficou coberta por uma misteriosa e brilhante aura", relataram ainda as testemunhas.

No mesmo local, ainda de acordo com a KCNA, "uma tempestade de neve formou-se do nada e, tal como apareceu, desapareceu de repente". Da sua passagem, ficou, inscrita numa rocha, a mensagem: ”Monte Paektu, montanha sagrada da revolução. Kim Jong-il”.

Mas há mais: em Hamhung, no norte do país, uma garça azul foi vista a “vergar-se de dor” aos pés de uma estátua do ‘Querido Líder’. Num país onde o culto do líder confunde o político com o divino, não espanta que aos olhos dos homens até a natureza preste homenagem ao governante.

Ah, ah

«Caro Aly,

Espero que estejas bem. Quero contar-te um acontecimento que se passou comigo, e, proventura poderá servir para o teu blog. Ontem fui apanhado numa operação stop, junto ao aeroporto, por volta das 10,30h (não tendo sido a primeira). Apresentado todos os documentos o agente pediu que o seguisse até à esquadra policia dde transito do Aeroporto. Estranhando, perguntei porquê? Recebi como resposta «estás detido por estares a conduzir com uma carta de condução da Guiné-Bissau».

Pois é meu caro, tenho carta e conduzo em Portugal desde 1978, e sempre me haviam informado que a teria de trocar se aqui fixasse residência ou quando ultrapassase os seis meses de estadia, o que nunca aconteceu. Na esquadra, durante a execução do auto , fui detido por estar a conduzir com carta da Guiné-Bissau e que esta não teria assinado a Convenção de Genebra, e, assim, não tinha nenhum acordo com Portugal. Amigo, detido, levado num carro da policia e acompanhado directamente a tribunal para um julgamento sumário.

Condenado a pagar (constou-me que a multa poderia chegar aos 7.000 euros), ou a fazer trabalho comunitário - pelos vistos é bom ser época do Natal - e não ter sido fim-de-semana, porque teria conhecido o calabouço, visto o Tribunal fechar nesse período. Meu caro, que escolha! Assim, tenho para cumprir 48 horas de trabalho comunitário, e estou inibido de conduzir. Pode ser que este episódio, te possa servir para alertares os Guineenses que costumam conduzir aqui com a nossa carta, e ao Governo pela vergonha que nos faz passar. Um abraço e já agora um bom Natal.
O.A.
»

M/R: Olha se a moda pega! Com tanto que há para limpar... Sufri, nha ermon. Pega tessu na kil dus dias. E, usa luvas!!! AAS

Festa rija na cidade da Praia para comemorar o Dia Municipal do Imigrante

No dia 18 de Dezembro, foi comemorado com brilhantismo o Dia Municipal de Imigrantes, data instituída pela Câmara Municipal da Praia, mediante aprovação da Assembleia Municipal, para homenagear especialmente os imigrantes do município da Praia. 18 de Dezembro não foi escolhido por acaso, mas sim, de maneira a coincidir com o Dia Internacional do Imigrante.Num programa excelentemente elaborado pela edilidade praiense, começou-se com um torneio de futebol entre as equipas das diversas comunidades de imigrantes praienses, tendo saído vencedora a equipa da Nigéria, secundada pela equipa da Guiné-Bissau.

No âmbito das comemorações, foi realizada na Biblioteca Nacional uma palestra subordinada ao tema “O PAPEL DOS IMIGRANTES NO DESENVOLVIMENTO DO PODER LOCAL”, presidida por S. Exa. o Presidente da Câmara Municipal da Praia, Dr. Ulisses Correia e Silva, com brilhante animação na abordagem do tema pelo Dr. Luís Filipe da Universidade Jean Piaget e que contou com a honrosa presença de S. Exa. o Cônsul geral da Guiné-Bissau em Cabo Verde, Dr. Cândido Barbosa.

Um jantar de gala realizado no Hotel Praia-Mar para 450 convidados dos mais diversos sectores sociais praiense e com presença de mais de 300 imigrantes de todos os países radicados na capital, sempre com o patrocínio da edilidade praiense e contou com a suprema e honrosa presença de S. Excelência o Sr. Presidente da República, Dr. Jorge Carlos Fonseca e sua gentil esposa, e que contou ainda com as presenças de altas individualidades nacionais, o corpo diplomático acreditado na Praia, Deputados e Vereadores da Câmara Municipal da Praia, dirigentes das comunidade imigrantes, para além de muitos convidados e, naturalmente, com o anfitrião responsável por esta iniciativa, o edil praiense Dr. Ulisses Correia e Silva.

A Câmara contou com a entusiástica colaboração da Associação dos Guineenses Residentes em abo Verde e da Plataforma das Comunidades Africanas na organização e confecção dos pratos típicos dos diversos países presentes, com desfile de trajes tradicionais africanos e brilhantes actuações de dois grupos musicais, cabendo o encerramento ao Super Mama Djombo da Guiné-Bissau que animou a todos os convidados, tornando o pátio do Hotel Praia-Mar um autêntico encontro das nações.

Ao contrário da noticia publicada segunda-feira no Jornal A Semana “Regabofe restrito de meia dúzia de felizardos escolhidos a dedo”, de “convites à gente fina”, etc., etc. Quem esteve no Hotel Praia-Mar e viu a moldura humana (centenas de pessoas), do mais humilde dos trabalhadores braçais ao Supremo Magistrado da Nação, jamais faria a infeliz análise do “Regabofe restrito a meia dúzia de gente fina”.

O público presente apreciou sobremaneira as homenagens à S. Exa. o Presidente da Câmara Municipal da Praia, Dr. Ulisses Correia e Silva e o Sr. António Valentim Sanca (o imigrante mais antigo da Praia), com a aposição pelo Presidente da Associação dos Guineenses, Eng. Leonel Sambé, de lindos panos confeccionados por artesãos guineenses. As Associações dos Imigrantes presentes louvaram a brilhante e feliz iniciativa da edilidade praiense, com destaque para o seu Presidente Dr. Ulisses Correia e Silva que, com esta iniciativa demonstrou grande sensibilidade no que tange aos problemas que afectam os imigrantes, bem demonstrada na breve alocução de abertura do Jantar de Gala e bem complementada pelo Supremo Magistrado da Nação, Dr. Jorge Carlos Fonseca.

Esperemos que o dia 18 de Dezembro seja extensivo a todos os Municípios de Cabo Verde, pois acreditamos que, no papel de imigrantes, temos dado e continuaremos a dar a nossa modesta contribuição para o desenvolvimento destas ilhas afortunadas, pela excelência do dirigismo dos seus sucessivos e esclarecidos timoneiros.

Obrigado à Câmara Municipal da Praia, obrigado ao Dr. Ulisses Correia e Silva.

BEM HAJAM OS IMIGRANTES!
BEM HAJA À CÂMARA MUNICIPAL DA PRAIA!
BEM HAJA CABO VERDE!

Melhores cumprimentos,
LIONEL LONA SAMBÉ

Mais TAP!

«Desta vez ultrapassaram os limites do razoável. Tiveram o desplante de viajar de Lisboa para Bissau e volta (voo desta madrugada), sabendo de antemão que não levavam bagagens. Isto porque, aparentemente, o avião utilizado não tem capacidade para voar de Lisboa para Bissau e volta sem reabastecer e como a TAP não reabastece em Bissau, a solução foi simplesmente não transportar as bagagens para poupar combustível.

Não tenho adjectivos para classificar esta atitude da TAP, de tão baixa e reles que é. A TAP agiu de má fé, sabendo inclusive que nesta época festiva os passageiros (principalmente de Lisboa para Bissau) transportam inúmeros artigos especialmente destinados à época natalícia e respectivas famílias. Além disso, chegados ao aeroporto de Lisboa, ninguém da TAP surgiu a dar qualquer tipo de explicações (aliás como é comum nesta companhia) deixando esse papel para os operadores da Ground Force.Acontece que os passageiros não pagaram bilhete à Ground Force mas sim à TAP. Espero ansiosamente que em breve a TAP perca o monopólio de Bissau. As pessoas que tomam este tipo de decisões são...RELES e ORDINÁRIAS.
V.S.
»

TAP do Terceiro Mundo: Passageiros do voo TAP desta madrugada chegaram a Lisboa em seguranca...mas sem bagagens!!! Ou seja a TAP anda a gozar com os passageiros! Aviao nao tinha combustivel, e, assim, nao chegou sequer uma bagagem de porao para amostra... AAS

quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

Cabo Verde: Presidente da Bolsa de Valores detido pela Policia Judicaria. Ha suspeitas de trafico de drogas, isto de acordo com documentos apreendidos. No total, foram ja detidas 9 pessoas na operacao denominada 'Lancha Voadora'. AAS

Alto dirigente/Caso de violacao: hospital 'Simao Mendes' recusou fazer exames a menina, mas a clinica 'Artemisa' fe-lo! A UNIOGBIS sabera de tudo, mas permanece calada. Entretanto, Ditadura do Consenso continua em campo... AAS

UE: 1000 milhoes de euros para paises do grupo ACP

A Uniao Europeia acaba de aprovar um pacote de ajudas no valor de 1000 milhoes de euros, destinados aos 36 paises que fazem parte do grupo ACP - Africa, Caraibas e Pacifico.

Tres paises dos PALOP serao beneficiados: Mocambique, Sao Tome e Principe e Guine-Bissau (recebera 5,5 milhoes de euros), bem como um da CPLP - Timor Leste.

As ajudas agora aprovadas pelos eurodeputados visam intervencoes em areas criticas como a mortalidade materno/infantil. Nestes dois casos, a Guine-Bissau tem uma das taxas mais altas do mundo.

NOTA: Tudo isto parece muito bonito, mas sera tragico. Esse dinheiro servira para criar mais corruptos, pois quem 'da' nem sequer e auditado no seu proprio pais. E, assim, por cada euro doado, 60 centimos sao gastos pelos proprios 'doadores'...AAS

Viva: Guineense é Miss CEDEAO

foto

A 25-year-old Guinea Bissauan, Fatoumata Diaraye Diallo, Sunday emerged the winner of Miss Economic Community of West African States (ECOWAS) Peace Pageant, which took place at the Polo Club, Port Harcourt, Rivers State.

Diallo, who contested with tag number 29, won the crown as the most beautiful girl in ECOWAS, after dusting 29 other contestants from 15 countries. With two contestants from Burkina Faso, Cape Verde, Cote D’ivore, Gambia, Ghana, Guinea Bissau, Guinea Conakry, Liberia, Mali, Niger, Nigeria, Senegal Serra Leone and Togo, Dialo said she was overwhelmed that she emerged as the overall winner.


Apart from the overall winner and wearer of the crown, contestant number 28, Miss Sophia Thiam, 19 years old, a citizen of Senegal came first runner up, while a Nigerian, 20-year-old Lafeya Gariga came second
runner up.

Speaking at the occasion, Governor of Rivers State, Mr. Rotimi Amaechi, expressed delight at the turn out of representatives from different countries.


Amaechi said the contest marked the opening of the 2011, Rivers Carnival, which main opening ceremony is scheduled to take place on December 13, at the Carnival Village.

In her massage, the event production Manager, Maxine Menson, said the ECOWAS Peace Pageant was instituted for the promotion of peace and stability in the ECOWAS sub-region and to advance the youth initiative of the ECOWAS commission in Abuja, stressing that with the event of programme, youth would be empowered to better statues.

“We believe that the empowerment of our youth is of vital importance and will eventually leave a lasting mark of peace in our homes, communities and around the globe.”

Menson added that with hosting of the event three times in Rivers State, the State has tremendously experienced a great change as regards to reports of violence, commending Amaechi for his effort to bring peace and stability in the state.
“A few years ago, Rivers State was noted for its instability however, today, we see the positive changes that have taken place and continue to take palace. Thanks to the vision of Governor Amaechi, we see many investors flooding the State due to the improved conditions,” she said.


Meanwhile, one of the participants who said to have come from Ghana, Saviour Aluada, expressed dissatisfaction over the planning of the event, stressing that to achieves its purpose, the event should not be stagnant in a particular country and state but be rotated through the 15 ECOWAS countries. He said that the organisers were yet to produce the aim of organising the contest.

“Basically the whole show has not shown me a demonstration, how the ECOWAS may have created peace among each other. So far all I have seen here is not the best, ECOWAS pageant has been done here three times. It should be distributed into 15 different ECOWAS countries, giving others the opportunity.


“Again the current Miss ECOWAS has not demonstrated any activities being taken, in terms of how they empower the youths in the society, empowering women or visiting homes, like early pregnancies, marriages or even intimidations of less privilege ones,” Aluada stated.

By Muhammad Bello

Tap, tap, tap (a gente bate, bate mas eles estão-se marimbando

«Com fome neste Natal... lá se foi o bolo rei e o bacalhau que o meu irmão supostamente devia receber junto com a mala dele ... mas além dos preços altissimos ... da vergonha do horário ainda mais esta das malas e logo na época em que mais precisamos...

S. P.
»

«Sempre fui e sou um critico do serviço da TAP para Bissau. Pela minha parte já são 3 reclamações que faço, principalmente devido aos atrasos. É inadmissivel a falta de qualidade do serviço de uma companhia com o prestigio da TAP, na linha Lisboa-Bissau, sem esquecer o autentico "roubo" que são os preços praticados nesta mesma linha. No entanto, também não devemos esquecer a falta de civismo de muitos passageiros que se apresentam - principalmente em Lisboa - na hora do embarque com diversas malas de mão (quando sabem perfeitamente que apenas podem levar 1 para o interior da aeronave) e que dessa forma prejudicam todos os outros passageiros que cumprem as regras.

Além disso, o próprio aeroporto de Bissau deveria criar (decerto não é nada complicado) um serviço onde os passageiros podessem recolher as bagagens em atraso e não como se faz actualmente em que esses mesmos passageiros se têm que dirigir ao tapete para fazer a recolha da bagagem em atraso, gerando-se enormes confusões no aeroporto, as quais seriam pefeitamente evitáveis.

V.S.
»

«Está tudo dito, não deixou escapar nada mesmo principalmente os nossos patricios que levam a mala de porão como bagagem de mão ai começa a falta de respeito das hospedeiras da TAP enfim eu neste Domingo saí do aeroporto quase as 5 da manha, porque quando o meu saiu já não tinha espaço para identificar a mala pq os passageiro de ultimos voos já tinham ocupado todo espaço enfim a TAP está a p+recisar de uma boa concorência.

L.P

segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Benfica de Bissau ganha ao SL Benfica por 3 a 1. AAS

Morreu Jose Manuel Mendes Pereira, antigo agente dos servicos de Informacao do Estado. De ataque cardiaco. AAS

SL BENFICA: Festa do futebol - e da lusofonia - em Bissau

slb 1

slb 3

slb 2

slb 4

Parabéns, sr. 1º Ministro. Tenho um presente para si! AAS

LIVRO CADOGO ZAMORA

NOTA: Este livro, estava num caixote de lixo, entre amontoado de papéis, uns rasgados outros chamuscados, sacos plástico e outros despojos. Como o 1º ministro faz anos hoje, este é o meu presente. AAS

ÚLTIMA HORA: TAP convoca conferência de imprensa para as 15h e convidou 'todos os passageiros'. AAS

TAP deixa passageiros em cuecas...

Mais de duas dezenas de pessoas, passageiras da transportadora portuguesa TAP, estão a manifestar-se neste momento junto aos escritórios da companhia, para exigir uma resposta sobre o paradeiro das suas bagagens.

"Estou em Bissau há duas semanas, e ainda não tenho as minhas bagagens", queixa-se uma passageira. Outro, chegado de Timor, está na mesma situação. Não é propriamente uma novidade o eterno 'esquecimento' a que a TAP vota as bagagens dos seus passageiros com destino a Bissau.

Desta vez, e ao que parece - pois no voo desta madrugada voltou a acontecer o mesmo - a 'culpa' foi da comitiva do SL Benfica, com várias toneladas de equipamentos e toda a parafernália que normalmente acompanha uma equipa de futebol profissional.

Para já, ninguém desarma. "A TAP goza connosco, uma das mais rentáveis rotas da companhia em Africa, e com preços incomportáveis para 4 horas de viagem", desabafou um cidadão português, que está na mesma situação. "Até cuecas já tive que comprar", diz, entre sorrisos. AAS

sábado, 17 de Dezembro de 2011

sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011

É Natal, é Natal...«Os homens e os minetes» - Ana Anes escreve, e Miguel Sousa Tavares responde...

Escrevo está crónica em plena quadra natalícia, numa altura em que os homens, coitados, na sua pequenez de vista, acham que nós queremos receber jóias, um casaquito do Cavali, um fim-de-semana numa linda pousada, um microondas para enfiarmos a cabeça lá dentro, etc, etc. Nem estão enganados os pobres. Mas o que nós queríamos mesmo era homens que soubessem fazer um minete “comme il flaut”.

Eu explico. Estas almas penadas vieram ao mundo com um gene que lhes meteu na cabeça que fazer um bom minete é um dado adquirido. Pois vai uma notícia: não é ! E o mais giro é que, perguntando aos desgraçados dos meus amigos, “Ex” e afins (o leque é grande e a probabilidade de acertar quase igual à da EuroSondagem), todos acham que fazem “o” minete. Extraordinário! Mas alguém se lembrou de às respectivas? Não. E todos continuam convencidos de que são os maiores nesta lide particular.Burros!

Ora, da mesma forma que nós grandes falsas – esperneamos, dizemos “aaahhh! sssimm hhuuuummm!! “e nos mexemos “à canal 18” para fingir um orgasmo durante o acto, o mesmo nos estão a meter a cara entre as pernas. Assumindo uma posição tipo “dra Ruth” – é o que chama, no gozo a minha editora-, arrisco dizer que 80 por cento dos homens fazem minetes como os São Bernardo lambem as vitimas perdidas na neve, Lambem, lambem… sem saber porquê e onde. E nós fazemos o nosso papel, para os pobre coitados não ficarem cheios de complexos (de vez em quando, algumas ganham coragem e dizem “querido, não te importas de fazer assim ou assado?”, mas ainda é raro).

Depois, há cerca de dez por cento que têm jeito prà coisa: um potencial elevado para um “minete colibri” – Bate as asinhas e “truca”, acerta no alvo sem grandes lambidelas ou aparato. E, finalmente, vêm os abençoados, que já foram como os anteriores mas entretanto leram livros das especialidade e fazem os “minetes de oiro”- coisa rara nos dias que correm .Mais uma vez os caracteres lixam-me a prosa não as ideias. Mas não é por isso que ficam os senhores leitores sem uma ideia para uma prenda jeitosa para o Natal, daquelas que , uma vez aprendida, é só dar.

Ana Anes
»

...E Miguel Sousa Tavares responde:

«Minha Cara,

Tenho, sinceramente, muita pena de si… Em primeiro lugar, tive a pena de constatar que só se sentiu realizada, ou minimamente realizada, em 20% dos minetes que lhe fizeram. Concordo consigo quando diz que os homens devem perguntar às respectivas se estão contentes com o seu desempenho. Nesse caso, porque é que assume claramente que finge os seus orgasmos? Das duas uma, ou a menina nunca foi “comida” como devia, ou então, coitadinha, não tem mesmo jeitinho nenhum para o sexo.

Nós, homens, também lhe podemos fazer, por exemplo uma estatistica de quantas mulheres são ou não boas na cama. Ou quantas fazem ou não, bons broches. O que nunca lhe vamos poder fazer é fingir um orgasmo. Isto, claro, se conseguir que atinjamos um. Acredite que há muitos homens que perguntam às parceiras se estão contentes com o seu desempenho. E acredite também que a maior parte dos homens não teve que ler um manual para fazer bons minetes. Apenas teve que os fazer, uma e outra e outra vez. Só com treino se consegue melhorar a performance minha cara.

Em segundo lugar, informo-a que, caso ainda nao tenha percebido, o que você está a fazer é, muito simplesmente, a aumentar o número de homens que pratica mau sexo. Você e as mulheres como você. Ora repare: se você finge um orgasmo de cada vez que está com um homem, em primeiro lugar, está a fazer com que o homem acredite que realmente percebe do assunto (Sim, há homens que não percebem). Em segundo lugar, está a fazer com que este mesmo homem, não se esforçe o suficiente para agradar a parceira na relação seguinte. Penso que estamos ambos de acordo, quando digo que uma situação destas não é agradável, nem tão pouco desejável , certo?

O meu conselho, se o quiser aceitar, é: Faça mais sexo!!! A sério, penso que você precisa. Mas faça mais sexo sem fingir orgasmos. Vai ver que a sua vida sexual melhorará exponencialmente, e excusa de se vir queixar para as revistas. É óbvio que nem todos os homens lhe vão dar um orgasmo, ambos sabemos isso. Mas vão tentar, isso, eu garanto…

E já agora. Informo-a também que não é assim tão raro uma mulher pedir ao “querido” para fazer assim ou assado. Não julgue todas as mulheres por si, “Dra. Ruth”.

Um Cordial abraço,
Miguel Sousa Tavares
»

3 – “Testemunho” de Filinto Barros: Maio/88, os lixos industriais

O chamado processo dos lixos industriais na Guiné-Bissau, que tem levantado uma certa polémica nos meios intelectuais internos e externos, nasceu do seguinte modo:

Recebi em audiência a sra. Adamo, natural do Benim, que era portadora dum projecto em termos gerais, com realce para a transformação de resíduos industriais oriundos da Europa e sua utilização como adubos e material de construção.

A proposta pareceu-me estranha, tecnicamente difícil de se realizar (...) desde cedo pressenti que a oferta era algo complexa (...) por experiência e por princípio desconfio de todas as ofertas e sobretudo quando envolvem somas elevadas. Estamos num mundo onde não se oferece nada sem ganhar muito!

De seguida a madame Adamo surgiu acompanhada dum italiano e duma suíça ou francesa. A audiência foi pedida atravês do protocolo da Presidência (...) não gostei do italiano. Puro comerciante, não tinha qualquer conhecimento técnico do produto que estava a vender. As informações que prestava eram superficiais, fruto de dados que lhe foram formnecidos no sentido de nos impressionar. Compreendi que estava a tratar com intermediários, agiotas, cujo único motor era o dinheiro. Estúpidos como sempre, estavam convencidos que os africanos eram todos iguais, portanto bastava umas promessas e pronto! Bom, havia a soma que um país como a Guiné-Bissau não podia deixar passar sem qualquer reacção.

(...) Nunca duvidei que se tratava de material tóxico. A Europa dos privados, a Europa do real, nunca oferece nada sem contrapartida (...) Tivémos várias ofertas e decidi reter duas que me pareceram mais aproveitáveis, não só no preço como nas condições a acordar. Devo dizer que o nível do preço retido era a melhor oferta na altura.

A seguir ao grupo da madame Adamo, veio o grupo do ‘palestiniano’. Trata-se dum libanês introduzido pelo embaixador da OLP. Como sempre é da Presidência que vinham os pedidos de audiência. A perspectiva neste caso era interessante no início, acreditando nas palavras do embaixador, que falava de mais de USD 100/tonelada. Entretanto a oferta do libanês não passava dos USD30/ton e além disso era um intermediário da madame Adamo!

O arquitecto Pierre Goudjabi, aproveitando da circunstância de ser ‘primo’ do Presidente, surgiu como elemento de ligação dum intermediário, sra. Leila, igualmente libanesa. Oferta baixíssima, uma autêntica brincadeira – foi logo rejeitada! Lembro-me da conversa do arquitecto que se mostrou admirado que marxistas estivessem a reivindicar tanto dinheiro! Isso passou-se na presença do ‘Nino’, no seu gabinete. Estupidez! Isso espelha o conceito quje em Dakar tinham de nós, os chamados marxistas de Cabral! O mesmo Guodjabi não desarma e surge desta vez acompanhado dum advogado francês radicado em Dakar. Muito paleio, oferta baixa – não deu para discutir.

Cabevi, Carlos Bernardo Vieira, Muridu, aproveitando igualmente da sua proximidade do Presidente, aparece como elemento de ligação dum grupo português com ligações nos EUA. Dei início às discussões com este grupo. Devo dizer que o grupo tentou secundarizar o Cabevi, substituindo-o pelo coronel (Alfredo) Moura, dos Armazéns do Povo. Assinámos um documento de compromisso com este grupo.

Foram estes os documentos que surgiram na imprensa portuguesa. Houve fuga dos documentos do Ministério e estou convencido que foi através do Adelino Handem, director-geral dos Recursos Hídricos. Basta dizer que a imprensa portuguesa tinha em seu poder os dois documentos assinados com as duas empresas (suíço/italiana e portuguesa/EUA).

(...) É este o conteúdo dos famosos acordos que o nosso amigo Handem colocou nas mãos dos jornalistas e dos esquerdistas de França. Penso que foi uma má atitude da sua parte e tive oportunidade de lhe dizer isso numa reunião e ele não recusou a acusação. Digo que pouco sério da sua parte, dado que desde o início ele foi envolvido como técnico dos recursos hídricos para supervisionar aqueles que iriam acompanhar os técnicos do laboratório VERITAS.

(...) Sabia que de técnico o Adelino Handem tinha muito pouco mas era ele o director-geral e não devíamos contorná-lo. Estupidamente, dominado pelo meio pedantista que frequentava, acabou por fornecer cópias dos contratos ao exterior. O secretismo da operação não era grande e não lhe foi difícil ter acesso pela simples razão de lhe ter sido facultado uma cópia do documento.

Podia tê-lo denunciado ao regime mas preferi não o fazer porque sabia que a reacção dos outros seria como sempre violenta. Preferi não dizer nada aos meus colegas do Partido.

(...) O Presidente ‘Nino’, é bom afirmá-lo, procedeu duma forma brilhante, pelo menos em termos formais. Remeteu todos os grupos que lhe surgiam trazidos por gente próxima dele e jamais interferiu nos nossos trabalhos. Pelo contrário, mostrou-se sempre apreensivo com as consequências da toxidade. É certo que o ‘Nino’ é muito inteligente e sabendo dos perigos, sobretudo do impacto político bastante negativo, era capaz de estar a fingir, procurando um bode expiatório. Ele não só tinha capacidade para estas manobras como igualmente estava rodeado de gente capaz de lhe aconselhar caminhos que lhe dariam salvaguarda.

(...) Fomos o único país que tratou do assunto duma forma clara e com todas as precauções científicas que se impunham. Em Addis Abeba, os políticos da OUA, tomados pela histeria da comunic ação social europeia, votaram resoluções contrárias ao processamento dos resíduos industriais no Continente (...) Eu estava aí para isso, mas inexplicavelmente não me permitiram assistir à sessão, ou sequer sair do hotel.


Continua

quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

Sr. Joseph Mutaboba: o senhor é parvo, ou faz-se de parvo??

«A Comunicação Social não só não ajuda na resolução dos problemas na Guiné-Bissau, como também tende a agudizá-los».». - JOSEPH MUTABOBA, representante residente do Secretário-Geral das Nações Unidas na Guiné-Bissau

M/R: Senhor Joseph Mutaboba,

Quem agudiza os problemas na Guiné-Bissau são a ONU, o FMI, o Banco Mundial. Tudo, claro, com a benção de 99% do total de todos os governantes guineenses. Contudo, uma coisa, lhe garanto, sr. Mutaboba: Hão-de pagá-las. Um dia...
António Aly Silva

2 - «Testemunho» de Filinto Barros: Como a DICOL passou das mãos do Estado para as do actual primeiro-ministro Carlos Gomes Jr.? Assim:

FILINTO-CADOGO

A Dicol, o Carlos Gomes Jr., e,... Angola

Esta empresa era puramente comercial e não fazia parte do parque industrial, mas sim da tutela energética. (...) Empresa mista com capitais públicos guineenses e portugueses, a Dicol detinha o monopólio do comércio dos combustíveis líquidos no país. Em princípio não devia falar desta empresa, dado que tinha todas as condições de viabilidade, por actuar monopolisticamente numa área comercial e com garantia do Banco Central em termos de fornecimento de divisas.

Infelizmente a realidade era outra! A unidade era mesmo deficitária, com dívidas bastante elevadas. Quando deixei o Ministério, o país devia a Angola cerca de 17 milhões de dólares por não pagamento dos cumbustíveis fornecidos e a Dicol tinha uma dívida de cerca de 20 milhões de dólares ao banco! Por outro lado, a mesma Dicol detinha um crédito de elevado montante sobre terceiros na praça, acontecendo no entanto que uma boa parte desse crédito era de cobrança duvidosa e mais, não cobrava juros aos devedores, quando por sua vez e via a banca depositar juros sobre os seus débitos!

Com uma estrutura financeira do género e aliado à inflacção deslizante, o preço do combustível era alterado de três em três meses. Todos os anos, a empresa fazia provisões orçamentais sobre a liquidação das dívidas o que estava na origem da pressão sobre os preços, mas não me lembro da Dicol ter honrado os seus compromissos. Isto fez com que houvesse fricção entre a tutela e a direcção da empresa, sobre a justificação da necessidade dos aumentos dos preços periódicos, facto que influenciava negativamente a evolução da taxa de inflação interna.

Acontece que a direcção da empresa tinha muitos ‘apoios’, pelo que se tornou difícil exigir uma gestão racional. Tanto o sector da banca como o das Finanças, davam ‘apoios’ exagerados à empresa! Ainda me lembro duma operação incrível, em que foi transferido para a responsabilidade do Tesouro Público, uma dívida de cerca de 12 milhões de dólares que a Dicol tinha com o Banco Central, permitindo assim ‘limpar’ a situação da empresa e torná-la elegível para um novo endividamento!!!

Tudo isto contra a minha posição de ministro da tutela (...) Isto só tinha explicação na gestão danosa da empresa com o conluio da parte portuguesa, que tinha um administrador a nível financeiro a trabalhar na empresa e cujos relatórios anuais do Conselho de Administração eram sempre de elogios. O culminar da gestão danosa veio com a abertura do sector do combustível ao sector privado, sob pressão do Banco Mundial.

(...) Imediatamente surgiu uma empresa privada - NOTA: a empresa chama-se PETROMAR, cujo dono é o actual primeiro-ministro, Carlos Gomes Jr. - com capitais mistos formados pela parte portuguesa, sócia na Dicol, e pelo director cessante da Dicol!!!

Como explicar que o gestor duma empresa pública abandone a empresa para ir operar no mesmo domínio, através duma sua empresa? Sobretudo quando a Dicol detinha à partida todas as condições de concorrer e obter esse novo mercado offshore, devido aos depósitos em terra e ao porto de acostagem, acabado de construir sem obedecer as regras de transparência pela empresa Soares da Costa, que, para cúmulo, acabou ficando a dever cerca de 1milhão e meio de dólares à empresa!!

Como explicar a posicao da socia portuguesa? Dir-me-ao que se tratou duma operacao para contornar a recusa do governo em privatizar o sector! Mas a parte portuguesa era publica (PETROGAL) e nao privada!! A "febre" de privatizar por privatizar do Banco Mundial era so para a Guine-Bissau e nao para Portugal!!!


Continua

Ban Ki-Moon vem em fevereiro ou março

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, deve visitar a Guiné-Bissau entre fevereiro ou março, o que será "um sinal evidente do compromisso" da ONU para com o país, revelou o seu representante em Bissau, Joseph Mutaboba.

Em conferência de imprensa de balanço da ação das Nações Unidas na Guiné-Bissau e das suas iniciativas junto dos parceiros do país, o representante do secretário-geral em Bissau, Joseph Mutaboba, afirmou que a vinda de Ban Ki-moon se enquadrará nos esforços da ONU para apoiar o governo e o povo guineense nos esforços da estabilização do país.

Referindo-se aos "planos vitais" a serem levados a cabo pela Guiné-Bissau no futuro, Joseph Mutaboba apontou a conferência da reconciliação nacional, a reforma do setor da Defesa e Segurança, a revisão constitucional, entre outros. LUSA

1 - «Testemunho» de Filinto Barros: Pós 14 de Novembro

6514875219_f790f1a07b

PREFÁCIO

Vou tentar aproveitar a entrevista... "Testemunho" é uma colectânea de 4 textos, onde dou a conhecer a maneira e a percepção que tive dos acontecimentos em que fui interveniente. Como todas as obras do género, elas são polémicas, por inconclusivas.
Portanto aguardo de todos contribuições altivas por mais polémicas que possam ser. Isto só ajudará o nosso país e cidadãos a ficarem mais esclarecidos.


6515039437_19700ff34d

Pós 14 de novembro

Por mais volta que queiramos dar, Luis Cabral é um caboverdeano de origem e não devia ocupar o cargo de Presidente (da Guiné-Bissau). O nacionalismo guineense saiu muito confundido com este figurino! Era patente para todos que ninguém lutou para substituir o português pelo caboverdiano

(...) Num outro figurino, um figurino federalista Luis Cabral teria toda a legitimidade de exercer esse cargo. Mas havendo dois Estados separados, o lugar dele na Guiné-Bissau não podia ser o de Presidente! Não vale a pena perder tempo para encontrar documentos que atestam o local de nascimento! Aqui não se trata do jus solo, mas do jus sangue

(...) Se há um responsável pelo golpe (de 14 de novembro), Luis Cabral deve ser apontado, pelo ambiente de intrigas que implantou, tentando inverter as hierarquias saídas da luta

(...) O primeiro sinal veio do III Congresso, onde a Direcção Superior surgiu com oito elementos em vez dos quatro. Nada haveria de assinalar não fosse o facto que dos quatro anteriores, dois continuaram a estar destacado dos demais: secretário-geral e secretário-geral adjunto. Os outros dois, Chico Mendes e 'Nino' Vieira, foram na prática diluídos nos restantes seis! Uma forma inteligente de despromover alguém, fazendo subir os seus inferiores hierárquicos até aqui!

(...) Questionado, a Direcção, pela boca do Luis Cabral, explicou que isso se devia ao facto do Pedro Pires estar a exercer o cargo de primeiro-ministro em Cabo Verde! Ninguém se convenceu com esta explicação extemporânea, tendo ficado claro para todos nós que o alvo era o 'Nino' Vieira. Aristides Pereira estava presente e nada fez para contrariar as 'manobras' do seu adjunto. Pedro Pires, igualmente nada fez para recusar uma medida que na prática iria aumentar o seu prestígio em nada. Esta acção foi muito má e a meu ver esteve na origem da crispação do 'Nino' e dos seus próximos. Ora, 'Nino' detinha na prática todo o comando das forças armadas, não só junto das bases como no seio dos oficiais superiores e intermédios, mesmo que estupidamente estes últimos tenham sido afastados após o 'golpe'.

Continua

terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

ULTIMA HORA: Lancamento do livro "Testemunho", do malogrado Filinto Barros sera amanha, mas no CC Franco-Bissau Guineense, as 18 hrs com entrada livre. AAS

ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11

Regido por Plutão, o nativo deste signo sabe que tem a magia da atracção, uma força magnética irresistível e que, quando quer, usa, abusa e se lambuza. Mas se ilude com facilidade, achando que vai pescar um peixão quando acaba de cair na rede. Talvez valha a pena se enroscar; o escorpiano apaixonado exala sexo, tem fome e sede de um amor que só orgasmos múltiplos conseguem saciar por algum tempo.


ATRAÇÃO FATAL: por Touro, parceiro completo e ideal.

CONTATOS QUENTES: com Câncer, Virgem, Capricórnio e Peixes, desde que eles consigam sobreviver a tal furacão. Com a maior facilidade, caem nas graças de geminianos e aquarianos, que depois podem levar anos em intensiva recuperação.

PASSE LONGE: de Áries ou de Leão. Com eles, o escorpiano bate de frente e experimenta, ao mesmo tempo, o amor e o ódio.

SEXUALIDADE FEMININA -
A palavra-chave da escorpiana é intensidade.
Sexo sem erotismo NÃO EXISTE para esta amante.Ela adora seduzir e por isso aprende desde cedo a lidar com sua sensualidade. Envolve-se facilmente com o sexo oposto, mostrando-se apaixonada e fogosa.
Por isso, mostre sua energia para o sexo e demonstre seu desejo pelo corpo da escorpiana. Ela se excita com a briga pelo comando durante a transa. Não costuma fazer nada do jeito tradicional, a escorpiana gosta de hipnotizar seu amado e depois domá-lo.A posição preferida é de quatro, sendo que ela adora quando o paceiro a puxa para cima.
**Velas aromáticas, incensos e um ambiente exótico, estimulam e muito o desejo delas.
Zonas erógenas são: virilhas e pernas.

SEXUALIDADE MASCULINA -
Ele se entrega de corpo e alma a quem ama, pois tudo na sua vida é ligado ao sexo. Seus fortes instintos e a necessidade de satisfação sexual impulsionam suas ações. Se o escorpiano não se sentir satisfeito sexualmente, vai buscar outros relacionamentos sem culpa alguma. Por isso, a parceira deste nativo deve atender a todos os seus pedidos, sem deixar o mistério de lado. Deve insinuar-se e instigá-lo. O escorpiano adora dominar a parceira, ser mordido e apertado.
** Seu ponto fraco é a parte interna das coxas. Adora sexo na água, para sentir o corpo da parceira bem molhado.

COMO VOCÊ DEVE SER para conquistar um escorpiano(a):
Mostrar-se sexy sem ser óbvia(o).
Ser sempre perfeita(o) na cama de todas as formas.
Falar sobre sexo naturalmente.
Manter o corpo em boa forma.
Deixa-lo(a) curioso.
Habituar-se aos horários noturnos.

VOCÊ NUNCA DEVE FAZER ISSO:
Deixar transparecer o seu ciúmes.
Criticar a audácia sexual dele(a).
Mostrar-se melodramática(o) e fazer cenas.
Tentar vencê-lo(a) numa briga.
Colocar em dúvida sua lealdade.
Ser indiferente ao sexo.
Invadir com freqüência sua privacidade.

Felicidade na hora

«O empresário português Mário Rodrigues é um dos doze homens de negócios em missão de prospeção ao mercado na Guiné-Bissau que se diz sentir "feliz da vida" por ter conseguido em meio dia formalizar uma empresa.

"Em meio dia consegui escolher o nome da minha futura empresa, uma sociedade com um sócio guineense, ter os estatutos prontos, tirar um número de contribuinte, abrir conta bancária e ainda o cartão de residente. Estou feliz da vida com isso", afirmou à Lusa Mário Rodrigues.

O empresário português, que actua nos ramos das energias renováveis e da eletricidade industrial, diz-se encantado por ter conseguido resolver tudo isso no mesmo espaço e em pouco tempo.» LUSA

BRILHARETE: Guineense Alexandre Djata ficou em 6º lugar na meia-maratona de Macau!

Não foi propriamente uma surpresa para Renato Moura, o presidente da federação de atletismo mais novo do mundo: «Depois da meia-maratona MTN/FAGB (Safim-Bissau, que Alexandre Djata ganhou), tudo era possível». E assim foi.

Alexandre Djata, de 23 anos de idade, surpreendeu tudo e todos, ficando em 6º lugar da classificação geral na 30º Galaxy Entertainment Maratona Internacional de Macau 2011, que teve lugar no passado dia 4, entre mais de 6000 atletas vindos de 60 países/regiões, inscrevendo desta maneira, com letras de ouro e pela primeira vez, o nome da Guiné-Bissau numa prova do calendário mundial da meia-maratona.

djata

Na classificação geral, foram vencedores os atletas quenianos; na categoria masculina, o atleta convidado Chemlany Stephen de Quénia, terminou a prova em 2:12:49, e na categoria feminina, foi campeã Jepkemboi Chesire Rose fazendo 2:31:28, tendo ambos ganho o prémio pecuniário de 20 mil dólares americanos, o prémio record de 15 mil dólares americanos, e um bónus de 5 mil dólares americanos.

A Federação de Atletismo da Guiné-Bissau - cujo presidente será alvo de uma homenagem brevemente - está de parabéns. Agora que estão lançadas as bases de um futuro promissor, resta ao Governo meter à disposição da FAGB meios financeiros e materiais para a continuação do seu bom trabalho. AAS

segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

Supertaça: 4a feira, Mansabá x Bissorã medem forças, às 16.30h, no estádio 'Lino Correia'. AAS

"Testemunho", o livro do malogrado Filinto Barros, será lançado postumamente na próxima 4a feira, no CC Brasileiro. Um livro polémico... AAS

Embaixador da Guiné-Bissau na Rússia entregou cartas credenciais ao Presidente Medvedev

Entrega-Cartas_Credenciais

Imagem da Cerimónia de entrega das Cartas Credenciais de S. Exa., Engº SECO INTCHASSO, Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República da Guiné-Bissau na Federação da Rússia, à Sua Excelência Sr. Dmitry Medvedev, Presidente da Federação russa, no dia 07 de dezembro, no palácio do Kremlin.

Ditadura do Consenso aproveita para desejar ao Sr. Emabixador e todo o pessoal da Embaixada, os votos de um Feliz Nalal e próspero ano de 2012. António Aly Silva

Governo guineense... abandona polícias em Luanda

«Olá Aly,

No passado mês de Julho foi para Luanda um grupo de elementos da Polícia de Intervenção Rápida (PIR) guineense, para uma Formação Superior de Formadores com a finalidade de voltar a Bissau e começarem a formar novos agentes policiais. A duração inicial desta formação seria de 3 meses - tendo terminado em finais de outubro.

IMG_0341

Acontece que até à presente data estes homens, chefes de família na sua maioria, ainda continuam em Luanda entregues à própria sorte, sem assistência por parte dos nossos governantes, e, mais grave ainda, desde que lá estão nunca viram um tostão da bolsa de formação que lhes é devido pelo Estado da Guiné-Bissau.

Em novembro, realizou-se em Luanda uma conferência dos polícias da CPLP. Nessa altura, foram informados pelo Ministro do Interior de que teriam que permanecer por mais 6 meses em Luanda, porque a escola de policias que está a ser construida em Bissau não estava pronta. Ou seja eles, que agora têm formação para formarem outros, iriam ministrar essa formação em Luanda. Com tudo isto, eles solicitaram uma licença para passar a época Natalícia com os familiares em Bissau, mas até agora não houve resposta alguma.

Um dito Cônsul da Guiné em Luanda de nome Isaac prometeu apoio nesse sentido, pelo que vieram a descobrir que é tudo uma farsa. Resumindo e concluindo, os nossos governantes enviam os seus cidadãos a serviço da Nação e depois abandonam-os à própia sorte, sem nenhum tipo de apoio.

Resolvi escrevê-lo Aly, na esperança de que investigue esse caso e o publique no seu bloque, com esperança de que algo se resolva com estes funcionários do nosso País; tomei esta atitude, porque de certa forma também me sinto afectada com esta situação, o meu noivo está por lá, adiamos o nosso casamento de Julho para Dezembro, por causa desta missão e agora é isto. Neste momento, o nosso futuro está incerto, a mercê de uns governates que tratam seres humanos como objectos, já para não dizer como animais.

Agradeço pela sua atenção e espero sinceramente que consiga descobrir algo, de preferência, noticia boa.

Cumprimentos
HC
»

sábado, 10 de Dezembro de 2011

'El puerto más CORRUPTO y CARO del mundo'

"SIEMPRE he admirado a las personas emprendedoras. Será porque yo no lo soy. Un emprendedor no es mas que alguien con muchas ideas y un par de bemoles. Hay que ser muy "echao pa lante" para venirse a Bissau, comprar una bolanha y hacerse agricultor. Ayer visitamos en Bafatá una fábrica de arroz de unos españoles emprendedores.

Agrogeba lleva funcionando en Bissau más de un año y tras no pocos problemas, sus socios, ya recogen sus primeras cosechas. Que producir arroz es negocio en un país plagado de ríos donde la población se alimenta básicamente de este cereal parece estar fuera de duda. Lo que no está tan claro es poder sacar adelante una fábrica abandonada, en el quinto pino, trayendo toda la maquinaria de España en barco, . Y luego, encontrar aquí trabajadores cualificados y de fiar.

BELÉN MARTÍNEZ BOTELLA - La consulessa
"

Guineense N'conco é reforço de clube brasileiro

O Pelotas foi longe para buscar o seu novo reforço para a temporada 2012 e a disputa do Campeonato Gaúcho. Nesta sexta-feira, o clube áureo-cerúleo anunciou a contratação de Agostinho Soares, o N'conco, natural de Guiné-Bissau.

Com 21 anos, o atacante destacou-se com a camisa da selecção guineense, tanto na base, pelos sub-17 e sub-20 quanto na principal. N'conco defendeu as camisas de F.C. Cantchungo e S.B Benfica Bissau. O africano foi indicado por um empresário sócio do clube e já deu as suas primeiras palavras com a camisa do Lobão, declarando que fez questão de procurar vídeos da torcida áureo-cerúlea na internet.

"Fui muito bem recebido aqui no Pelotas. Espero jogar em primeiro lugar para o grupo. Acompanhei vídeos dos apoiantes do Pelotas pelo ‘youtube’ e sei da paixão deles por esta camisola. Estou muito feliz de poder jogar aqui', disse. A estreia do Lobão será no dia 22 de janeiro, contra o São Luiz.

Morreu ontem o sr Maiuca, pai da artista guineense, Eneida Marta. Que a sua alma descanse em paz. AAS

sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

Ólecas! Programa da manhã da TVI vai à Picha e à Coina

A senhora lava a coina todos os dias?” Esta foi uma das perguntas que Manuel Luís Goucha fez esta sexta-feira, 9 de Dezembro, à funcionária municipal da limpeza numa das ruas de Coina, no Barreiro. Nesta irreverente emissão do ‘Você na TV!', outra repórter da TVI foi até Picha, em Pedrógão Grande, e disparou à queima-roupa perguntas tão inusitadas quanto as de Manuel Luís Goucha. O ‘Você na TV!' quis assim provar que não é fácil ser habitante de Picha e Coina... AH AH

EXCLUSIVO: De 18 a 22 dezembro: SL Benfica em Bissau

BENFICA2

E a comitiva que vem a Bissau:

benfica 1

É hoje, é hoje: Tabanka Klub

Flyer

A partir de hoje, DJ Tuy e DJ Gabu, no Tabanka Klub. Na próxima 5a feira: DJ Tuy, DJ Beto e DJ Ruben e DJ da casa - Gabu - animarão em conjunto - Tabanka Klub, o prazer em recebê-lo na nossa casa.

fole=cojones (de consul?)

«FOLE: una fruta muy fea (como dice un amigo, parecen “cojones de mono”) pero su zumo, con ese toque ácido, es una delicia. Mezclado con zumo de naranja, está aun mejor.»

quinta-feira, 8 de Dezembro de 2011

Live DJ na radio Jovem - 102.8 Mhz, sabado, das 12h as 17h com o DJ Tuy. AAS

Camara do Comercio das Canarias envia aviao para a trasladacao dos restos mortais do seu funcionario, falecido hoje em Bissau. Agnelo Regalla e Amine Saad vao participar nas exequias funebres. AAS

Adivinhem quem veio beber 'una helada'?

«A los españoles nos gusta tomarnos la cerveza muy muy fría. Y en Bissau, casi siempre, resulta misión imposible encontrar un local donde te la sirvan algo más que "fresca". Hoy, tras una ajetreada mañana de compras, recalamos en el Dias & Dias para tomar una cerveza. Y... ¡sorpresa!: nos sirven una Super Bock XL helada en copas grandes previamente refrigeradas. La mejor desde que vivo en Bissau. ¡Magnífica!. Ya sólo faltan las aceitunas...»

Como funciona a sua cabeça, Sra Botella?

« Como funciona a sua cabeça, Sra Botella? Esgota o seu modo de ver as coisas, sem saber o que tem mesmo para dizer... 'Esgota' é a falta de todos os fundamentos. Mas acima de tudo, para mim, eu corro de pessoas iguais a ti. É verdade não te conheço bem mais sei que na posição da esposa de um diplomata não estas nas melhores condições para criticar um país que te acolhe, um país onde encontraste uma natureza espectacular que você mesma diz não existir noutro lugar(a fonte é o teu blog).

Ufa! E violentos por toda parte existe... talvez se fôssemos procurar violência além... encontrá-la-emos em Bilbau. O seu raciocínio é mesmo de um infantil. A sra está a reagir como uma criança que não entende as regras e certamente não as respeita, nem respeita ninguém. Não sabe que tem coisas que nos concerne "anós fidjus di tchon", e em resposta, é melhor mudar. Ficamos amuados se não conseguirmos o que queremos, dormimos muito porque gostamos de baixar canecas (como a maioria faz em Bissau) o tempo todo, choramos quando nos enviam de volta para a Espanha (pois é, ali não tem o que tem aqui).

Aí, estamos reprimidos, mentimos acerca do que vimos, para melhor nos consolarmos, tentamos manipular aqueles que ainda não foram para Bissau pois ficamos com ciumes do que eles la vão encontrar. Aí pedimos, pedimos ao chefe para mandar de volta (para aquele país onde havia de tudo) só que no final acabamos esgotando a nossa saliva.

E pimba bye bye...esgotou o bilhete de borla, tira do bolso, paga o hotel do seu bolso e todas as necessidades...só que não da pois vivias à custa de uma cooperação e podias fazer todo tipo de turismo, que o país te oferece e mesmo assim não foste grata a este mesmo país e a este povo que te acolheu...que engratidão a sua! Uff!!!

C. Cabral
»

Tragédia: cidadão espanhol chegou ontem a Bissau, teve um enfarte na Presidência da República e... morreu no HN Simão Mendes

NICOLAS ALBARASSIN, era espanhol e membro da Câmara do Comércio das Canárias, e chegou ontem a Bissau num voo proveniente de Dakar. Instalou-se no hotel Malaika. À noite, na companhia do C.T., da Câmara do Comércio, Industria, Agricultura e Serviços da Guiné-Bissau, deram um passeio a pé pelas artérias de Bissau.

Regressou ao hotel, para uma noite de sono. Esta manhã, depois de ter tomado o pequeno-almoço, uma viatura veio buscá-lo para o conduzir à Presidência da República onde tinha um encontro de trabalho. Foi recebido por A.R., no seu gabinete, e a quem fez uma úncia pergunta: «Como está o Presidente da República?». A.R., respondeu, dizendo que o PR estava bem, que a saúde estava quase plenamente restabelecida.

Nisto, só se lhe ouviu um «ahh». Depois, a cabeça inclinou-se para trás e A.R., viu o sr. Albarassin cair aparatosamente ao chão. Houve uma tentativa de reanimação que não surtiu efeito, tendo sido transportado rapidamente ao hospital, onde chegou já cadáver. A embaixada de Espanha foi logo contactada, e o corpo jaz agora na câmara frigorífica da morgue do HN Simão Mendes, a aguardar os procedimentoos para a sua transladação. AAS

quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011

Companhia Royal Air Maroc inicia 5a feira, 13, ligações aéreas entre Casablanca (Marrocos) e Bissau, via Conacry. AAS

Incompetência a pontapé...

Foi, uma vez mais, adidado o congresso que hoje se reuniria para eleger o Presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau. O candidato Manuel Nascimento Lopes voltou a interpor uma providência cautelar, e o Tribunal de Bissau deu o seu aval...isto depois de o 4º Juízo se declarar 'incompetente' para se imiscuir no processo aquando da 1ª providência.

Os juízes, é pertinente perguntar, estão a brincar com todo este processo, ou andam a brincar ao Estado? Afinal, se o juíz do 4º juízo declarou preto no branco ser o tribunal incompetente para resolver o problema (existem órgãos próprios na FFGB), porque vem agora outro juíz tentar armar-se em esperto?

A FIFA avisara, em documento, que o ESTADO não deve meter-se nos assuntos do futebol - e por isso mesmo financiam a FFGB. Não se admirem se, amanhã, a FIFA se decidir pela suspensão da selecção de futebol de todas as competições internacionais. AAS

Caso George Wright: Senador de Nova Jérsia escreve a Passos Coelho pedindo a sua extradição

Um senador norte-americano de Nova Jérsia enviou uma carta ao primeiro-ministro português a sensibilizar o Executivo luso para a importância da extradição de Goerge Wright, procurado há mais de 40 anos pelos EUA, noticiou hoje a Associated Press.

O senador Frank Lautenberg revelou segunda-feira que enviou uma carta ao primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, pedindo que George Wright seja extraditado para os Estados Unidos para cumprir o resto da sentença pelo homicídio, em 1962, de um dono de uma bomba de gasolina, durante um assalto à mão armada em Nova Jérsia.

George Wright é ainda procurado pela participação no desvio de um avião de uma companhia norte-americana, após a sua fuga da cadeia, onde cumpria pena por homicídio. LUSA

Warrior

«Prezado Aly;

Parabéns, tu és um guerreiro da imprensa livre mundial, leio o teu blog diariamente, logo quando acordo. A tua seriedade e imparcialidade é de dar inveja aos jornalistas mais famosos de todo o mundo. Continue, avante e sempre, pois é assim que construiremos um mundo melhor.

E que venha a globalização, com mais operários da noticia como você, ético, coeso, lúcido e, o que eu gosto mais: - SARCÁSTICO! O teu humor sólido é deveras de tirar o chapéu. “Se quem tem o poder nega sua liberdade, então o único caminho para a Liberdade é o poder - Nelson Mandela".

Abraços e força nessa sua jornada, irmão!

Eng. Edivaldo M.
Bahia-Brasil
»

M/N: Obrigado, amigo, e desde já lhe desejo um feliz Natal junto dos teus. AAS

ÚLTIMA HORA: Eleição na Federação de Futebol é hoje, e 20 polícias já fazem guarda à sede da FFGB. Para evitar distúrbios... AAS

terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

What America thinks of Africa

africa-usa

Habeas Corpus – Respondendo a C.S.

Devo dizer-te que não li o teu e-mail. Devorei-o! Fiquei feliz, foi como se um amigo de longa data, de fumos e copos, tivesse regressado. Para te dizer que a minha memória da Guiné-Bissau das últimas três décadas arquivou detalhes - quer das façanhas quer das decepções - com igual minúcia. E tem sido bastante díficil ignorar as feridas destes nossos trinta e oito anos enquanto Nação, um Estado portanto.

Chega a ser duro viver aqui. É duro de viver, e até, sobreviver, na Guiné-Bissau de hoje. Talvez por isso, as pessoas tornaram-se egoístas (alguns, poucos, preferiram ser sacaninhas); de certeza que por isso cada vez mais as pessoas procuram gente em que possam confiar. Aqui, voltam a esbarrar em algo. No ‘problema’: encontrar gente dessa gesta...

«A tua coragem já matou muitos iguais a ti, ainda que em latitudes diferentes». Pois já, olha! Por falar ‘dela’, não, ainda não pensei na hipótese da morte - penso viver muitos mais anos - mas posso desde já sossegar-te, dizendo que já senti o perigo bem de perto mesmo. Houve alturas em que cheguei a pensar que era agora que ia desta para melhor. Essas emoções, aquilo que apelidamos com frieza de ‘sentir a morte de perto’, são algo digamos que...atraente. Eu diria, sem qualquer ponta de vaidade, que, no meu caso, a proximidade do perigo é muito motivadora. Deixo-me consumir por ele, inalo tudo, até ao último sopro como se disso dependesse a salvação da minha infeliz alma de guineense.

Um alguém que se faz homem, tem que saber o que quer e, sobretudo, deve lutar por esse ideal. Essa é a minha meta. Não são as homenagens, não corro por qualquer medalha. Sou um homem livre porque levo a minha liberdade a sério e não deixo que ninguém brinque com ela. Tudo o que mais desejo é continuar a ser um jornalista. Quero continuar a meter o nariz em tudo que prejudica o meu País, investigar e divulgar, por todos os meios, tudo o que eu achar que é relevante para a opinião pública. De uma maneira ou de outra, vencer sempre fez parte da minha filosofia de viver.

A coragem, de que falas no teu e-mail, não é uma virtude da qual me orgulhe. Ao contrário da coragem, o medo é minha companhia mais constante. É uma dose grande e aguda de de emoção que limita o fascínio que o risco de ser jornalista desperta em mim. Contudo, é importante que continue a ter consciência da minha superioridade como ‘um intelectual’ – a classificação é tua e eu não posso discordar -, mas é bom saber como ela foi construída e de onde veio a ‘força’ - que fizeste questão de escrever em negrito. Tentarei usar tudo isso com igual sabedoria - é uma busca que considero incessante. E não, não é só a tal coragem ou ‘ambição’. Que tal coração? Sabes, tem muito de coração naquilo que faço.

Mantenhas, AAS

São números:

Visualizações de páginas de hoje
566

Visualizações de página de ontem
5 335

Visualizações de páginas no último mês
90 230

Histórico total de visualizações de páginas
1 103 170

--------------

Visualizações de páginas por país

Portugal 270 182


Guiné Bissau 192 788


Senegal 116 973


Estados Unidos 86 550


Brasil 70 110


Reino Unido 66 122


França 57 012


Espanha 20 645


Itália 7 022


Cabo Verde 5 762

AAS

segunda-feira, 5 de Dezembro de 2011

Habeas Corpus

Não há nada a fazer. O boato está a dar cabo do nosso País neste seu penoso processo para voltar a ser levado a sério. A tarefa é árdua, para mim é mesmo impossível - na esperança de que os optimistas me perdoem o realismo.

O pretexto, agora, foi (é) o estado de saúde do Presidente da República, Malam Bacai Sanha, hospitalizado desde a primeira semana do corrente mês em Paris, França. Ouvi autênticas barbaridades - por telefone, e ao vivo. Cheguei a beliscar-me para ver se estava vivo, se não estava a delirar ou com febre ou sequer se sentia como devem estar a sentir os familiares e os amigos do Presidente da República.

E se o boato matasse? Obviamente, não traduzirei em palavras aquilo que os meus ouvidos foram obrigados a ouvir por estes dias...seria inofensivo para nós, enquanto País. Eu recebia chamadas quase ao segundo com as coisas mais inimagináveis...nem sei!

Na noite a seguir à chegada do Presidente a Paris, não me deixaram dormir. Tinha, por assim dizer, que assinar um documento e impingir-lhe, além da assinatura, a minha impressão digital para que desligassem, talvez fingindo que acreditavam em mim... Outros insistiam e por algumas vez fui bruto e tive mesmo que desligar-lhes o telefone na cara.

Parece que endoideceram de vez; o Povo, os militares também. Os políticos ainda mais. Em Paris, quatro pessoas terão acesso ao quarto onde o Presidente recupera a olhos vistos: dois familiares, o seu director de gabinete e o seu médico guineense. E não acredito que um deles tenha passado as mensagens que me chegaram.

Acredito, isso sim, que pessoas mal intencionadas, desprovidas de carácter, sem qualquer pudor, por pura maldade, puseram essas 'notícias' a correr apenas com o intuito de 'baralhar para dar de novo'. Não será nas suas costas. O boato, esse, continuará a fazer das suas.

Uma coisa é certa: este Povo está obviamente mais doente do que o seu Presidente: o Povo está doente da cabeça. Da minha parte, desejo um rápido restabelecimento ao Presidente da República. António Aly Silva