quarta-feira, 30 de Março de 2011

UE suspende aplicação de sanções, mas...

A reunião entre a delegação governamental guineense, chefiada pelo Primeiro-Ministro, Carlos Gomes Jr e a União Europeia, ontem, em Bruxelas, foi até certo ponto inconclusiva.

A UE decidiu-se pela suspensão da aplicação de sanções à Guiné-Bissau, mas, em contrapartida exigiu responsabilidades aos promotores do golpe de Estado de 1 de abril de 2010 - António Indjai e Bubo Na Tchuto devem ser afastados.

A UE quer ainda que os assassinatos políticos de 2009 sejam cabalmente esclarecidos. De acordo com uma fonte do Ditadura do Consenso, Carlos Gomes Jr explicou à UE que quem está a obstruir a Justiça é a própria viúva de 'Nino' Vieira: Isabel Vieira não quer prestar declarações.

Ainda segundo o PM, as investigações aos assassinatos de junho de 2009 (Hélder Proença, Baciro Dabó) estão em curso.

Angola, por seu lado, esteve representado pelo secretário das Relações Exteriores, e garantiu que ia ajudar nesse sentido. AAS

terça-feira, 29 de Março de 2011

Hoje, vamos dormir descansados

"Olá
Hoje, fui com o Guilherme fazer os exames, e o Cardiologista diz que não tem qualquer problema, digno de preocupação.

O que se passa é que, como ele tem uma 'falsa corda do ventrículo esquerdo (variante do normal)', pode estar a influenciar um pouco nos batimentos cardíacos mas nada que o impeça de fazer uma vida desportiva normal. Ufa! Que descanso!
. Beijos, da Gabriela e do Guy"

M/R: O vosso Deus é grande. Descansemos a cabeça. AAS

O projecto da futura Universidade Jean Piaget Guiné-Bissau

Photobucket

Fotografias DR - Na imagem de cima, a fachada principal da Universidade; na de baixo, a 1ª fase de construção que estará operacional já em setembro. AAS

A resposta

Photobucket

Entrevista ao jornal «Última Hora». AAS

EXCLUSIVO: Crime, dizem eles... A prova? Isto:

Photobucket

"In the end, everything is a gag". - Charlie Chaplin

A notícia não é boa; também não é má. É que há uns já na morgue...

Photobucket

Mais uma vez venderam mal o nosso fosfato de Farim

Photobucket

Parvoíce. O Conselho de Ministros decide uma coisa hoje, e outra, compleamente diferente... amanhã. Leiam:

"About Resource Hunter Capital Corp.
Resource Hunter Capital Corp. is a Canadian mining and exploration company that is focused on advancing the Farim Phosphate Project located in Guinea-Bissau in West Africa. The deposit is a world class, high quality, development phosphate project containing a total resource of 128 million tonnes at 29.8% P2O5 and a 25 year mining plan of 68 million tonnes at 29.9% P2O5. The Company has completed a positive 43-101 Preliminary Economic Assessment and is now undertaking a Definitive Feasibility Study. The Company has also been granted a Production license from the Government of Guinea Bissau. Resource Hunter Capital Corp. shares are listed on the TSX Venture Exchange under the symbol 'RHC'"
.

AAS

Ah, Guiné-Bissau!

Um jornal costa-marfinense - Le Patriote, faz manchete com uma notícia que diz "HOMEM DE GBAGBO APANHADO EM PARIS COM PASSAPORTE DA GUINÉ-BISSAU. Ora leiam: Aqui.

segunda-feira, 28 de Março de 2011

Email errado!

Um casal decide passar as suas férias numa ilha das Caraíbas. Por causa do trabalho, a mulher não o acompanhou, ficando por se juntar a ele uns dias mais tarde. Quando o marido chega ao hotel e vai para o seu quarto, vê que há um computador com acesso à internet. Decide então enviar um email à mulher, mas erra numa letra sem dar conta e envia o email para outro endereço.

O email é recebido por uma viúva que, por mero acaso, acabara de chegar do funeral do marido. Esta, ao abrir a sua caixa do correio, desmaia instantaneamente. O filho, ao entrar na sala, encontra a mãe caída ao lado do computador. No ecrã do computador ele lê a seguinte mensagem:

"Querida esposa,

Cheguei bem. Provavelmente estarás surpreendida ao receber notícias minha por email, mas cá há computador e pode-se enviar mensagens às pessoas que nos sáo queridas. Acabo de chegar e já me certifiquei que está tudo pronto para te receber na próxima sexta-feira. Tenho muitas saudades tuas, e espero que a tua viagem seja tão tranquila como a minha está a ser.

Teu marido que te quer muito.

OBS: Não tragas muita roupa, pois aqui faz um calor INFERNAL!!!"

Universidade Jean Piaget Guiné-Bissau: Isto, sim, é desenvolvimento

No próximo mês de setembro, a 1ª fase da Universidade Piaget conhecerá os primeiros rostos: os professores apresentar-se-ão aos seus alunos, que por sua vez conhecerão os cantos à casa; travarão amizade com os contínuos, enfim a rotina habitual de uma Universidade.

Foi no passado dia 1 de abril (é a verdade) que a empresa J. Ventura Construções Lda assentou o primeiro bloco de cimento para levantar um muro que circunda(rá) os 27.000 metros quadrados do complexo que vai ser a Universidade. No início da construção do muro, Joaquim Oliveira, Engº responsável pela obra, passou as passas do Algarve. Tanto enfrentou um alguém com uma catana, como com uma arma. Viu ser-lhe enfeitado o muro com mezinhas, mas não se deixou abater.

Diplomaticamente, lá foi resolvendo os assuntos, removendo obstáculos, chegando a mesmo a ajudar os presumíveis donos dos terrenos, ora levando-os à Câmara Municipal, ora confortando-os. Foi didáctico, até! O mais casmurro de todos acabou por ter o filho a trabalhar...nas obras da futura Universidade.

A 1ª fase da enorme construção, é, também ela...grande: custará 1 milhão de euros (a construção da Universidade Jean Piaget Guiné-Bissau (assim se chamará) é financiada a 100 por cento pelos lucros gerados pela Piaget Angola), os edifícios das aulas somam 1600m2, divididos em sete módulos. Terá janelas com vidros duplos e isolamento térmico nas paredes. Já se gastaram 20.000 blocos de cimento (contam gastar mais dez mil) e quase 20.000 tijolos, compradas à Cerâmica de Bafatá.

O complexo, quando acabar, terá 40 salas de aula, três anfiteatros (o maior leva 142 pessoas, os mais pequenos com capacidade para 90 e 65 pessoas respectivamente), 1 campo de futebol relvado e com pista de atletismo, uma piscina olímpica.

Terá seis refeitórios, campos de basket, ténis, balneários. Seis saídas de emergências nos diferentes módulos, um wc para deficientes (isto é importante: em toda a universidade e em todos os acessos, existem rampas para deficientes com cadeiras de rodas, num total de seis). Cerca de 30 aparelhos de ar condicionado (todas as salas de aulas terão a/c) darão conforto aos alunos. Para além de residências para os professores expatriados.

Em setembro próximo, a Universidade Piaget arrancará com dez cursos: Medicina, Enfermagem, Direito, Engenharia Civil, Informática, Gestão, Plaxis Educativa, Arquitectura e Autarquias.

Mas há mais. A Piaget celebrou um protocolo com a Aldeia SOS, onde alunos desta aldeia trabalham a prática levantando paredes, fazendo a cofragem. Durante três meses fazem estágio junto da J. Ventura Construções Lda. Estão dez a aprender por agora, recebendo no final um certificado do referido estágio.

O Arquitecto responsável pelo projecto da Universidade...será o seu futuro (e 1º) reitor. Neste momento, o Professor Doutor Rui Brochado trabalha no Piaget de Gaia, em Portugal. Em 6 anos, espera-se concluir todo o projecto de construção da Universidade.

Outra novidade, é a construção de um hospital Universitário, que dará assistência à população da área, e formará médicos e enfermeiros e ainda técnicos hospitalares.

É de notícias como esta EDUCAÇÃO que a Guiné-Bissau precisa. AAS

Tabu do ano 2011

A ASCON - Água, Saneamento e Construções: foi VENDIDA ou foi COMPRADA?... AAS

It's war, señor!

Photobucket

Dia 1 de abril, já estará a circular...

Photobucket

Ministru tene kassa nôbu, vencimentu ka dá pa kassa nôbu...

Photobucket
Tem a palavra o Procurador-Geral da República. AAS

domingo, 27 de Março de 2011

Sabrata, meu amor

O Embaixador da Líbia na Guiné-Bissau, Sr. Alkhdari, está inconsolável: o diplomata não consegue contactar com a família que está na bombardeada cidade de Sabrata (depois de Benghazi). Por estes dias, a principal tarefa do embaixador é o de conseguir um telefone via satélite, para tentar saber da sua família.

Irónico é o facto de, quatro dias antes de os familiares do Sr. Alkhadari viajarem para Bissau...estalar a revolta (ainda) sem rosto na Líbia, um conflito, digamos que internacionalizado.

O embaixador não fala à imprensa, não se sabendo, por isso, de que lado estará. Seja como for, e estando num país que, publicamente, apoia (ainda que no pensamento) o coronel Khadaffi, é de compreender...

A embaixada funciona normalmente, o mesmo não acontecendo com os vários investimentos que o Estado líbio, através da LAAICO, tem na Guiné-Bissau: o Libia Hotel (5 estrelas), e três fábricas de transformação da castanha de cajú. AAS

Jodidos: Gasolina aumenta para 732 Fcfa, e o Gasóleo sobe para 638 Fcfa. Até já nos dói o rabinho... AAS

Muito bom: 68 mil euros, foi quanto o PM e comitiva terão levado para Bruxelas... AAS

sábado, 26 de Março de 2011

CAN - Final do Jogo: Guiné-Bissau 0 - (guarda-redes do ) Uganda 1

Perdemos. Djitu ka tem. Foi uma boa caminhada, sem dúvidas, pese embora as dificuldades e a nossa crónica desorganização, que, claro, jogaram a favor dos nossos adversários.

Contudo, e há que dizê-lo por uma questão de singular justiça, o guarda-redes do Uganda esteve intransponível, tendo defendido um penalty de resto mal marcado e denunciado.

Ainda assim, deixo aqui um forte abraço ao nosso seleccionado, e um obrigado especial ao treinador da selecção da Guiné-Bissau, Norton de Matos, pela dedicação e pelo carinho que tem pelo nosso País: estamos juntos, Mister. AAS

CAN - Guiné-Bissau 0 - Uganda 1 > Selecção Nacional falha marcação de grande penalidade

CAN - Guiné-Bissau 0 - Uganda 1

CAN - Guiné-Bissau x Uganda: já se joga no 'Lino Correia'. Força Guiné-Bissau! AAS

quinta-feira, 24 de Março de 2011

Decreto Presidencial nomeou o coronel Manuel dos Santos 'Manecas' como Embaixador em Angola. AAS

Djiressa

Uma empresa do Primeiro-Ministro, a Petromar, recebeu ontem, como parte do pagamento da dívida interna, cerca de 359 milhões de Fcfa. A dívida ascendia a 1 bilião e setecentos milhões de Fcfa (a Petromar forneceu todo o combustível durante a guerra civil de 1998 que durou 11 meses. E esta, hein? A isso, meus caros, chama-se... Jomav! Chapeau.

Até dá pena da Confederação... AAS

quarta-feira, 23 de Março de 2011

IIIª Grande Guerra (I)

"Caro Aly,
Espero que tudo corre bem. É muito triste esta notícia sobre a praia de Varela, mas alguém saberá explicar os andamentos destes negócios minerais que o Governo está a fazer no País.

Normalmente, devíamos saber, através dos partidos políticos ou dos deputados, como é que o Governo está a usar o dinheiro público. Contudo, como sabemos...é só interesses pessoais!

Um abraço, WikiLeaks 'guigui'.

Amado Baldé".

A 3ª Guerra Mundial bem que pode começar em Varela...já a seguir. AAS

A vila de Varela vive, por estes dias, numa grande azáfama, com todos os ingredientes necessários para se dar início à terceira Grande Guerra. Reparem só nestas potências: Rússia (a 2ª potência militar mundial), a China (3ª potência militar), e a nossa conhecida Guiné-Bissau - conhecida campeã do mundo da Vigarice.

Pois bem. A situação tem tanto de invulgar como de curiosa. Em tempos, os russos fizeram uma descoberta, em plena praia de Varela (coast to coast): existência de liga de metais pesados - zircone, ilminite e rotilo, metais usados, por exemplo, no fabrico de tanques de guerra e outros.

E aqui, entramos nós (o Governo), os campeões da Vigarice. Nessa praia de Varela, existem...duas empresas com autorização para explorarem esses metais: uma chinesa e a outra, russa. Os chineses já começaram a exploração, sem os devidos requisitos; os russos, esses, foram até Varela para iniciar os trabalhos, mas depararam-se com chineses atarefados a encher sacos de areia.

Contudo, os chineses são espertos. Ao invês da legalidade, escoleharam o caminho mais fácil para escoar a areia para o colosso asiático: o Senegal. Pior: não pagam direitos ou outras taxas inerentes à actividade.

Insatisfeitos, os russos entraram com uma providência cautelar nos tribunais, mas ainda não deu em nada... Agora, digam lá se de Varela não pode eclodir uma IIIª Guerra mundial? É só o campeão da vigarice decidir vender mais uma autorizaçãozinha, desta feita...ao Dubai! AAS

A 3ª Guerra Mundial bem que pode começar em Varela...já a seguir. AAS

O Governo prometeu à RDP que reagiria ontem sobre a queixa movida contra o Aly Silva. Mentiu. E continuará a mentir... AAS

terça-feira, 22 de Março de 2011

Vergonha comunitária + visita

... O Estado da Guiné-Bissau não paga quotas à CPLP...há 15 anos. E esta, senhor chefe do Governo?

- Secretário de Estado português dos Negócios Estrangeiros, João Cravinho, chega a Bissau na próxima quarta-feira para uma visita de quatro dias. AAS

O meu último combate? Seja! (VIII)

"Caro amigo, Aly

A República da Guiné-Bissau tem milhares de combatentes da liberdade da Pátria, mas o senhor é, simplesmente, combatente pela liberdade de imprensa!

Faça o seu trabalho. Cada qual tem uma missão a cumprir. Esta é a sua.

Bakindoro Gomes"

M/R: Obrigado, amigo. AAS

O Guilherme faz hoje 10 anos. Parabéns, meu filho. Muitas felicidades, campeão. AAS

segunda-feira, 21 de Março de 2011

ÚLTIMA HORA: Primeiro-Ministro tem alguns conselheiros, digamos que... desaconselháveis! AAS

O meu último combate? Seja! (VII)

"Aly,
É-me impossível deixar-te sozinho. Por mais distante que estejas, quero fazer chegar a minha voz junto a ti nos primeiros minutos do dia 21 (hoje). Continuas a lutar pela paz de todos os guineenses.
A tua coragem tem-nos ajudado a conviver com a eterna saudade, com a dor, a tristeza, a angústia e muitas noites em branco.
Sara T."


M/R: Olá. Por cá, no combate! Beijo, AAS

O meu último combate? Seja! (VI)

"Camarada!
Imagino que tenhas a caixa de correio cheio de e-mails a exprimir solidariedade. Não queria deixar de o fazer também, sabendo que serei apenas mais um!. Coragem. Estamos juntos.
J.N."

M/R: Estaremos sempre juntos! Abraço, AAS

Amanhã conto-vos o resto

No tribunal, apresentaram-me aquilo que apoquentou o conselheiro Carlos Pinto Pereira, e abanou Carlos Gomes Jr. E confirmei: fui eu que a escrevi, e confirmo que é verdadeira.

E quem foi a sua fonte? - outra pergunta. A minha resposta foi "se lhe contar quem foi a minha fonte, deixarei de ser Jornalista. E, não, não quero entrar no ramo dos combustíveis...". Amanhã, conto-vos o resto da história. Durou uma hora, e, acreditem: foi à maneira! Estejam atentos à entrevista que concedi à RDP-África... AAS

Credo! A queixa do Cadogo jr é... Palhaçada! AAS

Estou tão comovido. Máquinas de escrever nos tribunais! Até parece que estamos no século XIX... AAS

Aly Silva chega ao tribunal com estilo... AAS

O meu último combate? Seja! (V)

"Caro Aly,
Hoje, dia 21 de Março, começa a Primavera. O nosso saudoso poeta, Vasco Cabral, escreveu o poema 'A Luta é a Minha Primavera'. Quero assegurar-lhe que essa luta não é apenas a sua Primavera. Ela é, também, a nossa Primavera.
Abraço, DAY"

O que é nacional é mau

VERGONHA 1 - Na Guiné-Bissau, quando Khadaffi recorreu às armas para calar o protesto do seu rebanho (ele diz que é o 'guia'...), organizou-se logo uma manifestação de apoio ao beduíno;

VERGONHA 2 - No Japão, um sismo com magnitude acima dos 8 graus na escala de Richter, provocou o temido tsunami. Ondas com mais de 10 metros varreram cidades inteiras e mataram (até agora) mais de dez mil pessoas.

Para o Japão, um dos maiores doadores da Guiné-Bissau, nem uma palavra - oficial - de conforto! Nem da Assembleia, menos ainda do Governo, isto sem falar da Presidência da República. O Japão merece até uma vígilia!

- VERGONHA 3: Primeiro-Ministro nomeia, contra o que diz a Lei, um militar no activo (um coronel) para secretário de Estado dos Combatentes... António Aly Silva

domingo, 20 de Março de 2011

O meu último combate? Seja! (IV)

Photobucket


Sr. Primeiro-Ministro: É isto que o Povo Guineense espera do seu Primeiro-Ministro: a verdade, e, sobretudo, a JUSTIÇA! A Justiça que os familiares dos 12 assassinados aguardam, há anos! Não é amordaçando a imprensa, que salvará a sua pele, não! DEMITA-SE, Sr. Carlos Gomes Jr. AAS

O meu último combate? Seja! (III)

"Aly,
Estamos contigo. qualquer coisa é só dar o sinal... Vamos ficar atentos a este processo que Cadogo Jr pretende abrir.
J. G.
"

M/R: Amigo, parar é morrer! AAS

O meu último combate? Seja! (II)

"Prezado Aly;

A sua coragem me dá arrepios, chego a tremer. Uma luta solitária essa sua, visto que o próprio povo da Guinea-Bissau deveria encampar e abraçar fortemente essa sua luta por justiça e democracia, pois um povo só é plenamente livre se encontra nos seus governantes confiança ao invés de medo.

Tenha certeza que a batalha é árdua, mas no fim compensadora. Heitor Villa-Lobos, maestro e compositor brasileiro já dizia: - eu componho as minhas obras, como quem escreve cartas à posteridade, sem nunca esperar respostas. Aly , tu és um HERÓI!

E para finalizar deixo-te com as palavras de um grande homem africano, Nelson Mandela: “Se quem tem o poder nega a sua liberdade, então o único caminho para a liberdade é o poder.”

- ANTÓNIO ALY SILVA PARA PRESIDENTE DA GUINEA-BISSAU –

Abraços amigo estou aqui a te observar e torcer por sua vitória

Engo. Edivaldo Matos
Bahia - Brasil
"

M/R: Muito obrigado, Edivaldo. Um abraço, Aly

O meu último combate? Seja! (I)

"Caro Sr. Aaly Silva

Antes de mais nada, deixa-me congratular-me com o teu excelente trabalho de jornalismo que estas a fazer, através do Blogue «Ditadura do Consenso».

Chamo-me Nelson F. Almeida, tenho 39 anos de idade, sou tetraplégico há 21 anos, devido a um tumor cervical, sou guineense e resido em Portugal há mais de 20 anos. Tenho um Blog na internet, onde tento divulgar um pouco da minha história, da minha doença, e das dificuldade que um tetraplégico enfrenta nessa vida.

Fiquei a ter o conhecimento do Blogue «Ditadura do Consenso», através do embaixador da Guiné-Bissau na Bélgica e acabei por ficar um fã incondicional do teu Blogue. Por isso, tomei a liberdade de escrever estas pequenas linhas e pedir-lhe encarecidamente, caso tiver alguma noticia que favorece, a nível de pessoas com deficiência na Guiné-Bissau, a ser desenvolvido quer pelo Governo Guineense, quer pela Sociedade Civil Guineense ou quer pelas ONG, envia-me por favor, para eu poder divulgar no meu Blogue.

Também dou-te os parabéns pela coragem, por divulgar a corrupção, os desmandos dos militares, que nem se quer sabem segurar numa esferográfica, e a única coisa que lhes foi ensinado, é agarrar na arma e dar aos tiros ou tirar a vida ao próximo. Espero poder contar com o teu Blogue, para muitos e muitos anos.
Agradeço pela resposta o mais breve possível.
Com melhores cumprimentos.

Nelson F. Almeida
"

M/R: Obrigado, Nelson. Um abraço e espero que alguém te possa ajudar, cá, na Guiné-Bissau. AAS

sábado, 19 de Março de 2011

Peçam a Cadogo que se demita... Por e-mail: cgj.gomesjunior@gmail.com

CARLOS GOMES JR. - o responsável número um por 12 assassinatos

O Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Jr., decidiu processar-me. Na próxima 2ª feira, saberei mais pormenores sobre as intenções de Cadogo Jr.
Contudo, abro aqui e agora a minha própria frente de combate. Estarei na linha da frente para enfrentar os batalhões e os canhões do senhor Cadogo Jr! Essa é que é a verdade.

Sem medos nem receios.

Photobucket

Sr. Primeiro-Ministro, CARLOS GOMES JR., - Doze (12!) pessoas foram assassinadas durante os seus dois mandatos:

1. - General Veríssimo Correia Seabra, CEMGFA em funções;
2. - Coronel Domingos de Barros, porta-voz do CEMGFA;
3., 4., e 5. - Três (3) simpatizantes do PRS;
6. - General Tagmé Na Waié, CEMGFA em funções;
7. - General João Bernardo ‘Nino’ Vieira, Presidente da República em funções;
8. - Baciro Dabó, ministro da Administração Territorial e candidato presidencial;
9. - Hélder Magno Proença, Deputado da Nação;
10., e 11. - Puntchu (motorista do Hélder Proença, mais um amigo deste)

Uma cascata de assassinatos, cujo responsável número um é o senhor Carlos Gomes Jr., precisamente por ser o Primeiro-Ministro da República da Guiné-Bissau! Sr. Primeiro-Ministro, que isto fique bem claro: o sr. terá uma luta sem quartel.

Demita-se das funções de Primeiro-Ministro! Demita-se, porque não conseguiu fazer JUSTIÇA aos doze cidadãos guineenses assassinados durante os seus dois mandatos! Demita-se, pois, porque deixou centenas de familiares angustiados! Demita-se, pelo NEPOTISMO em que fez cair o Estado da Guiné-Bissau! Tenha vergonha e demita-se! António Aly Silva

ÚLTIMA HORA: Primeiro-Ministro mandou suspender Serifo Mané, director-adjunto da Segurança do Estado. AAS

sexta-feira, 18 de Março de 2011

2ª feira está a deixar-me... excitadíssimo! AAS

À minha equipa de Advogados: Estejam prontos!

Hoje, recebi um telefonema de alguém que, sem se identificar, me perguntou - como tivéssemos andados na primária - "I kuma gora?"!

I kuma gora?, ripostei. Silêncio. Então, você liga para mim sem sequer me conhecer, não se identifica e põe-se por aí a brincar ao calão?

Falou algo, e acrescentou que "é do Ministério Público". Diga lá então - se somos 'colegas', então embrulha, disse para mim. Disse ele: "é para notificá-lo para vir cá na segunda-feira, às 15.30h", por causa de uma queixa.

E quem é a pessoa que fez a queixa, perguntei. "Ah, isso não lhe posso dizer". Ai não pode? Então não vou! Não vai? - perguntou. Sim, não vou! E desligou.

Pus-me então em campo. Fiz duas chamadas, e fiquei à espera. Duas horas depois, alguém encarregue de me notificar, volta a telefonar. A atitude mudou. "Há pouco estava a falar...". Cortei-lhe o pio e assegurei-lhe que estava farto de "aturar gente com estas manias", mas ele pouco respirava. Conteve-se ao máximo.

Voltei a garantir-lhe que não iria ao MP na segunda-feira, se ele não me dissesse de quem era a queixa. E disse:

"É do Primeiro-Ministro, Carlos Gomes Jr".

Segunda-feira, lá estarei, na PGR, às 15:29h. Para ser ouvido às 15:30h. Isto está mesmo a ficar como eu gosto... AAS

quinta-feira, 17 de Março de 2011

EXCLUSIVO: Ernesto Carvalho, ex-Ministro do Interior, será nomeado conselheiro do 1º Ministro para a área da Segurança. AAS

A anedota para os anos de 2011 a 2025

Jantava sozinho. Lambia as feridas, fazia contas aos despojos do dia. O final de tarde foi óptimo. Não tenho pensado em muita coisa. Estou cá mas tenho o pensamento lá longe, no meu filho que sofre.

Para dizer a verdade, não há grande diferença entre combater o que tenho passado ou resistir a ele. Sobreviverei.

Dava o telejornal da nossa televisão. Começou com a visita do ministro do Comércio e djidiundade, Botché Candé, a várias empresas nacionais.

Depois, chegou a ministra da Presidência Adiato, para a cerimónia de lançamento da 1ª pedra para a construção de uma escola, patrocinada pela Cooperação Portuguesa. Falou e disse: (...) "esta escola de deficientes audiovisuais". Ah, a escola em questão é para os...surdos!... AAS

Arezki - o mestre das complicações

Photobucket

Annus horribilis - as imagens do meu acidente, hoje

Photobucket

Issuf Sanha - Homenagem póstuma I

"Não é meu habito escrever odes necrológicas de quem quer que seja, mas a minha consciência obriga-me, impinge-me, força-me a deixar aqui estas linhas para testemunhar o passamento de um dos meus melhores amigos, o mais-velho ISSUFO SANHÁ, para mim o MINISTRO. Conheci o Dr. ISSUFO SANHÁ nos anos de 1996, era eu ainda um jovem jornalista na flor da idade e da profissão. Sem mais nem menos vi-me na equipa dele, dos assessores e conselheiros, naquela super-equipa que com ele trilhava os caminhos travessos na tentativa de endireitar as Finanças Públicas que estavam de pantanas naqueles idos anos de 1994/5.

Entrei para equipa do Ministerio das Finanças por indicação dele. Sem tirar nem por. Chamou-me, estava eu na Radio Nacional, para um dos assessores de imprensa, com os mais-velhos Muniro Conté e Cancan. Arrebatados pelo entusiasmo do MINISTRO nem demos conta do quão exigente era a tarefa a que nos propunha o Dr. ISSUFO SANHÁ. Era reunião quase todos os dias, programas, cronogramas, relatórios, breffings....O MINISTRO pareceia que tinha pressa em resolver as coisas, colocar as Finanças Publicas em ordem. Talvez sentisse que o tempo urgia.

Não fosse a famigerada guerra civil da nossa tristemente lembrança colectiva, o país, já em 1998 teria atingido o badalado ponto de conclusão e logrado a iniciativa HPPIC (perdão da divida) com o Dr. ISSUFO SANHÁ. O MINISTRO tinha tudo na cabeça, mesmo tendo ao seu lado pessoas altamente qualificadas e prontas a servir o país. Mesmo com essas pessoas pela volta, sempre estava na linha da frente na planificação, organização e execução das tarefas.

Pela mão do MINISTRO tive a grata oportunidade de partilhar experiência com gente tão ilustre como: Paulo Gomes, Huco Monteiro, Amizade Fará Gomes, Higino Mendes, Suleimane Seidi, Quetá Baldé, Veríssimo 'Tchitchy' Nancassa, Cancan, Muniro Conté, Saturnina, tantos e tantos outros. Foi pena a guerra de 07 de Junho. Mas, mesmo amargurado o MINISTRO não amainou na sua tarefa de tentar mudar o país, fazer algo na sua area, as Finanças Publicas. Fez o que pôde onde foi posto como governante.

Lembro-me das vezes que ele me explicava as coisas em linguagem de gente. Coisas complicadas, das contas públicas, que só ele sabia na sua cabeça pensante. Sempre pensante. Lembro-me das vezes que ele me dizia 'Jovem não desistas dos teus sonhos. Hás-de lá chegar um dia! E o mais bonito da nossa amizade, foi quando, um belo dia, ele me disse assim: Jovem tudo o que é meu é teu, pois tu és meu irmão. Foi comovente ouvir tal coisa de uma pessoa que muitos guineenses tiveram como ídolo. O ISSUFO gostava mesmo de mim. Disso não havia dúvida. E eu dele também.

Lembro-me da altura do seu casamento. Sabendo ele que não é do meu feitio assistir às festas, mandou o motorista dele à minha casa entregar-me pessoalmente o convite que ele mesmo assinou com o seu punho para me convidar à assistir à boda. Mesmo não gostando das festas, lá tive que aceitar o convite. No dia do casório, na Conservatória do Registo Civil, sala apinha, lá apareci e lhe dei um grande abraço, ao que me disse: Jovem (como sempre tratou-me) adorei que tenhas vindo ao meu casamento!.

Já como deputado, o MINISTRO maneve sempre a chama de espernaça em ver o país a avançar. Quantas e quantas vezes vi-me na contingência de lhe lembrar, como amigo e com todo respeito, que agora a responsabildiade pelas Finanças Publicas é de outras pessoas, tal era o entusiasmo que emprestava às discussões sobre a coisa. O Dr. ISSUFO amava as Finanças Públicas, penso que mesmo que lhe dessem a escolher o cargo de primeiro-ministro ou Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas (um cargo importante na Guiné) ele prefereria ser Ministro das Finanças.

Alguém escreveu que o MINISTRO ficara na história colectiva deste país como um grande promotor da Juventude. Assino por baixo. Assino porque sou a prova provada desse facto. Quando falo do meu caso, falo também de outros quadros jovens que foram lançados à ribalta pela mão e sapiência de ISSUFO SANHÁ. Penso que todos eles, sem excepção, saberão guardar os ensinamentos do mais-velho, segundo as quais a coisa publica é sagrada e devemos sempre tentar fazer algo para mudar a vida dos outros.

Fui assistir ao enterro do MINISTRO. Ainda quis chorar, apateceu-me gritar, para demonstrar a minha tristeza, mas lembrei-me da minha crença em ALA SUBUANA WATALLA e só me pus a lembrar dele e a orar à ALÁ que Lhe dê um bom e eterno descanso em paz. Regozijei-me quando constatei que a sua sepultura ficará mesmo ao lado da do seu pai, de quem falava com entusiasmo.

Peço aos amigos do MINISTRO, crentes de todas as religiões, sobretudo aos muçulmanos que possam ler esta ode ao meu amigo, que rezam por ele e lhe dediquem FIDAUS de cada vez que façam um SALAT.

Mussá Baldé
Jornalista
"

ÚLTIMA HORA: Zamora Induta e Samba Djaló foram chamados hoje à Procuradoria-Geral da República. É misti sussa Samba Djaló... AAS

'Mana Dácia', pois está claro!

O automóvel que provocou o acidente de há pouco, é uma dessas marcas do Leste europeu a que a Renault deu o nome e o motor.

Esse automóvel Logan Dácia, oferecido pelo Presidente da República a tudo o que é cão e gato, não tem:

- Chapa de matrícula,
- Seguro automóvel.

Uma pergunta impõe-se: não seria melhor o PR oferecer os carros, mas, garantindo primeiro que os mesmos sejam desalfandegados e segurados? Andam aí, a vaguear sem qualquer documentação?! AAS

Annus horribilis

Este ano, será em grande! Um acidente de viação há quinze dias; três sonhos onde 'apareço', e, nesse dia no regresso de Bafatá, rebento um pneu.

Nessa noite, vou para entrar no carro e parte-se-me a chave. Hoje, vinha a descer a Av. Amilcar Cabral e...novo acidente, com muitas consequências para o meu carro. Felizmente não tive nenhuma lesão. Um annus horribilis, sem margem para dúvidas! Nô bai... AAS

terça-feira, 15 de Março de 2011

Cuidado aí com o Artigo 69, oh madié

... O 'Angola Palace Quartel' ainda nem no adro vai... e as putas já o tomaram de assalto! AAS

A bauxite lá vai, de empurrão se for preciso

A empresa estatal angolana do ramo dos petróleos, Sonangol, injectou cerca de 300 milhões de dólares norte-americanos na Bauxite Angola, a empresa de capitais guineense e angolano que vai explorar a bauxite, no Boé.

Por agora, a divergência está nos números: Angola propôs 35% para a parte guineense, e 65 por cento para os angolanos. Mas parece que a parte guineense torceu o nariz.

Outra pedra no sapato. Não há um único cidadão guineense nas chefias...enquanto que da parte angolana, os salários andam à volta dos 10 mil usd, a que se somam a casa, e outras comodidades.

Angola, atravês da Sonangol ou outra empres, pode meter o capital que entender. Contudo, a bauxite está cá, na nô tchon! Kik ki tem terra? Anôs ki tem terra. Kim ki na luta? Anôs ki na luta...

Vai recomeçar tudo. A Arezki (outra vez?!!) fará a estrada Buba/Boé num total de 111 kms; depois construir-se-á a 'cidade mineira' e, depois ainda, o caminho de ferro para se escoar a bauxite. AAS

A bauxite lá vai, de empurrão se for preciso

A empresa estatal angolana do ramo dos petróleos, Sonangol, injectou cerca de 300 milhões de dólares norte-americanos na Bauxite Angola, a empresa de capitais guineense e angolano que vai explorar a bauxite, no Boé.

Por agora, a divergência está nos números: Angola propôs 35% para a parte guineense, e 65 por cento para os angolanos. Mas parece que a parte guineense torceu o nariz.

Outra pedra no sapato. Não há um único cidadão guineense nas chefias...enquanto que da parte angolana, os salários andam à volta dos 10 mil usd, a que se somam a casa, e outras comodidades.

Angola, atravês da Sonangol ou outra empres, pode meter o capital que entender. Contudo, a bauxite está cá, na nô tchon! Kik ki tem terra? Anôs ki tem terra. Kim ki na luta? Anôs ki na luta...

Vai recomeçar tudo. A Arezki (outra vez?!!) fará a estrada Buba/Boé num total de 111 kms; depois construir-se-á a 'cidade mineira' e, depois ainda, o caminho de ferro para se escoar a bauxite. AAS

Pedido de desculpas

Ao
Sr. Engº Carlos S.

Há tempos, neste blogue, fiz uma referência indirecta à V/pessoa. Injustamente, mas a quente.

Com a cabeça fria, jamais faria isso. Pela consideração e pelo respeito que sempre tive pela V/pessoa. Peço-lhe por isso desculpa publicamente, e gostaria de fazê-lo pessoalmente.

E estou arrependido. Profundamente. Com consideração, António Aly Silva

Projecto de Estado + merda de estrada

Exmos. Senhores:

Artur Silva, ministro da Educação; José António Almeida, ministro das Obras Públicas; Fernando Gomes, ministro da Função Pública; Mamadu Saliu Djaló, ministro da Justiça: devolvam os carros que foram surripiar aos vários projectos!

As cartas que receberam dos financiadores - sim, as cartas a pedir que devolvam os carros de matrícula IT - são, se querem que vos diga: uma vergonha!

Quanto ao titutar da pasta das Obras Públicas, uma pergunta apenas: será que a contrução da estrada que liga Bissau ao aeroporto...contempla também a construção de uma vivenda?! Ou o sr. ministro ganha assim tão bem para construir essa casa? Ou nô na brinka nan carnaval?! Sr. Procurador-Geral da República: a exemplo do que fez com o financeiro da CNE, é bom que mande chamar o José António...e peça-lhe explicações.

À empresa Arezki: vão à merda! Aquilo não é obra nenhuma. É outra merda! AAS

segunda-feira, 14 de Março de 2011

É desolador!

A Gabriela voltou a deixar-me com o coração nas mãos. Assim:

"(...) O Guilherme (nosso filho) é que voltou a ter arritmias cardíacas no treino de ontem (no SL Benfica): "pulsação demasiado elevada", disse o médico. Ainda ontem, fui com ele ao médico e tem agora uma série de exames médicos (electrocardiograma e prova de esforço) para fazer, novamente.
Enquanto não tiver resultados, não voltará aos treinos."

Depois de ler isto, o chão voltou a fugir-me debaixo dos pés. Em 2007 (tinha 6 anos), o Guilherme caiu desamparado num treino no estádio da Luz. Nos exames que se seguiram, descobriram que o ventríloquo esquerdo passa por um lado que não é normal.

Desta vez, os médicos do SL Benfica foram aos arames: "Como é que, em 2007, disseram que não havia nada e volta a acontecer quatro anos depois?".

Aguardo essa resposta no próximo dia 28 (o Guilherme já terá feito 10 anos), depois dos exames a que será submetido no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.

Estou a ver a minha vida a andar para trás... E estou muito cansado. Um rapaz de apenas 10 anos!

Hoje, de resto, correu tudo mal! Recebi dois telefonemas - "sonhei contigo". Fui a Bafatá e no regresso rebento um pneu da frente.

Chego a Bissau...e recebo um terceiro telefonema: "Aly, apareceste no meu sonho. Vamos beber um café?". Saio de casa, meto a chave para abrir a porta do carro...e cai um pedaço da chave ao chão: partiu-se. Estou, simplesmente, tramado. AAS

Oh luzes, oh que lindas luzes

Os passageiros que hoje desembarcaram no Airbus da TAP, tiveram quase uma hora extra de voo. E aterraram depois com estilo, 'à bombeiro'...

Eu explico. Os amigos do alheio - os ladrões, para quem não está familiarizado com alguns termos com que são mimados - desta vez, foram muito longe: roubaram os cabos de electrificação... da pista de aterragem do aeroporto 'Osvaldo Vieira'!!!

Resultado: foram precisos seis (6!) carros dos bombeiros para iluminar a pista. Só assim se conseguiu fazer aterrar o avião da TAP... Ai, estes ladrões (os de secretaria incluídos)! AAS

sábado, 12 de Março de 2011

CCIAS promete pagar dívida de 1974 a 1999 antes da campanha do cajú

Photobucket

A CCIAS, prometeu, hoje, ao sector privado o pagamento da dívida interna correspondente ao ano de 1974 até 1999 «antes do ínicio da campanha de cajú», segundo o seu presidente Braima Camará. A reunião teve lugar no Azalai hotel, na presença de quase duas centenas de empresários.

Abel Incada vice da CCIAS aproveitou igualmente para esclarecer que «não recebeu» qualquer pagamento, pois terá que esperar pelos trâmites legais. AAS

Depois da manchida...kumpu konbersa

Photobucket

Os agentes da Polícia Judiciária (PJ) depositaram os cartões e, durante 3 dias, não mexem uma palha. Ontem, acenderam velas à porta da instituição (manchida) numa atitude para alertar para a falta de meios.

Não recebem vencimentos, não têm armas. Um subsídio de miséria - para uma polícia tão necessária quanto indispensável no combate ao crime - nomeadamente o tráfico de drogas.

Hoje, sentaram à mesma mesa, no pátio das instalações da PJ o ministro da Justiça que-não-funciona Mamadu Saliu Djaló, o representante do secretário-geral da ONU, Joseph Mutaboba, para além dos embaixadores de Portugal e da França, a directora-geral da PJ Lucinda Aukharié e o ponto focal da Interpol, o marido da DG da PJ.

Uma coisa é certa: não se pode pedir a uma polícia como a PJ que mostre trabalho se não se equiparem os seus homens. Uma coisa é caçar bandidos, outra, completamente diferente, é Deixar a polícia à mercê dos bandidos. AAS

sexta-feira, 11 de Março de 2011

Despedimo-nos de um homem bom

Photobucket

O Presidente da República esteve representado pelo Conselheiro Soares Sambú; o Primeiro-Ministro pela Ministra da Presidência do Conselho de Ministros, Adiato Nandigna. O Corpo Diplomático, sobretudo o africano, esteve presente em massa. Nunca vi tantos homens a chorar em conjunto como vi hoje. Alguns estavam mesmo inconsoláveis! AAS

Photobucket
FOTOGRAFIAS(c)AAS/2011

Aos angolanos que estão para chegar: atente-se no Artigo 69

O Governo, sob proposta do Conselho de Ministros, como forma de moralizar o que já está desmoralizado, vai, na próxima reunião do Conselho de Ministros, aprovar este único ponto:

Artigo 69: Qualquer membro (n'bé) da missão angolana que engravidar uma cidadã guineense, terá que a levar para Angola no final da missão. Toda a prole para Angola, e em força! AAS

ÚLTIMA HORA: Issuf Sanha repousa agora no jazigo de família, e ao lado dos seus pais. AAS

ÚLTIMA HORA: O caixão com o corpo do Issuf Sanhã acaba de descer à terra. Militares prestam guarda de honra. Descansa em paz, amigo. AAS

ÚLTIMA HORA: Issuf Sanhã será sepultado no jazigo da família, nas traseiras da habitação. Há guarda de honra militar. AAS

ÚLTIMA HORA: Chegamos. Bafatá nunca viu tantos carros! Nunca! Estão 40.5 graus de temperatura. AAS

ÚLTIMA HORA: Quase a chegar a Bafatá. Centenas de viaturas acompanham Issuf Sanhã: Não estás sozinho, amigo. AAS

A caminho de Bafatá para o funeral de Issuf Sanhã, e a 200 km/hora - sim, leram bem. Até já. AAS

ÚLTIMA HORA: CERIMÓNIAS FÚNEBRES DE ISSUF SANHÃ

Photobucket

DIRECTO DO AEROPORTO 'OSVALDO VIEIRA': Os restos mortais do ex-ministro das Finanças já está em Bissau. Agora, é na sede do seu partido - o PAIGC que se prestam as homenagans fúnebres. Segue-se uma cerimónia de Estado no Ministério da Justiça. A seguir, Bafatá, onde Issuf Sanhã repousará em paz. FOTOS(C)AAS

... Si sabi? Diz a SOS Crianças... que sim!

Photobucket

quinta-feira, 10 de Março de 2011

Morreste-nos

ISSUF SANHA, morreu hoje em Dakar, num exílio forçado por uma doença terrível. Havia sido dado como morto há dois dias. Bissau sobressaltou-se. De Dakar, um amigo sossegou-me: "Não morreu. Põe isso no blog".

A última vez que vi o Issuf foi precisamente em Dakar, no mês de junho do ano passado. Fomos visitá-lo ao hotel Teranga. Depois, fomos ao aeroporto buscar a mulher. Acabámos a almoçar no Lagoon 1, consensualmente considerado como o melhor restaurante de Dakar. Rimos. Lembrou-se que tinha sido meu professor - é a verdade.

Conheci o Issuf há mais de vinte anos - era então um dos mais brilhantes professores de matemática. Figura pequena, a pender para o frágil, mas uma cabeça de se lhe tirar o chapéu. Discreto, só se lhe via subir de uma assentada a meia dúzia de degraus do Liceu Kwame N'Krumah. Lá dentro, era o professor Issuf. E que bem que lhe ficava.

Depois, perdemo-nos. Foi cada um para o seu mundo. Revi-o já como ministro - um dos melhores que este país conheceu. Pragmático q.b., reinventou quase tudo. Foi ele quem primeiro organizou o ministério das Finanças. Pô-lo à sua imagem - tanto, tanto, que o FMI e o Banco Mundial já lhe vinham comer às mãos.

Era Deputado da Nação. O respeito que granjeou fez com que, na sua morte, todos se lembrassem dele. O BCEAO pôs um avião à disposição para a transladação dos restos mortais, o Governo cancelou a sua habitual reunião de Conselho de Ministros. No Parlamento, a sessão habitual foi cancelada. Todos se recolheram em memória do governante. Mas, sobretudo, do homem. Vai fazer-nos falta.

Tanto o BM como o FMI, ouviam-no muitíssimo. Foi o ministro mais elogiado de todos os Governos. Mandou formar jovens, e depois recrutou-os para trabalharem com ele. Eles, no entanto, não lhe chegavam aos calcanhares. Um gaba-lhe a capacidade de trabalhar. "Era o primeiro a chegar ao ministério, e por vezes o último a sair. Às vezes ficávamos envergonhados", conta.

Outros apontam-lhe a disciplina. Issuf Sanha era assim. Em Dakar, onde já se encontrava para tratamento, naquele almoço no Lagoon 1, imaginei Issuf Sanha a fazer contas de cabeça ao tempo de vida que lhe restava e ao que ficaria para ser feito. A Guiné-Bissau, hoje, ficou mais pobre. Apagou-se mais uma luz. Issuf Sanha, esse, descansou. A mágoa fica para nós, que ainda cá estamos. Espero que lá na eternidade onde descansa terá luz e perdão. António Aly Silva

Morreu hoje, em Dakar, o ex-Ministro das Finanças, Issuf Sanha. Que a sua alma descanse em paz. AAS

quarta-feira, 9 de Março de 2011

Tudo manera

Caro Amigo vem aí o meu contributo que agradeço que publique. Desde já um abraço e Força. Estamos juntos.

"Caro Compatriota Aly

Como vê há poucos na Guiné como o sr. O sr. é o símbolo, o sr. é o futuro. Acho que enjoa-lhe ouvir este elogio mas faço questão de realçá-lo vezes e mais vezes porque isso não está ao alcance de todos. Agradeço-lhe sinceramente a disponibilidade para podermos usar este meio para exprimirmos o que nos vai alma. Acho que nós os Guineenses deviamos participar em massa usando este meio para dizer tudo o que nos incomoda mas que as vezes não partilhamos. Este sim é que seria um acto de civismo e de pura cidadania, uma obra prima em termos de construção da nossa identidade como nação que almejamos.

A minha indignação por tudo o que a nossa querida Guiné tem passado é essencialmente por culpa do Partido no poder, que responsabilizo pelo estado em que nosso país se encontra. Continuo a afirmar que o PAIGC vendeu aos Guineense um presente envenenado, pois incutiu-nos a ideia de que é um Partido Libertador, assente na democracia e no poder popular, que é o elo da unidade dos Guineenses etc. etc. Mas as sucessivas metamorfoses dos seus políticos e politiquices não dão tréguas aos Guineenses, motivos mais do que suficientes para nos sentirmos cansados das suas guerrilhas internas.

O PAIGC de Madina do Boé que proclamou a fim da guerra contra os colonialistas portugueses nas matas, abriu outra frente de guerra ao longo dos tempos entre e contra os próprios militantes do mesmo partido e em certo sentido claramente, contra o seu próprio Povo o que é intolerável. Duma maneira geral sentimo-nos enganados por este partido, e já há muita agente a questionar se valeu a pena ter feito uma luta exemplar como aquela que o nosso povo travou durante 17 anos, que custou muitas almas valentes começando pelo Próprio Líder Amilcar Cabral e mais camaradas. Ate já há quem questione os ideais de Cabral e até a sua naturalidade….Tudo isso compreende-se, eu não duvido dos ideais nem da naturalidade de Cabral, acho-os inquestionáveis. Os culpados são, na minha modesta opinião, os prosseguidores da obra, que em vez de conduzir o Partido com os ideais do líder, enveredaram por outros caminhos sobretudo de confrontos, intrigas, que levaram à desintegração da Unidade Nacional, ficando uma porta escancarada para todo o tipo de especulações, de ideais do tipo anarquistas, de nepotismo e de clientelismo que é bem pior que o enfatizado tribalismo.

O que temos assistido durante anos na realidade foi uma guerra desenfreada de Poder entre dois braços do PAIGC, o Armado e o Politico. Diga-se em abono da verdade que foi o verdadeiro 2º round da luta de Eliminação Nacional que teve como pano de fundo a dominação de um sobre outro. O PAIGC depois de Golpe de 14 de Novembro de 1980 que depôs o único Presidente(L. Cabral) que teve um Projecto Politico e Económico com principio meio e fim, o Partido entrou em rotura com o meio rural que foi sempre a sua base fundamental. O Todo-poderoso General Nino Viera e mais Camaradas que se distanciaram dos quartéis para assumir funções administrativas entenderam rapidamente que já não eram militares, esqueceram-se que nunca poderiam ser os políticos e os administrativos de que o país precisava. Escolheram o mais fácil: empresários (estilo Angolanos), intriguistas, golpistas, estremando as posições dos dois braços, o que complicou e muito o xadrez político/militar.

Os militares (FARP) cada vez mais encurralado nos quartéis, cada vez mais distantes dos outros Militares convertidos em Políticos, administrativos e empresários fora dos quartéis, sem direito de nada, usados somente como carne para canhão nos sucessivos conflitos. Viviam em quartéis degradados, sem agua potável, sem alimentação condigna, salários cronicamente atrasados. O mesmo não se podia dizer dos do outro lado. Os recém-politicos, claramente desvinculados dos quartéis, começaram a cimentar a sua nova Classe, recrutando sangue novo no partido. Sobretudo apostaram em cortar com o Passado e com os ideais do partido de Cabral, privilegiando a malta nova de Bissauzinho e do Chão de Papel com os quais o líder do regime (NINO) tinha mais afinidades.

Não se esqueçam que é nesta campanha de «renovação» que foi recrutado para Partido, um elemento que representa um paradoxo total, que era Furriel da tropa Portuguesa, que ainda é português, porque recebe legalmente a sua reforma e possui documentações como cidadão Português. Caros compatriotas estamos a falar nada mais e nada menos que do nosso do actual 1º Ministro, sr Cadogo Júnior. O nosso pais terá que lidar nos próximos tempos com essa dicotomia.

Uma verdadeira reconciliação nunca poderá ter sucesso se não envolver o apaziguamento entre estas duas sensibilidades do Partido, se os responsáveis deste período negro da nossa história não forem a justiça para confessar os crimes contra a nossa pátria. Estas Guerrilhas conduziram o País aos sucessivos conflitos políticos militares que resultaram em tudo que nos sabemos. Trata-se claramente de tentativas de um grupo para dominar o outro.

Exemplos não faltam: O caso 17 de Outubro conhecido como INVENTONA de Golpe de Estado do Comandante Paulo Coreia, passando pela rebeldia de Comandante da Junta Militar de Anssumane Mane, e mais assassínios até culminar nos últimos cenários de assassinatos de 2009. Um ajuste de contas que não deixou ninguém indiferente.
AGORA O QUE FAZER? Ainda por mais, parece que temos o 3º round dentro em breve no PAIGC. O artista principal é o sr Cadogo Júnior, o Homem aprendeu muito bem com o antigo Chefe, que lhe deu tudo para afirmar-se no que ele hoje afirma ser.

A FIGURA CADOGO JÚNIOR, filho do respeitado empresário de sucesso vulgo CARLOS BANCO, tem sido uma revelação surpreendente pela negativa: Segundo consta, CADOGO ainda não herdou nada deste ilustríssimo senhor incluindo a fortuna que hoje revela ter. Além de terem sido furriéis do exercito português, o Sr. Atchutchi e muitos outros dos actuais colaboradores e que ocupam cargos no Comité Central do PAIGC, Cadogo Júnior esteve num dos melhores Colégios de Lisboa a estudar, mas, por incrível que pareça, não conseguiu tirar nenhum Curso.

Voltou para Guiné onde foi apadrinhado pelo Chefe de regime do então. Foi assim que começou a sua carreira política no PAIGC. Em pouco tempo foi Nomeado Director Geral da DICOL (equivalente da GALP portuguesa) uma empresa do Estado, dinheiro de todos Guineenses. Em menos de dois anos, este sr. levou a falência a empresa DICOL. Um incêndio de contornos estranhos destruiu parte da DICOL. Pouco depois fundou PETROMAR, gerida por ele, que veio ocupar o vazio deixado pela extinta DICOL. Nunca foi acusado ou questionado nem notificado sobre assunto, pois tinha a cobertura do todo-poderoso Chefe de Regime, de quem era testa de ferro em negócios obscuros deste.

A PETROMAR é detida em 80% pela GALP, 20% por Cadogo e 0% pelo Estado da GUINE-BISSAU. Reparem, alguém que lutou contra as nossas Gloriosas FARP, alguém que saqueou deliberadamente a pouca riqueza que Portugal deixou ao país e fez fortuna ilegal com o dinheiro de povo. Alguém que tem usado o mesmo dinheiro para enganar o mesmo povo com míseros sacos de arroz na compra de consciências nas sucessivas eleições super fraudulentas.

Um indivíduo que durante o seus mandatos contribuiu deliberadamente para degradar as condições dos Militares nos quartéis, criando entre subordinados e altas patentes uma precariedade de tal forma que ficaram vulneráveis a corrupção e a divisão que hoje se vive nas forças armadas. É um indivíduo que ainda hoje vê nos militares um eterno inimigo. Um indivíduo que é suspeito de ser o mandante das mortes de varias personalidades Civis e Militares nos últimos tempos, um indivíduo que fabrica informações a seu bel-prazer e a sua conveniência, informações que depois faculta com perfil maquiavélico a comunidade internacional para manchar a imagem dos seus adversários e indirectamente a imagem do nosso País.

Portanto eu não tenho duvidas que o primeiro factor de instabilidade actualmente na Guiné-Bissau é o próprio 1º Ministro. Dono de maior parte de imóveis de Estado de Bissauzinho que disse ter adquirido ao Estado (não sei em que moldes). Para complicar ainda mais o cenário, foi buscar um outro Padrinho depois do Nino. Desta vez muito longe. De facto um aliado de peso: o SR Presidente Eduardo Santos com suas tropas Camufladas em diplomatas. Desta maneira pretende desmantelar de vez as nossas FARP, é que homens de ambições desmedidas têm memórias curtas. A nossa FARP podem não ter hipótese de usufruir das luxuosas instalações do Palace Hotel Bissau, mas nunca vão deixar que o país seja vendido a ditadores.

Não o permitiram aos Senegaleses e aos de Conakry, menos o farão com os angolanos. Veremos no fim quem tem razão. O NINO ate há pouco tempo tinha sido considerado por muitos um dos piores filhos que a Guine-bissau conheceu, mas se se confirmar o que se tem dito sobre o Sr Cadogo, sem duvidas que o CADOGO passa a ser de longe o pior filho da Guine de sempre. Até porque se confirmar a suspeição de que foi ele o mandante de assassinato de Nino, então ultrapassou todos limites. Simplesmente pior dos piores: porque mandou matar quem lhe deu tudo na vida, o homem a quem deve tudo. Seria pior que um animal selvagem pois este mata por fome o que não é caso.

Espero sinceramente que não seja verdade. E se de facto ele tiver responsabilidades nas mortes de que é suspeito de estar, pergunto-me de quem terá ele medo? E se não tem medo de ninguém é porque já esta no “ponto de não retorno”…. Isto é, ou morre, ou o seu plano maquiavélico vence. Poderemos estar a lidar com um louco solitário disposto a tudo. Isto significa que devemos travar esta loucura. Com urgência.

A presença dos angolanos não vai facilitar em nada. Consta por aí que a tal empresa dos Generais Angolanos que vai explorar a bauxite e construir o porto de Buba entrou já em atrito com CADOGO em detalhes de negociações, pois este pretende 20% e os Angolanos não vão na onda. E a Guine-bissau? Como de costume 0%. Entretanto este negócio nunca foi esclarecido no Parlamento. Ninguém sabe quais os benefícios para Guiné a longo prazo e quais os prazos de exploração etc. Gostaríamos de saber tudo isso e os nossos filhos e netos também deverão saber, porque os de Cadogo já sabem bem.

Dito isso o que vai acontecer? Como evitar isso?

De imediato o filme vai passar pelo seguinte:

Lembrem-se das causas da Guerra de Junta Militar?
VENDA DE ARMAS AO REBELDES DE CASAMANCE……! Afinal tanto Nino como Anssumane eram coniventes no negócio. Quando a Comunidade Internacional apertou o cerco a sério, o Nino, aproveitando-se da sua posição acusou o Anssumane Mané, e este por sua vez fez se de rebelde e deu no que toda a gente sabe.

AGORA A MESMA COISA PODE DE REPETIR-SE… Ligado a tráfico de droga… O CADOGO traficante/conivente? Lembrem-se da Historia de um barco cheio de droga que foi apreendido no alto mar por Zamora e cuja foi interditada pela Gambia nas suas águas territoriais? Quem o mandou libertar? A troco de quê? Por ordem de Governo segundo informou o sr Zamora? E o ministro da Defesa da altura, Artur Silva, hoje na Educação confirmou à comissão de inquérito, num documento tornado público pelo Ditadura do Consenso, «ter recebido ordens superiores para soltar o barco». E um ministro só recebe ordens do... Primeiro-Ministro.

Mas a comunidade Internacional devido a informação não confirmada que dizem ter mandaram congelar as contas (se é que realmente existem) do Almirante Bubu na Tchutu e Papa Camara nos EUA. Recentemente a mesma chantagem foi promovida pela EU. Igualmente triste foi a campanha maquiavélica de “desinformação” da comissão do Ministério dos Negócios estrangeiros de CADOGO que veio choramingar fingidamente nos capitais europeias, isso para o Inglês ver, e aproveitar também para fazer uns depósitos nas bancas europeias. O que não se percebe é por que razão é que o Presidente da Liga dos direitos humanos na Guine integrou esta comitiva. Deve ser também um funcionário dos Negócios Estrangeiros. Como condimento final o sr Cadogo lançou outra ofensiva em Dakar para tentar enganar ainda mais os Guineenses. Que fique claro que as vossas manobras já não enganam ninguém. A ver vamos no fim o que isto vai dar, eu espero não ter razão….

Antes de terminar gostaria de chamar atenção sobre o que consta por aí. E convido o meu amigo Aly, como jornalista de investigação, investigar se realmente o Presidente delegado da GALP para Gâmbia e Guiné-Bissau é mesmo o filho de Ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal. Porque a ser verdade iria contribuir para esclarecer muitas ligações perigosas que poderiam fazer de nós uma república refém, teleguiada directamente de Bruxelas através de mecanismos muito complexos que só Cadogo, GALP, Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal e Bruxelas podem explicar.

Vejam bem, será que:

O nosso 1º Ministro, dono de PETROMAR (20% Cadogo + 80% da GALP + 0% Guiné-Bissau)é o único concorrente para abastecer em combustíveis o Estado e o Governo da Guiné-Bissau (incongruência com a constituição ou não?), e o Presidente delegado da GALP para Gâmbia e Guiné-Bissau (alguém que trata directamente os assuntos de negócios com o Cadogo), é o filho de Ministro Negócios Estrangeiros de Portugal (que manda e desmanda sobre assuntos da Guine em Bruxelas), portanto vale a dizer que de facto estamos muitos bem representados em Bruxelas. A ser verdade ficará clara o modo de funcionamento deste novo comércio triangular e desta nova escravatura.

Aos Guineenses orgulhosos, peço que participem neste apelo do nosso corajoso irmão Aly, seja por este site, seja nas manifestações agendadas. Peçam civilizadamente uma governação melhor e transparente, assente na Justiça para o bem e o melhor dos nossos filhos. Apelo a todos os que não estão preparados para abandonarem voluntariamente o barco antes que haja outro derramamento de sangue….

Chega, digam basta! Obrigado a todos, particularmente um abraço ao irmão Aly


WEAKALIFTE,
Cably Flora
"

M/N: E o 1 de abril está a chegar... Abraço

terça-feira, 8 de Março de 2011

Hoje (ainda) é o Dia Internacional da Mulher. Mãe, Mulher. Sou teu filho. Vivam as mulheres! AAS

O Carnaval acabou; viva o 1 de Abril! AAS

Revisitando Verastegui

"Olá Aly

Não podia deixar passar o comentário sobre o General Verastegui e o seu estimado Conselheiro. Essa gente não tem vergonha na cara mesmo. Eu acredito que estejam com muitas saudades da Guiné, não só pelas patuscadas e amores africanos, mas também porque só aqui podem fazer e desfazer a seu bel prazer, sem que lhes aconteça nada.

Ou será que querem vir para acabar de resolver o problema que deixaram pendente no Tribunal da Guiné-Bissau? Seria uma boa ideia. Não me admira nada que um dia destes apareça por aí não o General, porque esse já passou à história e fez asneiras suficientes para se deixar estar onde está, mas o se ex-Conselheiro, que se deve estar a preparar para ocupar mais algum lugar de destaque, quem sabe na Embaixada da UE? O que não lhe deve faltar são cunhas. Terei muito gosto que publiques este comentário.
Um abraço

M.R.
"

M/R: Tive muito gosto em publicá-lo. AAS

segunda-feira, 7 de Março de 2011

ÚLTIMA HORA: Corpo de João de Carvalho chega 6ª feira a Bissau, e funeral será no sábado. AAS

Água do Pindjiguiti

"Caro António Aly,

Cheguei à conclusão que a Guiné é que está a dar e a União Europeia é de fugir. Apesar de ameaçar com sanções à Guiné, a verdade é que os europeus têm é inveja da Guiné!

Todos que por aí passam so pensam é em voltar! O general espanhol (Juan Esteban Verastegui) que esteve à frente da reforma dos sectores de Defesa e Segurança só fala da Guiné, deve ser das saudades das patuscadas que fazia. O antigo conselheiro político também quer voltar, também com saudades dos seus amores africanos.

Abraço e força nesses comentários.
B.N. (branco)
"

M/R: Cruzes! Antes o Guerra Ribeiro, aquele que, com chicote, construiu o Bairro D'Ajuda!!! Com aquele abraço conspirativo, AAS

ÚLTIMA HORA: Morreu esta tarde em Lisboa, João de Carvalho, ex-ministro da Agricultura

João de Carvalho, foi ministro da Agricultura no ano de 2005, e tinha sido nomeado agora para director-geral da PETROGUIN - a empresa pública do ramo dos petróleos. O malogrado era primo-irmão de Ernesto de Carvalho, que foi ministro do Interior de 'Nino' Vieira. Que a sua alma descanse em paz. AAS

Kabâs ku nô djunta ou tensão nas forças armadas

Na semana passada, um grupo de oficiais (generais e superiores) das forças armadas da Guiné-Bissau, fez uma curiosa visita ao CEMGFA António Indjai.

Levaram para o efeito uma cabaça com arroz branco, e convidaram o CEMGFA para partilhar da sua 'refeição'. António Indjai percebeu a mensagem, e, numa atitude nada premeditada, pediu um prato onde colocou um pouco desse mesmo arroz. E depois meteu-se a caminho para a curta viagem até à Presidência da República, onde convidou Malam Bacai Sanha: "Nô kumê", terá dito o CEMGFA ao Presidente da República.

A mensagem é clara: as forças armadas não têm nada para juntar ao arroz branco! AAS

domingo, 6 de Março de 2011

E pronto... o governo foi-nos ao pacote de novo:

- Gasolina sobe para 689 Fcfa (+31 Fcfa),
- Gasóleo, para 586 Fcfa (+15 Fcfa).

E assim vai o mundo. Mas como é carnaval, voltamos a falar na 4ª feira... AAS

sexta-feira, 4 de Março de 2011

Devíamos era enviar um submarino (kaska di mancarra) para a Líbia e trazer o Khadaffi, pá! AAS

Conselho de Estado

A 2ª reunião do Conselho de Estado, com Malam Bacai Sanha na Presidência da República serviu para analisar a situação no Norte de África. Era só. AAS

CRISE: Presidente da República reúne Conselho de Estado

O Presidente da República, Malam Bacai Sanha, reuniu de emergência o Conselho de Estado. Bacai Sanha "está preocupado", garantiu uma fonte ao Ditadura do Consenso.

A Guiné-Bissau, e o mundo, obviamente não estão bem... AAS

ÚLTIMA HORA: Issuf Sanhã, ex-ministro das Finanças, está em estado crítico em Dakar. Rezemos pela sua recuperação. AAS

quinta-feira, 3 de Março de 2011

Choveu numa rua de Bissau

Por volta das 21 horas de hoje, uma chuva engana-tolos precipitou-se sobre a rua da Mavegro (como não há toponímia, aponte-se um...qualquer).

Alguém garantiu-me que de facto foi lá fora e "vi o carrito molhado". Eu cá acho que foi um avião da TAAG que passou nesse corredor e deixou escapar jet A1... AAS

Sob pressão

Faz hoje 2 anos e um dia sobre o assassinato do ex-Chefe de Estado, 'Nino' Vieira, e a Procuradoria Geral da República NÃO MOSTROU trabalho feito. Foram ouvidas três testemunhas relativamente ao assassinato de Tagme Na Waie- e todas elas apontaram um nome: Zamora Induta. Ainda assim, a PGR decidiu que este seria apenas testemunhas. A lei é clara no que diz respeito à palavra «suspeito». Mas cá, na Guiné-Bissau, pisamos a nossa carta magna, a Constituição da nossa República! Isto é por demais sintomático e só quer dizer que vivemos numa República das Bananas!!!

A Viúva do malogrado Presidente, Isabel Romano Vieira, recusa agora ser ouvida pelo Ministério Público guineense. Outro dos presentes no dia do assassinato - Fernando 'Paris', recusa falar «sem ordens da senhora Isabel». Fernando 'Paris' vive hoje em França, país que acaba de lhe conceder o estatuto de asilado. No dia 2 de março de 2009, depois de sair de dentro da residência com 'Nino' já morto, Fernando esteve (vi-o do 1º andar) toda a noite a caminhar no passeio e na estrada com as mãos atrás das costas. Não parecia conformado mas sim colaborante...

No dia 1 de março do corrente, Amine Saad chegou ao aeroporto Léopold Sedar Senghor, isto depois de previamente o pessoal da embaixada, em Dakar, lhe ter tratado do check-in. Nisto, alguém abordou-o: o Sr. PGR, tenha atenção que a União Europeia anda de olho em si por causa do atraso na conclusão dos inquéritos dos assassinatos de 2009. A União Europeia, é a verdade, sabe que qualquer coisa não está bem - ou, se preferirem, alguma coisa está mal. Mas a UE, coitada, tem de ir a reboque dos americanos.

A resposta de Amine Saad, perante tamanha revelação? Saiu sem engasgos: «Não me obriguem a falar... A UNIOGBIS acompanhou todo o processo e tanto o Presidente da República como o Primeiro-Ministro estão dentro do assunto».

Hoje, o Primeiro-Ministro falou. Disse que no encontro com o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki Moon, garantiu a este «o empenho do Governo nas investigações» dos crimes de sangue de 2009, mas ao mesmo tempo, e com um ligeiro desconforto, barafustou que «não iria pactuar com interesses pessoais» e que nada faria «sob pressão» - referindo-se às prometidas manifestações em preparação para reclamar aceleração nas investigações.

Numa coisa estamos de acordo: Ninguém parece interessado em resolver estes casos. AAS

quarta-feira, 2 de Março de 2011

'Nino' Vieira-Ano II: Musical Chairs?

MARCO VERNASCHI is a Cheater

Honrar os heróis

Photobucket

A Justiça chega sempre, pelo que a honra tem de ser paciente. AAS

'Nino' Vieira - 2 anos depois do assassinato: decorre neste momento, na Sé Catedral, uma missa em memória e pela alma de João Bernardo Vieira. AAS

Falta de quórum encerra sessão do parlamento

A bancada parlamentar do PRS abandonou a sessão de hoje do parlamento guineense, alegando que "'Nino' Vieira foi o primeiro presidente da ANP e foi antigo combatente tal como o general Tagme na Waie. Eram grandes figuras do país, e ainda não vimos Justiça".
Também abandonaram a plenária, pela bancada do PAIGC, Roberto Ferreira Cacheu e Francisco Conduto de Pina. O PRS deixou ainda um aviso à navegação, prometendo um segundo abandono, no próximo dia 5 de junho, por ocasião do II anviversário dos assassinatos de Helder Proença, Baciro Dabó e outros dois cidadãos guineenses.
A bancada do PAIGC foi para concertação, mas a falta de quórum (a ANP iniciou os trabalhos com 52 deputados, faltaram 46!? deputados) não permitiu a continuação dos trabalhos. AAS

ÚLTIMA HORA: Gasolineiras recusam vender gasolina e estão em guerra aberta contra o Governo. AAS

NINO e TAGMÉ/2 ANOS - ÚLTIMA HORA: PRS abandonou o parlamento sob protesto. PAIGC está em concertação... AAS

Ministros de Estado no cemitério

Octávio Lopes, e Braima Camará são dois conselheiros do Presidente da República Malam Bacai Sanha presentes no cemitério de Bissau. "Vim como amigo, como ex-conselheiro e pessoa muito próxima do Presidente 'Nino'. Sou amigo de família e alguém que teve uma relação de confiança com o 'Nino' Vieira", disse Braima Camará, que é também presidente da CCIAS - Câmara do Comércio, Industria, Agricultura e Serviços da Guiné-Bissau. AAS

Filhos do Presidente 'Nino' nas cerimónias

Rosa e Amílcar Vieira, dois dos filhos do malogrado Presidente da República, estão presentes nas cerimónias no cemitério de Bissau. O ambiente é pesado. São muitas as coroas de flores. AAS

Faz hoje dois anos que 'Nino' Vieira foi assassinado

Directo do Cemitério Municipal - Dois anos passaram desde o vil assassinato do Presidente da República, João Bernardo 'Nino' Vieira. No cemitério municipal de Bissau, aguarda-se pelo início da cerimónia de deposição de coroas de flores e a prestação da homenagem ao Chefe de Estado.

Alguns ex-ministros, deputados, pessoas anónimas. Estão todos cabisbaixos, e, sobretudo, desanimados: "Que país este onde um chefe de Estado é assassinado e nada se sabe?", questionava uma cidadã. Revolta, é o que se descortina em cada rosto. E os guineenses não se levantam para exigir a verdade.

Ontem, na deposição de coroas junto da campa de Tagmé Na Waie, Roberto Cacheu desafiou o Procurador-Geral da República, Amine Saad: "Se não tem condições (como diz), demita-se!". Mas não. Amine prefere ser empurrado e cair aos trombolhões. AAS